quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Rueda indica reforços e revela falta de confiança em Muralha.



O técnico Reinaldo Rueda chegou recentemente ao Flamengo e, como é costume entre treinadores que chegam no meio da temporada, já indicou jogadores de seu interesse para a diretoria do Fla.


De acordo com o site Colombia.com, o novo comandante do Mengão sinalizou interesse nos atletas Sebastián Pérez e Alexis Henríquez, ambos campeões da Libertadores em 2016, junto ao treinador.


Nos comentários pós-jogo, na TV Coluna do Flamengo, os comentaristas Ricardo Perrotta e Arthur Costa, falaram sobre o desempenho do camisa 38. Para o primeiro, Muralha, atualmente, não passa nenhuma confiança para o torcedor 

O Flamengo foi derrotado pelo Paraná, nesta quarta-feira (30), nos pênaltis (5 x 4), pelas quartas de final da Primeira Liga. Com um time todo reserva, o Mais Querido não conseguiu impor seu ritmo de jogo, ao longo dos 90 minutos. Após empate em 1 a 1 no tempo regulamentar, a decisão da vaga foi para as grandes penalidades. Paquetá e Vinicius Júnior erraram pelo lado rubro-negro, enquanto o paranista, Murilo Rangeu, mandou no travessão.

Após o revés, grande parte das críticas foram para cima de Alex Muralha, que falhou no lance que originou o gol do Paraná e, na hora das penalidades, não defendeu uma cobrança, ao contrário do arqueiro rival, Richard, que pegou duas.

Nos comentários pós-jogo, na TV Coluna do Flamengo, os comentaristas Ricardo Perrotta e Arthur Costa, falaram sobre o desempenho do camisa 38. Para o primeiro, Muralha, atualmente, não passa nenhuma confiança para o torcedor.

“Sou muito questionado em quase todos os programas que participo: Muralha ou Thiago? Eu sempre falei: Thiago. O Muralha não me dá confiança nenhuma para ser o goleiro titular do Flamengo. Não tem capacidade. Chega a ser risível. De seis pênaltis, em cinco não apareceu na foto. E, no que apareceu, o cara chutou no travessão, e ele não pegaria”, afirmou Perrotta.

Fonte: Coluna do Flamengo

Íbis "o pior time do Mundo" contacta Alex Muralha do Flamengo



O perfil oficial do Íbis, conhecido como "o pior time do mundo", usou da irreverência habitual para pedir ao Flamengo o empréstimo de Muralha para o restante da temporada.

Desde que chegou ao Flamengo, foram 23 pênaltis cobrados contra Alex Muralha e só um defendido - contra o Bangu, no Carioca de 2016 -, com um aproveitamento de 4,35%.





Sabendo disso, o Angra dos Reis também pediu o goleiro rubro-negro emprestado para o duelo com o Maricá. Só que no time rival.

Veja a procura do Ibis abaixo:

Íbis Sport Club @ibismania
Alô @Flamengo, o nosso campeonato começa dia 17/09, contamos com a presença do Muralha no elenco.

A fraca atuação do goleiro deixou a torcida do Flamengo preocupada, pois na próxima quinta-feira, o Rubro-Negro tem pela frente o primeiro jogo da decisão da Copa do Brasil e o titular da partida provavelmente será Muralha, já que Diego Alves não foi inscrito na competição. Thiago também tem chances de jogar a final.

Fonte: O Dia






Botafogo elogia gestão do Flamengo e admite: "Maior Clube do Brasil."

Na última semana, o dirigente Márcio Padilha participou do podcast Resenha 37 e comentou sobre o trabalho no clube e esclareceu dúvidas dos torcedores em relação às novidades. 


Abaixo, separamos alguns trechos do bate-papo e você pode ouvir a entrevista completa no Resenha 37.


Por mais que seja muito simples se cadastrar como sócio-torcedor do Botafogo, muita gente reclama da dificuldade no atendimento, principalmente pelo telefone. Você concorda que esse sistema é falho? Como ele funciona?

Isso depende muito da demanda. Eu credito o problema ao sucesso do programa. Nós somos patrocinados pela Cercred, que é uma empresa especializada em call center, e temos 22 pontos de atendimento. Eu posso apostar com vocês que o Flamengo, que é o maior clube do Brasil, não tem esse sistema, até porque eles já entraram em contato com a Cercred para perguntar como nós fizemos isso. Então o atendimento telefônico se torna complicado a partir do momento que a demanda aumenta. E atualmente nossa demanda é absurda: o site congestiona, o telefone congestiona… Nós criamos um WhatsApp do “Sou Botafogo” para atender os sócios e recebemos cerca de 500 mensagens por dia. E nosso plano vende check-in, estacionamento, transporte para o estádio… Isso gera muitas dúvidas diferentes. Apesar de alguns problemas pontuais, eu acho que nosso teleatendimento é muito bom sim.

Ultimamente o clube tem chamado atenção por fazer provocações e “jogar para a torcida” nas redes sociais. Como funciona a gestão dos perfis do Botafogo? Qual a sua opinião a respeito desse posicionamento?

Desde que eu assumi a comunicação do Botafogo eu incentivei uma maior interação entre os clubes nas redes sociais. Quando a provocação é sadia, ela alegra o torcedor, cria polêmica, mas nunca incitando a violência ou outros problemas. Infelizmente não foi isso que vimos no último domingo (12/02), quando o clube adversário (o Flamengo) foi infeliz no tweet e o próprio presidente deles admitiu isso. Já fizemos provocações ao Vasco, ao Fluminense e ao próprio Flamengo e a polêmica sempre pendeu para o bom-humor, alimentando a rivalidade, mas sempre respeitando o adversário.

​Você acha que no último clássico os dois clubes pesaram a mão nas redes sociais?

Ali nós estávamos de cabeça quente, logo após um jogo tenso. Eu, por exemplo, nem assisti à partida, fiquei do lado de fora o tempo todo para tentar ajudar a torcida a entrar com segurança. Enquanto o jogo rolava, a gente ficou discutindo com os comandantes do GEPE (Grupamento Especial de Policiamento em Estádios) e do Jecrim (Juizado Especial Criminal) como seria o esquema na saída. E por conta disso nós conseguimos que o Batalhão de Choque da PM fosse ao Nilton Santos. Nós ficamos pensando: qual torcida vai sair primeiro e qual vai sair depois? Como vai ser no estacionamento, que tem torcedores dos dois times? Nós recebemos o Flamengo com todo conforto em nosso estádio, a torcida deles não foi mal tratada em nenhum momento do lado de dentro. Acabou que nem vi o jogo. E aí depois dessa tensão toda, nós vimos aquela postagem deles falando de “correu, fugiu” [Nota do Virando o Jogo: a publicação do Flamengo dizia “Não adianta fugir, não adianta correr. Deu Mengão no Engenhão”], nos sentimos provocados e a resposta acabou sendo no mesmo tom.

​Você não acha que essa picuinha criada entre Flamengo e Botafogo, que remonta aos tempos de Eurico Miranda e Márcio Braga (presidentes de Vasco e Flamengo no início dos anos 2000), não acaba levando a esse tipo de confusão?

