quinta-feira, 30 de abril de 2015

JEEP!!!! Com novo patrocínio, Flamengo pode ter uniforme de R$ 90 milhões

O Flamengo acertou mais um patrocínio e aguarda apenas a aprovação do Conselho Deliberativo para confirmar a parceria com a montadora Jeep. A princípio, a marca será estampada na barra da camisa, abaixo do número. O valor gira em torno dos R$ 5 milhões até o fim de 2015.

Desta forma, o Rubro-negro pode ter um uniforme de R$ 90 milhões anuais. São R$ 35 milhões da Adidas, R$ 25 milhões da Caixa Econômica Federal, R$ 20 milhões da Viton 44 e R$ 2,5 milhões da TIM.

O somatório contempla R$ 87,5 milhões em patrocínios. No entanto, o valor pode chegar e até superar os R$ 90 milhões. Tudo depende dos entendimentos com a Caixa Econômica Federal e com a própria Jeep.

O contrato atual com o banco estatal está no final e as negociações para a renovação em andamento. O Flamengo deseja um reajuste de pelo menos R$ 2,5 milhões e aguarda respostas sobre o processo.

Mas o Conselho Diretor do clube também estuda alternativas. Uma delas é a própria Jeep, que já foi consultada sobre a possibilidade de assumir a cota master e pagar algo em torno de R$ 30 milhões por ano ao Rubro-negro em caso de desistência da Caixa Econômica Federal.

Fonte: Uol

Está chegando a hora da Nação entrar em campo pelo Brasileirão!

Está chegando a hora da Maior Torcida do Mundo começar a entrar em campo pelo Brasileiro! A primeira partida do Mengão no Maracanã acontece no dia 17.05, contra o Sport, e sócio-torcedor sai na frente: pode comprar seus ingressos a partir do dia 01.05, quando começam as vendas para o plano +Paixão. Membros do Nação Rubro-Negra terão ainda até 50% de desconto, cumulativos com a meia-entrada para estudantes – ingressos para o Setor Norte custam a partir de R$12,50 -, além de poderem garantir seu lugar online e entrar com seu cartão-ingresso, escapando das filas.

Fonte: Central da Nação


Em jogo emocionante, São José bate Flamengo e força quinto jogo da série

Playoff entre Flamengo e São José tem sido sinônimo de equilíbrio nos últimos anos. Nas duas últimas vezes que se enfrentaram em mata-mata, a luta pela sobrevivência foi até o quinto jogo. Na atual edição do NBB, não vai ser diferente. Na noite desta quinta-feira, os joseenses bateram o Rubro-Negro por 81 a 76, no ginásio Lineu de Moura, no Vale do Paraíba, e empataram a série de quartas de final em 2 a 2. Assim, a decisão de quem avança à semi do torneio sairá apenas na próxima terça-feira, quando as duas equipes se enfrentam no quinto e último jogo da série, no Rio de Janeiro, em horário ainda não confirmado

Pressionado pela obrigação de vencer para seguir vivo, o São José entrou em quadra com uma postura agressiva, que manteve o time à frente do placar durante boa parte da partida. O Flamengo, que atuou um pouco abaixo do seu padrão, com muitos erros, ainda conseguiu manter o equilíbrio até o fim. Porém, uma cesta do ala Jimmy Baxter nos últimos segundos do jogo deu aos joseenses a vantagem necessária para ficar com a vitória.

Além da bola decisiva, o americano Baxter ainda foi o principal destaque do São José, com