Não vejo por aí não. Infelizmente, e não é só com o Botafogo, há sempre uma dificuldade muito grande de relacionamento com o Flamengo. Eles têm uma postura muito soberba, tentam sempre ser os maiores beneficiados em todas as negociações, vide agora o caso da renovação com a Globo em relação aos direitos de transmissão do Campeonato Carioca. Eles não assinaram, prejudicaram os times de menor investimento e fecharam um acordo em separado. Eles não reconhecem os outros clubes, acham que estão acima do bem e do mal. Dizer que isso tudo é uma “picuinha” vai muito da interpretação, porque para toda ação existe uma reação.

A gestão do Eduardo Bandeira de Mello vem sendo muito elogiada em termos de administração, assim como a do Botafogo. Nem com essas diretorias o relacionamento entre os clubes melhorou?

Eu sempre digo que essa gestão do Flamengo está no caminho certo. Inclusive eu trabalho com campanha política, o dia que a Patrícia (Amorim) ou o Edmundo (dos Santos Silva) quiserem voltar à presidência do Flamengo, eu faço a campanha deles de graça. O problema é a empáfia, a soberba. Eu me dou super bem com o diretor de marketing deles, a gente tem um relacionamento muito bom. No último clássico mesmo eles queriam fazer uma ação, eu pedi para segurar a onda porque o clima entre as diretorias não é bom e eles entenderam. O Flamengo está em um modelo de administração interessante, mas eles têm que entender que o Flamengo sozinho, sem os outros clubes, não é nada.

​Você acha que esse afastamento entre as quatro diretorias dos times do Rio de Janeiro pode acabar algum dia? Acredita em uma união dos clubes, talvez até para criar um campeonato sem a FERJ?

O relacionamento entre os clubes tem que ser sadio, mas com o Flamengo não é. Nós nunca conseguimos chegar a um final de conversa em bons termos. Quando se fala da FERJ, por exemplo, o Botafogo não está alinhado, nem está contrário. É preciso ter um bom relacionamento, assim como temos com o Vasco e com o Fluminense, que melhorou após uma picuinha com o ex-presidente Peter Siemsen. Antigamente os outros faziam o Botafogo de gato e sapato e ficava por isso mesmo, agora não. Agora tem um presidente que não deixa o clube ser menosprezado nem desrespeitado. Quem não quiser aceitar o Botafogo como um dos maiores clubes do país não vai ser bem tratado, vai sempre receber o troco.

Fonte: Virando o Jogo

Rueda admite trocar de goleiro na Final da Copa do Brasil



Criticado após a eliminação do Flamengo na Primeira Liga, o goleiro Alex Muralha pode perder a vaga para o jovem Thiago na decisão Copa do Brasil.


“A escolha será no momento certo.


Ainda há uma semana de trabalho, Muralha foi pouco exigido e nos pênaltis a gente sabe o que significa este tipo de situação. Vamos trabalhar também com o Thiago e Diego Alves nos próximos dias e tomar a melhor decisão“, comentou o técnico Reinaldo Rueda.

Apesar de ser citado pelo técnico colombiano, o goleiro Diego Alves não pode jogar a Copa do Brasil porque foi contratado após o prazo de inscrição. Sendo assim, o Flamengo teria apenas três opções para a posição: Alex Muralha, Thiago e o jovem Gabriel Batista, do time sub-20.

Muralha acabou sendo alvo das brincadeiras nas redes sociais após a partida. O Angra dos Reis através de seu Twitter não perdoou. Não é a primeira vez que o clube da Costa Verde do Rio de Janeiro usa às redes sociais para descontração. Um caso que ficou marcado foi a história, repassada pela conta oficial do clube no twitter, do motorista perdido, na ida para um jogo da Série B2 do Carioca. A história do torcedor solitário também levou o clube à grande mídia.

Desta vez a ideia foi pedir o empréstimo do goleiro Rubro Negro para seu rival na final do segundo turno da Série B2, o Maricá, já que se a partida terminar em igualdade vai para os pênaltis.

O título da Copa do Brasil será disputado em dois jogos nos dias 7 e 27 de setembro, sendo que o primeiro é no Maracanã e o outro no Mineirão. Você pode aproveitar a Betfair Promoções para fazer suas apostas em um dos maiores sites de apostas do mundo. Quem será o grande campeão da Copa do Brasil?

FICHA TÉCNICA – Flamengo 1 (3) x (4) 1 Paraná Clube


Motivo: Copa da Primeira Liga – quartas de final – jogo único
Local: Estádio Kleber Andrade, em Cariacica-ES
Data e horário: quarta (30), às 21h45 (de Brasília)
Público e renda: 9.834 / R$ 344.860,00
Cartões amarelos: Iago Maidana e Igor (PAR)
Gols: Éverton Ribeiro (FLA), aos 18min, e Renatinho (PAR), aos 20min do 2º tempo
Arbitragem: Renato Cardoso da Conceição, Magno Arantes Lima e Leonardo Henrique Pereira
FLAMENGO – Alex Muralha, Gabriel, Léo Duarte (Thuler), Rafael Vaz e Klebinho; Marcio Araújo, Romulo e Éverton Ribeiro; Geuvânio (Conca), Felipe Vizeu (Lucas Paquetá) e Vinícius Jr. Técnico: Reinaldo Rueda
PARANÁ CLUBE – Richard; Cristovam, Maidana, Eduardo Brock e Igor; Leandro Vilela, Gabriel Dias, Renatinho e Minho (Vinícius Kiss)(Vitor Feijão); Robson (Murilo Rangel) e Alemão. Técnico: Lisca.

Copa da Primeira Liga – quartas de final

Londrina 2 x 0 Fluminense
Internacional 0 x 1 Atlético-MG
Flamengo 1 (3) x (4) 1 Paraná Clube
Cruzeiro 2 x 0 Grêmio

Fonte: Torcedores.com

Análise dos 7 atletas testados pelo Rueda contra o Paraná, confira o desempenho:



Perto das finais da Copa do Brasil, o técnico Reinaldo Rueda decidiu poupar todos os titulares do Flamengo na partida contra o Paraná, pelas quartas de final da Primeira Liga.



A derrota por 5 a 4 nos pênaltis depois do empate em 1 a 1 no tempo normal tirou o Rubro-Negro da competição, mas como os jogadores menos utilizados se saíram? Foram bem? Foram mal?
Abaixo, contamos como cada um dos atletas que não costumam receber muitas chances atuaram contra o Paraná. Conca, por exemplo, voltou depois de 73 dias; os garotos Thuler e Klebinho estrearam...

Veja o desempenho dos "vestibulandos" na prova do "profe" Rueda

GABRIEL

Improvisado na lateral-direita, foi pouco acionado na partida. Se preocupou mais com a parte defensiva, até pelo pouco costume em marcar na posição. Sofreu em algumas investidas dos atacantes do Paraná, mas não mostrou nenhum erro grave. Na frente, em alguns momentos, tentou levar a bola pelo meio, sem sucesso. Nas cobranças de pênalti, balançou a rede do goleiro Richard. No geral, atuação bem discreta do atacante.

LÉO DUARTE

Sem jogar desde o clássico contra o Vasco, no dia 8 de julho, Léo Duarte teve atuação segura em noite de pouca intensidade do ataque do Paraná. Mais experiente entre os jovens, mostrou qualidade pelo alto e cortou algumas bolas, mas por baixo foi pouco exigido. Deixou o campo na segunda etapa reclamando de dores - será reavaliado nesta quinta-feira. Vale lembrar que está voltando de lesão (entorse no tornozelo esquerdo).

THULER

Capitão do Fla na conquista do Carioca sub-17, Thuler quebrou o gelo no profissional. Após ganhar chance e aparecer na relação de Rueda para o duelo contra o Paraná, ganhou os primeiros minutos na equipe principal. Entrou no lugar de Léo Duarte e ficou 25 minutos em campo. Assim como os demais companheiros, o zagueiro de 18 anos não teve trabalho com o ataque do Paraná e pouco tocou na bola. Na sequência da temporada, seguirá no elenco sub-20.

KLEBINHO

Outro garoto que foi chamado exclusivamente para o jogo contra o Paraná. Do setor defensivo, foi o que mais participou da partida, principalmente por causa da parceria com Vinicius Junior no lado esquerdo. Klebinho, porém, é lateral-direito e nitidamente sentiu um pouco de dificuldade por atuar na lateral oposta. Subiu algumas vezes ao ataque.

RÔMULO

O volante, que já havia entrado mal contra o Atlético-PR, no último domingo, na Ilha do Urubu, mais uma vez não foi bem. Ao lado de Márcio Araújo, não conseguiu dar velocidade às saídas de bola do Flamengo para o ataque. Sofreu, é claro, com a falta de entrosamento de uma equipe completamente reserva montada por Rueda.

LUCAS PAQUETÁ

Entrou no lugar de Vizeu e participou um pouco mais da partida. A parceria com Vinicius Junior funcionou. Em dois lances, Paquetá fez o pivô e colocou companheiros em boas condições para marcar, mas as chances não foram convertidas. Nas penalidades, foi alvo de críticas: parou no goleiro Richard. É uma opção para o jogo contra o Cruzeiro, pela Copa do Brasil.

CONCA

Depois de 73 dias sem jogar, o meia voltou a campo pelo Flamengo. Sem ritmo, errou alguns lances no meio de campo, teve dificuldade na movimentação, mas mostrou disposição para procurar a bola e tentar criar jogadas. Na decisão por pênaltis, a categoria falou mais alto: cobrou no ângulo de Richard, sem chance para o goleiro.

Fonte: Globo Esporte

Pablo, do Corinthians, diz que recebeu sondagem do Flamengo



O zagueiro Pablo, que negocia a permanência no Corinthians, disse que o Flamengo fez uma sondagem ao seu empresário.



Em contato com o GloboEsporte.com, um dirigente rubro-negro desmentiu o interesse de forma veemente.
– Teve um primeiro contato com meu empresário, mas nada foi para frente. Sou um cara muito verdadeiro. Conversei com ele, que não queria escutar nenhuma proposta de nenhuma equipe enquanto estivesse negociando com o Corinthians. Temos praticamente tudo acertado com o Corinthians, acredito que vai acertar tudo nos próximos dias ou meses – afirmou o zagueiro.

A novela entre Pablo e o clube alvinegro se arrasta há alguns meses. O Corinthians tenta a contratação em definitivo do zagueiro, junto ao Bordeaux, da França, porémas negociações emperraram após atrito entre o agente do jogador, Fernando César, e a diretoria do Timão. O empréstimo é válido até o fim do ano.

Há quase um mês, em postagem numa rede social, o agente de Pablo afirmou que o Corinthians "não conseguiu os recursos ou dar garantias de pagamento para viabilizar a finalização do contrato", o que suspendia um acordo já fechado para que o jogador acertasse até dezembro de 2021.

Fonte: Globo Esporte

É hora de voltar a chamar o Muralha apenas de Alex



Ninguém tinha grandes expectativas para a partida de ontem, claro. Competição que não era a prioridade do clube, vários atletas poupados, Gabriel atuando como lateral direito, Márcio Araújo como capitão.


O tipo de partida que, se torcer pro Flamengo fosse um curso superior, iria contar como disciplina optativa.

Ninguém aqui vai te criticar se você falar que preferiu passar um tempo com a família, levar a namorada no teatro, jogar videogame com o filho, ver aquele episódio de Game of Thrones que não deu pra ver domingo, HBO Go travando, já tomou spoiler no Facebook todo.

Mas ainda assim, lá estava o Flamengo, com uma única missão: vencer. Podia ser feio, podia ser de maneira confusa, podia ser sem merecimento, a única meta era ganhar a partida, passar pelo Paraná, continuar na Primeira Liga e seguir na disputa pelos milhões da premiação e por mais um título esse ano, ainda que não fosse um dos mais importantes. E ainda que com o gol de Éverton Ribeiro aos 18 minutos tenha parecido que a vitória estava encaminhada, logo aos 20 ficou claro que naquela noite de poucas emoções em Cariacica quem iria desequilibrar a partida seria outro jogador do Flamengo.

Não disse desequilibrar pra qual lado.

É difícil precisar o momento exato em que Muralha entrou em sua atual fase ruim. Chegando ao Flamengo como destaque do Figueirense, disputando posição com Paulo Victor e levando vantagem, ele se tornou titular e foi até mesmo chamado para a seleção. Nunca um goleiro de defesas espetaculares ou atuações decisivas, em seus primeiros meses Muralha ao menos se mostrava seguro, pegava algumas bolas importantes, dando a sensação de que, se não era um dos pontos fortes da equipe, também não era dos mais fracos. Até que, mais ou menos após seu retorno da seleção brasileira, tudo mudou.

Falhas seguidas tanto na saída quanto na reposição de bola, erros em lances totalmente defensáveis, momentos de desatenção extrema, incapacidade de cortar uma bola cruzada na área mesmo se essa bola estiver vazia, a área for uma área de serviço onde apenas ele se encontra e estiver liberado usar um facão para realizar o corte. Diante desse cenário, Muralha não apenas perdeu a confiança da torcida, como a posição de titular, deixando o lugar para o também um tanto quanto inseguro Thiago.

E nessa quarta-feira mais uma vez a estrela de Muralha brilhou, só que ao contrário, implodindo e novamente se tornando um buraco negro que suga toda luz, som e alegria de viver do flamenguista. Após falhar no gol de empate do Paraná, em que dispensou mais de um homem na barreira e aceitou um chute de longuíssima distância, Muralha, levado até a disputa de pênaltis, novamente realizou sua especialidade: não acertar nem mesmo o CEP, quanto mais o canto de qualquer uma das cobranças.

Por isso, ainda que seja impossível dizer que Muralha desaprendeu a jogar futebol ou garantir a duração dessa fase ruim que ele vive, não parece uma opção sensata contar com um goleiro que vem errando tanto, falhando tanto, mantendo tanta regularidade em ser ruim, numa competição que pode ser decidida nos detalhes e terminar nos pênaltis, como é o caso da Copa do Brasil. Muralha pode, sim, se recuperar, fazer bons jogos no futuro, mas contar com isso num momento decisivo como o que vamos viver soa no mínimo como loucura. Mesmo verde, mesmo inseguro, Thiago por enquanto faz por merecer a titularidade pelo simples fato de não se chamar Alex Muralha.

Nome esse que, por sinal, talvez já esteja merecendo uma leve atualização. Afinal, Alex Roberto, o nome composto original do nosso goleiro, não apenas é bonito e tem uma sonoridade forte, como faz bem menos promessas complicadas de cumprir. Afinal, faz muito tempo que Alex não é Muralha, mas vem sistematicamente conseguindo ser Roberto.

Espero que nenhum Roberto se sinta ofendido lendo isso.

Fonte: Espn

Torcida se confunde, ataca Muralha 'errado' e recebe resposta dura na Internet



Após a eliminação para o Paraná, na Copa da Primeira Liga, a torcida do Flamengo voltou a mostrar seu descontentamento com o goleiro Alex Muralha. No entanto, alguns rubro-negros perseguiram o atleta errado e, por conta do apelido, receberam dura resposta do volante Luiz Philipe, também conhecido como "Muralha" desde os tempos de categoria de base.


Hoje emprestado ao Pohang Steelers, time da Coreia do Sul, o atleta publicou uma mensagem aos torcedores em seu Instagram, pedindo que passem a apoiar a equipe nos estádios.


"Para os modinhas, não tenho nada a ver com o goleiro!!! Ao invés de encher o saco em Instagram, PAGA O INGRESSO E VAI APOIAR!!! Tmj #SRN."

Revelado nas categorias de base do Flamengo, Muralha ficará no Pohang Steelers até o fim de 2017, quando seu empréstimo chega ao final.

Fonte: O Dia

Renatinho provoca familiares que torcem para o Flamengo



Destaque da conquista da vaga do Paraná na semifinal da Primeira Liga, o meia Renatinho provocou a família flamenguista após o gol em cima do clube carioca.



Na noite de quarta-feira, o jogador bateu uma falta aos 20 minutos do segundo tempo para empatar o placar e levar a disputa aos pênaltis.
- A maioria da família é flamenguista e vou brincar bastante. Tem um tio meu que disse que ia segurar meus pais caso eu fizesse um gol e não ia libertar... Mas vai ter que libertar, né? (Risos) Deve estar bombando o WhatsApp, muita gente feliz. Até meus tios flamenguistas - comemorou.

Artilheiro do Paraná na temporada, com 16 gols, Renatinho tem sido uma das principais peças do time na segunda divisão. Ele ressaltou a qualidade do Flamengo, independentemente dos reservas que entraram em campo, e viu a moral do Tricolor subir com o resultado.

- São jogadores gabaritados, dispensa comentários a respeito disso. Agora é pézinho no chão e humildade. Um jogo desse nos dá mais confiança. Tem jogos difíceis na Série B, mas com a vitória em cima do Flamengo, nos dá uma confiança a mais - avalia Renatinho.

A semifinal contra o Atlético-MG é no sábado, em Belo Horizonte, às 19h (horário de Brasília). Pela Série B, o jogo com o Goiás é na próxima quarta-feira, às 19h30, no Olímpico.

Fonte: Globo Esporte.com

Angra dos Reis E. C. pede o reforço de Alex Muralha para o rival, confira:



Disputando a final do segundo turno da Série B2 do Campeonato Carioca, o Angra dos Reis E.C., através do seu Twitter oficial, partiu para zoeira e solicitou um reforço extra para a decisão.


Alex Muralha.

Mas ele não viria para defender a camisa 01 do Angra, e sim do adversário, o Maricá.

Em caso de a partida terminar empatada no tempo normal,a decisão vai para as penalidades máximas e, é aí que o Muralha entraria em ação.

Continuando o sarcasmo nas redes, os cariocas satirizaram a Primeira Liga.

 Seguir
Angra dos Reis EC @angra_ec
O Carioca Série B2 é mais importante que a Primeira Liga repassem
23:18 - 30 de ago de 2017
 18 18 Respostas   879 879 Retweets   1.204 1.204 favoritos
Informações e privacidade no Twitter Ads

 Seguir
Angra dos Reis EC @angra_ec
Mas o torneio que eu jogo é oficial... 👀 https://twitter.com/danmotarj/status/903082217873829889 …
23:45 - 30 de ago de 2017
 16 16 Respostas   61 61 Retweets   129 129 favoritos
Informações e privacidade no Twitter Ads

O goleiro viveu mais dia conturbado com a camisa do Flamengo. Eliminado nos pênaltis pelo Paraná, pela Primeira Liga, o arqueiro falhou no gol de empate da equipe paranaense, além não acertar o canto em nenhuma cobrança do adversário.

Fonte: Torcedores.com

quarta-feira, 30 de agosto de 2017

550 dias sem defender um pênalti, Alex Muralha não deixará saudades........Números são assustadores, confiram:



Confesso que já estava muito preocupado com o nosso goleiro, Alex Muralha já não me convence com suas atuações, detecto deficiência em bolas aéreas, mania de espalmar a bola pra frente e dando oportunidade ao adversário ter o rebote, indecisão com a defesa como o recuo que segurou com a mão, gerando, um tiro indireto contra o Fluminense dentro da pequena área e o pior dos fundamentos que é defender pênaltis.


Imagina o Flamengo num mata a mata na Copa do Brasil e a partida ir para os pênaltis, como seria? Como foi hoje contra o Paraná.....

O pior já era por esperar... Eliminado nos pênaltis com Muralha no gol.

O último pênalti defendido por Alex Muralha foi no Campeonato Carioca do ano passado, dia 5 de março contra o Bangu de 2016, é muito tempo sem defender um pênalti sequer!

Os números do goleiro Alex Muralha são assustadores, em 25 penalidades, o goleiro do Flamengo só defendeu uma cobrança.

Alex Muralha foi alvo de parte da torcida do Flamengo após derrota nos pênaltis para o Fluminense, na decisão da Taça Guanabara e também na Libertadores com algumas falhas determinantes. E novamente pela Primeira Liga contra o Paraná, Muralha engole um gol de longa distância, onde o próprio goleiro abriu mão da formação da barreira no gol de falta do clube paranaense.

Lembro que O GloboEsporte.com resolveu checar os números de goleiros da Série A do Brasileirão e, de fato, Muralha não tem o costume de brilhar nas penalidades – tem o pior aproveitamento entre os jogadores analisados. No outro lado da tabela, Gatito Fernández, que garantiu o Botafogo na fase de grupos da Libertadores com três defesas diante do Olimpia, lidera o ranking.

Com base nos dados da equipe do Espião Estatístico, a relação levou em conta os números desde 2015, em competições oficiais, para goleiros que disputaram as duas primeiras divisões do futebol brasileiro e tiveram pelo menos dez cobranças contra a meta. Dos 13 pênaltis cobrados contra, Gatito parou os batedores em cinco oportunidades, puxando a lista com um aproveitamento de aproximadamente 38,5%. O futebol do Rio de Janeiro faz dobradinha na ponta: Martín Silva, do Vasco, é o segundo, com 33,3% – quatro defesas em 12 penalidades.

A lista também leva em conta as decisões por pênaltis. Com isso, Fernando Prass, atualmente no Palmeiras, é quem mais foi exigido. E também quem mais coleciona defesas. Foram 39 cobranças no total, oito com intervenção do goleiro, que ainda converteu na final da Copa do Brasil de 2015 para dar o título ao Alviverde diante do Santos.

Os piores desempenhos são de Wilson, do Coritiba, Dênis, do São Paulo, e Muralha. O aproveitamento do goleiro rubro-negro é menor que a metade do companheiro do Coxa. A última – e única – defesa foi contra o Bangu, em março de 2016, pelo Campeonato Carioca.

Fonte: http://flamengo-noticia.blogspot.com.br/

Vaza avaliação contraditória de Muralha pelo Centro de Inteligência do Flamengo.



Comprado do Figueirense para disputar posição com Paulo Victor no início do ano passado, Alex Muralha foi alvo da torcida do Flamengo após a derrota para o Atlético-PR e novamente contra o Sport voltou a falhar feio.


A ascensão de Muralha na carreira é meteórica a partir do Brasileiro de 2015. Até ser contratado pelo Flamengo, o jogador de 27 anos só havia atuado por um clube na Série A - justamente pelo Figueirense no Brasileiro daquele ano, quando teve destaque e chamou a atenção no cenário nacional. Antes, jogou por clubes menores no Brasil como Mirassol-SP, Cuiabá-MT, Comercial-SP, Votoraty-SP e Olé Brasil-SP. Muralha também teve experiência no Shonan Bellmare, do Japão.


A falha no lance é discutível, como o próprio goleiro disse - até porque reclamou de falta de Eduardo da Silva na jogada -, mas a confiança que vinha das arquibancadas passa por período de instabilidade. A turbulência vem seis meses depois do jogador ser convocado pela primeira vez para a seleção brasileira - foi chamado pelo técnico Tite.
O GloboEsporte.com teve acesso a um relatório do Centro de Inteligência e Mercado do Flamengo de agosto de 2015. No documento, o jogador era avaliado com nota C+ (de 5 a 5,9), no penúltimo degrau da escala daquele monitoramento rubro-negro - mesma nota do uruguaio Martín Silva, do Vasco, de Renan, então no Goiás, e Weverton, do Atlético-PR. Abaixo por exemplo do então titular do Flamengo, Paulo Victor, que ganhou um B+ (nota de 7 a 7,9).


Contratado quatro meses depois, Muralha não estava na lista de “possibilidades” do Flamengo, identificados pelo CIM naquele relatório. Havia nomes como Rogério Ceni (com nota A), no São Paulo, Marcelo Lomba (nota B), então na Ponte, o falecido goleiro Danilo (B+), da Chapecoense, além de Walter, do Corinthians, Wilson, do Coritiba, e Danilo Fernandes, todos com nota C.

Em nota enviada pela assessoria de imprensa, o Flamengo informa que o relatório feito no segundo semestre era apenas "balizador" para referência de mercado e não tem semelhança com o que Centro de Inteligência e Mercado faz usualmente. Confira a íntegra abaixo:

"O Centro de Inteligência e Mercado (CIM) faz monitoramentos constantes, utilizando inúmeros indicadores de avaliação. Neste trabalho, os atletas nunca foram separados por nível, nem escala. O documento citado pela reportagem foi uma espécie de ranqueamento de todas as equipes das séries A e B, realizado no fim de 2015. No arquivo continha notas subjetivas A, B e C. Depois disso, foram feitas as fichas avaliativas dos que realmente interessavam ao clube. Portanto, o documento era um balizador apenas para se ter uma referência de mercado, e não uma avaliação propriamente dita, como o CIM realiza frequentemente. As fichas avaliativas contêm dados qualitativos, quantitativos, técnicos, táticos, físicos, histórico da carreira, dentre outros detalhes.

Sobre o Alex, foi destaque do Campeonato Brasileiro de 2015 e chegou à Seleção Brasileira em 2016, assim como o Diego e o Willian Arão, que também eram acompanhados e tiveram o aval do CIM para as contratações. Desde 2015, o Centro já avaliou/avalia mais de 500 atletas, e possui cerca de 5 mil no banco de dados."

Elogios de Tite

Muralha estreia pelo Flamengo no segundo tempo do amistoso contra o Santa Cruz, em janeiro de 2016. O primeiro jogo oficial foi disputado em 5 de março do ano passado, quando os reservas do Fla venceram o Bangu por 3 a 1 - nesta partida ele pegou um pênalti, o único até agora na sua passagem pelo time da Gávea. Levantamento recente feito pelo GloboEsporte.com coloca o goleiro do Flamengo na última posição na comparação entre 14 goleiros da Série A.

O goleiro vira titular no dia 29 de maio, na vitória por 2 a 1 sobre a Ponte Preta. A chance surge por conta de lesão de Paulo Victor na lombar. O ex-jogador do Figueirense emplaca boa sequência de atuações seguras e assume a condição de dono da posição. A primeira convocação veio em setembro do ano passado, quando Tite o chamou para os jogos contra Bolívia (5x0) e Venezuela (2x0). O treinador elogiou bastante Muralha à época.

- Ele vem fazendo um grande Campeonato Brasileiro, como já fez no Figueirense. São dois anos mantendo um padrão de atuação. Merece a convocação. A fase do Flamengo ajuda - disse Tite após convocá-lo.

No mês seguinte, voltou a fazer parte do grupo que enfrentou Argentina (3x0) e Peru (2x0). Foram três convocações para a Seleção. Nas últimas convocações para a seleção brasileira, Muralha saiu da lista de Tite para a entrada de Ederson, do Benfica. Nas últimas listas, o treinador chamou Alisson (hoje na Roma), Weverton (do Atlético-PR) e Ederson.

Fonte: Globo Esporte

Clube da série A encaminha acerto com Flamengo pelo goleiro Alex Muralha



O mercado da bola continua bastante movimentado no futebol brasileiro e as equipes trabalham em busca de reforços.


O goleiro Muralha, do Flamengo virou reserva da equipe carioca e está na mira de outro grande clube da série A.

Segundo informações do Portal Fox Futebol, Muralha interessa ao São Paulo que teria inclusive encaminhado uma proposta oficial ao Flamengo e tenta o empréstimo do goleiro por uma temporada. Muralha vive uma péssima fase e o empresário do jogador não descarta uma possível transferência do jogador para o Morumbi.

O presidente do São Paulo, Leco está em busca de reforços e um goleiro foi exigência do nosso treinador do Tricolor, Dorival Júnior.

Fonte: Sportv4

Flamengo compra carga de ingressos no Mineirão para revender mais barato



O Flamengo vai comprar a carga de ingressos de visitante disponibilizada pelo Cruzeiro para a final da Copa do Brasil no Mineirão, em Minas Gerais, e vender no Rio.


Os mais de cinco mil bilhetes para o jogo do dia 27 de setembro devem ser comercializados na internet e ainda não tem data definida.

Sócios-torcedores terão prioridade.

- Vamos informar no momento oportuno, mas a postura do Cruzeiro em prol de uma solução em conjunto mostra que quando dois clubes trabalham colaborativamente o resultado é sempre de mais segurança e comodidade para o torcedor - disse o vice de marketing rubro-negro, Daniel Orlean.

A venda para o primeiro jogo, no dia sete de setembro, já começaram, e há 18 mil ingressos comprados. Os clubes chegaram a um acordo de reciprocidade e o time mineiro também comprará a carga de ingressos do Maracanã para vender em Belo Horizonte.

O Cruzeiro divulgou, nesta terça-feira, os valores dos ingressos para o segundo jogo contra o Flamengo. Com a diretoria rubro-negra comprando a carga, no valor R$ 300, com meia-entrada de R$ 150, o preço será repassado aos torcedores normalmente.

A carga total para o jogo no Maracanã é de 69.961 entradas, com 55.541 à venda. Os visitantes ficarão no setor Sul, separados por lonas de segurança.

Nesta quarta-feira, 8h, abre a venda para o Plano Raça para o jogo no Maracanã. O Flamengo montou uma estrutura inicial de 2.000 compras simultâneas por minuto, com 6.000 usuários logados, mas prevê fila virtual.

Fonte: Extra

Flamengo ganha mais sócios, cola no Inter e arrecada bolada milionária com programa em um ano



Quando Eduardo Bandeira de Mello assumiu o Flamengo no início de 2013, deixou claro que o objetivo era resgatar a credibilidade do clube no meio esportivo.


Sem patrocínio e com cofres combalidos, a saída da gestão foi investir no programa de sócio-torcedor.

No quinto ano do presidente, o clube atinge números até então impossíveis há alguns anos.

Em 2017, o Flamengo chegou à marca de mais de 100 mil sócios. Com exatidão, o clube está em sexto no ranking, com 110.046 associados e colou no Internacional, referência no tema no início do século. Atualmente, o Colorado tem pouco mais de 112 mil membros e deve ser ultrapassado em breve pelos rubro-negros.

Recentemente, em entrevista Aqui com Benja, do FOX Sports, o presidente Eduardo Bandeira de Mello confirmou que o programa de sócio-torcedor traz um baita retorno financeiro para os cofres rubro-negros: cerca de R$ 40 milhões por ano. Na época, eram 10 mil associados a menos. Veja aqui a declaração do mandatário.

Veja abaixo o ranking dos clubes com mais sócios:

1º - Corinthians - 124.388

2º - Palmeiras - 122.778

3º - Grêmio - 120.959

4º - São Paulo - 115.915

5º - Internacional - 112.756

6º - Flamengo - 110.046

Para a final da Copa do Brasil, na próxima quinta-feira (7 de setembro), o Flamengo pode ter um estádio cheio apenas por sócios-torcedores. Apenas pouco mais de 2 mil ingressos ainda estão disponíveis para o torcedor fora do programa. A venda para o público geral começa apenas no sábado (2).

Fonte: Fox Sports

Veja como assistir Flamengo X Paraná ao vivo daqui a pouco



O Estádio Kleber Andrade, em Cariacica, recebe nesta noite um duelo válido pelas quartas de final da Copa da Primeira Liga. Flamengo x Paraná Clube se enfrentam às 21h45 (de Brasília).


O técnico Reinaldo Rueda preservou titulares mesmo com o caráter decisivo do jogo. Sendo assim, nomes como Diego Alves, Pará, Rodinei, Réver, Willian Arão, Diego, Berrío e Éverton estão fora deste Flamengo x Paraná Clube.

Além deles, há os jogadores que estão no Departamento Médico (o lateral Renê e o volante Ronaldo) e mais três servindo as seleções sul-americanas nas Eliminatórias, casos de Cuéllar (Colômbia), Trauco e Guerrero (Peru).

O SporTV 2 exibe Flamengo x Paraná Clube para todo Brasil exceto os estados ES e RJ. Neste caso também haverá transmissão pelo pay-per-view – Premiere e PFCI. A equipe de transmissão tem Julio Oliveira (narração) e Carlos Eduardo Lino (comentários).

Com isso, o time que deve entrar em campo deve mesclar reservas e jogadores do time sub-20 (veja provável escalação do Flamengo).

Já o técnico Lisca vai usar o jogo para dar mais experiência ao time que disputa a Série B. Os titulares do Paraná Clube devem ser Richard; Cristovam, Eduardo Brock, Maidana e Igor; Gabriel Dias, Leandro Vilela e Renatinho; Minho, Robson e Alemão.

Como esta fase do torneio é disputada em jogo único, em caso de empate haverá decisão por pênaltis. Quem se classificar neste confronto encara Internacional ou Atlético-MG na semifinal.

Copa da Primeira Liga – quartas de final

19h30 – Londrina x Fluminense
19h30 – Internacional x Atlético-MG
21h45 – Flamengo x Paraná Clube
21h45 – Cruzeiro x Grêmio

Fonte: Torcedores.com

Repórter do GE entrega provável escalação do Flamengo para jogo de daqui a pouco contra o Paraná, confira:



Nesta quarta-feira (30), a Primeira Liga volta a ser disputada, com o Mengão enfrentando o Paraná, partida que pode servir como oportunidade para jogadores menos aproveitados no elenco mostrarem o seu potencial.


O reporter Raphael Zarko, do globoesporte.com, apurou a provável escalação do Flamengo, que conta com lateral direito de destaque na base.


O Fla deve ir a campo com: Muralha, Gabriel, Leo Duarte, Vaz e Klebinho; Marcio Araújo, Rômulo e Éverton Ribeiro; Geuvânio, Vinicius Jr. e Felipe Vizeu.

A bola rola às 21h45, no estádio Kleber Andrade, em Cariacica. Caso passe de fase, o Mais Querido volta a campo no sábado (02), para enfrentar Internacional ou Atlético-MG, que disputam outra vaga nas semifinais.

Fonte: Coluna do Flamengo

Jornalista inventa "problema interno" no Flamengo com Rueda



Desde que passou a comandar o Flamengo, o técnico Reinaldo Rueda ainda não conheceu o sabor da derrota.



Foram quatro partidas, com três vitórias, uma levando o time à final da Copa do Brasil, e um empate.

Tanto entre jogadores, torcida, comissão técnica e diretoria, é consenso que o treinador melhorou o desempenho da equipe, principalmente na parte defensiva, e a tornou mais objetiva na hora de decidir. Bom no trato com os atletas, logo deu moral a um comandado conhecido, o ponta Berrío. Juntos, conquistaram a Libertadores de 2016 pelo Atlético Nacional. E ao ser decisivo na vitória por 1 a 0 sobre o Botafogo, dando a "letra da vaca" sobre Victor Luís e centrando na medida para Diego marcar o gol da vitória, o camisa 28 colombiano conquistou do treinador a vaga de titular no ataque rubro-negro.

Para o comentarista da Rádio Tupi Washington Rodrigues, o Apolinho, Reinaldo Rueda tem mostrado competência ao arrumar melhor o Flamengo taticamente e torná-lo mais objetivo, mas vai precisar mostrar também ser bom no trato com egos e vaidades de jogadores. Isso porque Éverton Ribeiro, contratado no meio do ano, era até então o titular da posição, mas perdeu espaço no time principalmente pelo fato de não estar inscrito para a Copa do Brasil.

- Ele tem um pequeno problema interno agora que vai enfrentar, que é dizer que o Berrío é titular e o Éverton Ribeiro é reserva. Porque ele vai valorizar o Berrío, que é um jogador que tem muita força, velocidade e um péssimo relacionamento com a bola, ele e a bola estão sempre em discussão. Mas conhece o Berrío, porque foi jogador dele. Ao dizer que é titular, depois daquela letra que deu no lateral do Botafogo, isso aí para o ego do menino deve ter sido fantástico. Ele pode ter ganho esse jogador. Agora, ele vai ter que tratar do Éverton Ribeiro, porque é um jogador que não veio para ficar na reserva. Ao titularizar o Berrío, evidentemente vai sobrar alguém. Por isso eu digo que esse negócio que a tática quatro um, quatro um sei lá o quê, isso é secundário. O problema ali é gerenciar vaidades e conflitos. Agora, o Rueda tem uma missão: fazer a cabeça do Éverton Ribeiro para não perdê-lo. É um jogador precioso - disse o Apolinho no "Redação SporTV" desta quarta-feira.

Escalado para a partida da noite desta quarta, contra o Paraná, pela Primeira Liga, em Cariacica, Éverton Ribeiro vai atuar na posição de Diego, no meio-campo. O apresentador André Rizek acha que Rueda o vê mais nessa posição. No entanto, quando chegou ao Flamengo, o camisa 7 era a grande esperança para resolver o problema no ataque do lado direito, e por lá tem tido boas atuações no Brasileirão.

- Na Copa do Brasil isso não é problema porque o Éverton Ribeiro não pode jogar. Mas vai causar um problema na sequência - disse o comentarista do SporTV Carlos Cereto.

O jornalista Márvio dos Anjos, editor de Esportes de "O Globo", lembrou que Apolinho viveu experiência semelhante em ter de administrar egos no próprio Flamengo, quando assumiu o cargo de técnico da equipe em 1995, e o elenco tinha no ataque titular Sávio, Romário e Edmundo. Ao chegar, Washington Rodrigues deu moral ao meia-atacante Nélio, que estava afastado do elenco, treinando à parte, com a declaração "Meu time é o Nélio e mais dez". Apolinho lembrou o episódio.

- Falei para ele: "Pega o colete, vai para o campo e vai treinar." Treinou, terminou, eu falei para ele: "Capricha que você vai jogar." Os olhos do Nélio brilharam. Jogar na Argentina, na minha estreia, contra o Vélez Sarsfield (pela Supercopa, equivalente à Copa Sul-Americana) . Ele treinou, viajou, escalei como titular, se matava em campo, ganhamos o jogo por 3 a 2. No finalzinho, tinha um ponta-esquerda do Vélez que corria mais do que notícia ruim, e o Nélio tinha que acompanhá-lo. Ele deu um pique aos 38 atrás do cara na diagonal, foi encontrá-lo na linha de fundo, saiu com o cara, se embolaram, e lá ele ficou deitado. Aí eu fui falar com ele, e ele me disse. "Acho que não vai dar mais." Aí falei assim: "Nélio, vem cá, se soltar um leão aí, tu não sai correndo? Então, levanta e vai lá..." E ele jogou até o fim, e jogou comigo o tempo todo. Então, essa coisa que esse rapaz (Rueda) está fazendo, ele pode salvar o Berrío, transformar o Berrío num jogador importante, mas ele precisa tratar do outro para não perder - disse Apolinho.

Fonte: Sportv

Flamengo ganha 4,7 mil Sócio-Torcedores em seis dias, confira os números:



Cruzeiro e Flamengo entrarão em campo para o primeiro jogo da decisão da Copa do Brasil apenas daqui a oito dias.



Fora das quatro linhas, no entanto, os clubes já têm colhido os frutos da classificação.

Desde quinta-feira, dia seguinte à disputa das semifinais, os finalistas têm liderado o ranking de adesões a programas de sócios-torcedores. Juntos, celestes e rubro-negros somaram mais de 9,3 mil novos sócios até essa terça-feira, de acordo com dados disponibilizados no site Histórico Futebol Melhor.

O programa do Cruzeiro registrou pico na sexta-feira, com 1,6 mil filiações. O clube mineiro, que ainda liderou o ranking diário de adesões no sábado e no domingo, contabilizou 4,6 mil novos sócios depois de eliminar o Grêmio e avançar à final. O Flamengo, por sua vez, teve pico nessa terça-feira, com 1,2 mil inscrições. 1º colocado também na última quinta-feira e nessa segunda, sempre com a Raposa aparecendo na vice-liderança, o clube carioca conquistou 4,7 mil sócios-torcedores em seis dias.

Expectativa de novas adesões

Em meio à evolução dos números, o Cruzeiro realizará uma ação especial nesta quinta-feira: com atendimento das 9h às 17h, a central do sócio, no Ginásio do Barro Preto, abrirá exclusivamente para adesões. Os inscritos nas categorias cativas terão acesso garantido ao segundo jogo da decisão, no dia 27, no Mineirão, enquanto os sócios Cruzeiro Sempre (50% de desconto), Papafilas (10% de desconto) e Time do Povo terão prioridade na compra de ingressos, com preços entre R$ 50 e R$ 300.

Fonte: Toque di Letra

Confirmado! Flamengo assina com revelação para a zaga



O Flamengo segue com sua política de valorização dos maiores destaques surgidos em suas categorias de base. O Torcedores.com apurou que o Rubro-Negro assinou recentemente um contrato com o zagueiro Natan Bernardo, um dos destaques da equipe sub-17.


O jogador de 16 assinou seu primeiro contrato profissional com o Mengão com duração de uma temporadas e meia – até janeiro de 2019 -, com possibilidade de renovação caso mantenha a mesma evolução mostrada desde março deste ano, quando chegou ao Flamengo para um período de testes após boa passagem pela Ponte Preta.


Aprovado nos cerca de cinco meses de testes, Natan Bernardo finalmente concretizou o acordo e já tem vínculo regularizado na Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) e na Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Titular do time sub-17, o garoto foi recentemente campeão da Taça Guanabara com o Flamengo, marcando inclusive um dos gols do clube na final, e foi também vice-campeão na Taça BH, principal competição sub-17 do Brasil.

Próximo compromisso

Após vencer o Boavista no último sábado, por 2 a 1, na Gávea, o Flamengo retorna a campo pela sexta rodada da fase de classificação da Taça Rio neste sábado (2), às 11h (horário de Brasília) no clássico contra o Fluminense, que será disputado no CT das Laranjeiras.

O Fla lidera a competição com 15 pontos, sendo cinco vitórias em cinco partidas. O Flu é apenas o sexto colocado, com oito tentos conquistados.

Fonte: Torcedores.com

Rueda indica dois reforços para o Flamengo, diz jornal colombiano



O técnico Reinaldo Rueda chegou recentemente ao Flamengo e, como é costume entre treinadores que chegam no meio da temporada, já indicou jogadores de seu interesse para a diretoria do Fla.


De acordo com o site Colombia.com, o novo comandante do Mengão sinalizou interesse nos atletas Sebastián Pérez e Alexis Henríquez, ambos campeões da Libertadores em 2016, junto ao treinador.


Fonte: Coluna do Flamengo

Rueda monta Flamengo com "Geração de Ouro", veja escalação para o jogo de hoje:



A delegação do Flamengo desembarcou na noite desta terça-feira em Vitória (ES) e, depois, seguiu para Cariacica, onde enfrenta o Paraná amanhã pelas quartas de final da Primeira Liga.



No desembarque, uma surpresa: Reinaldo Rueda não veio com o grupo e só se juntará ao grupo na tarde desta quarta.
O clube informou que Rueda comanda, de manhã, um treino com os titulares no Ninho do Urubu e viaja para o ES na hora do almoço. O grupo que está em solo capixaba é formado basicamente por jogadores reservas e alguns atletas das categorias de base da Gávea, como o lateral-direito Klebinho, o lateral-esquerdo Pablo Maldini e o zagueiro Thuler, relacionados pela primeira vez para o time profissional.

Rueda relacionou também Darío Conca, que pode retornar aos gramados após mais de dois meses. A tendência, todavia, é que o camisa 19 comece do banco de reservas. Desde que chegou ao Ninho do Urubu, ele só jogou duas partidas – poucos minutos contra Ponte Preta e Fluminense pelo Campeonato Brasileiro.

Uma ausência sentida é o volante Ronaldo. O Flamengo informou que o meio-campista sofreu uma fratura na costela durante os treinos e foi cortado por Rueda.

TIME ALTERNATIVO

Contra o Paraná, Rueda terá uma equipe alternativa começando desde o goleiro. Diego Alves ficou no Rio de Janeiro, pois o técnico colombiano quer dar ritmo de jogo para Thiago ou Alex Muralha, que são os dois disponíveis para a final da Copa do Brasil diante do Grêmio.

As laterais são uma incógnita. Na lista, Rueda só enviou os garotos Klebinho e Pablo Maldini para Cariacica, porém pode promover também Rafael Vaz improvisado na ala esquerda. Se Vaz jogar na ala, a defesa seria formada pelos jovens Léo Duarte e Thuler.

Sem Ronaldo, a recomposição defensiva no meio deve ser composta por Márcio Araújo e Rômulo. Mancuello aparece como alternativa para o setor. Sem Diego, Éverton Ribeiro será o maestro na armação contra o Paraná. Na frente, o trio deve ser Geuvânio aberto pelo lado direito, o embalado Vinícius Jr pela esquerda com Felipe Vizeu centralizado – Paolo Guerrero foi preservado.

Veja a provável lista dos relacionados para o jogo contra o Paraná:

Goleiros: Alex Muralha e Thiago.
Laterais: Klebinho e Pablo Maldini.
Zagueiros: Thuler, Léo Duarte e Rafael Vaz.
Volantes: Rômulo e Márcio Araújo.
Meias: Conca, Everton Ribeiro, Lucas Paquetá, Mancuello e Matheus Sávio e Gabriel.
Atacantes: Vinicius Júnior, Felipe Vizeu e Geuvânio.


Fonte: Torcedores.com

terça-feira, 29 de agosto de 2017

Time B do Flamengo é melhor que maioria dos grandes do Brasil foi o tema principal dos "Os Donos da Bola", confira:



No programa Os Donos da Bola desta 3ª feira, o apresentador Edilson Silva foi firme em afirmar que o time do Flamengo é muito melhor que a maioria dos clubes grandes do futebol Brasileiro.


O programa é dedicado em falar somente do futebol do Rio, e o Flamengo foi o tema principal, com participação de convidados com Túlio Maravilha e Roberto Dinamite e todos debateram sobre a questão.


Veja na íntegra, 22 minutos de debate sobre o Flamengo, no vídeo abaixo:

Fonte: http://flamengo-noticia.blogspot.com.br/

Jornal faz nova matéria tendenciosa contra o Flamengo, expondo suposta ajuda da CBF



O Flamengo é um clube de sorte, sem dúvida. 


Calhou que a tabela do Brasileirão, decisões da Copa do Brasil e também da esquecida Primeira Liga fizessem o clube carioca ter uma espécie de supermando: não sai de casa.


São nove jogos seguidos como mandante. Possivelmente, um recorde, muito com a ajuda da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) – cinco desses graças à tabela do Brasileirão.

Direito de resposta abaixo:



Desde o jogo contra o Atlético-MG, em Belo Horizonte, no dia 13 de agosto, o Fla não se desgarra da torcida. A relação de partidas domésticas do Rubro-Negro carioca começou na semana passada, quando decidiu vaga no mata-mata nacional contra o Botafogo, em 16/8. O próximo duelo do time como visitante será em 2 de outubro contra a Ponte Preta, em Campinas.

Assim sendo, são 50 dias, sete semanas e um dia, sem sair de perto da sua apaixonada torcida.

Veja a lista
16-8 – Botafogo x Flamengo – Copa do Brasil
19-8 – Flamengo x Atlético-GO
23-8 – Flamengo x Botafogo – Copa do Brasil
27-8 – Flamengo x Atlético-PR
30-8 – Flamengo x Paraná – Primeira Liga* (mandante, vai jogar em Cariacica-ES)
07-9 – Flamengo x Cruzeiro – Copa do Brasil
10-9 – Botafogo x Flamengo
17-9 – Flamengo x Sport
23-9 – Flamengo x Avaí

Fonte: Gazeta do Povo

Conheça a joia da base do Flamengo que terá chance de ouro para deslanchar no profissional



Após Reinaldo Rueda confirmar que iria enfrentar o Paraná com um time alternativo, nesta quarta-feira (30 de agosto), pela Primeira Liga, surgiu uma dúvida de quem seria o lateral-direito da equipe, já que Rodinei e Pará, improvisado na esquerda, são os titulares.



Só que uma notícia ruim com Ronaldo, que treinou na função durante a semana, abriu espaço para um garoto promissor.
Nos treinos durante a semana, o volante Ronaldo, que já exerceu a função de lateral na base, foi testado na posição. Só que o jogador acabou sofrendo uma fratura na costela, nesta terça-feira (29), e acabou vetado para a partida. Com isso, Klebinho, promessa do time sub-20, é o único atleta relacionado para atuar por ali. Do outro lado, Pablo, também da base, deve ser o lateral-esquerdo.

Aos 19 anos, Klebinho se destaca na base pela velocidade e versatilidade. Foi campeão da Copinha de 2016 como meio-campo. Era reserva, mas entrava frequentemente, como na final, substituindo o então camisa 10 da equipe, Matheus Sávio. Nascido em 1998, o jogador tem mais um ano de base, mas deve ser reintegrado no próximo ano ao time profissional. O contrato com o time da Gávea, que vai até dezembro de 2019, deve ser ampliado em breve.

Rueda ainda não revelou o time que vai enfrentar o Paraná. A principal dúvida é no gol, já que Diego Alves não viaja com o grupo. Thiago e Muralha, goleiros que podem atuar na Copa do Brasil, brigam pelo espaço: Provável time: Muralha (Thiago); Klebinho, Léo Duarte, Rafael Vaz e Pablo; Márcio Araújo, Rômulo e Éverton Ribeiro; Geuvânio, Vizeu e Vinícius Júnior.


Fonte: Fox Sports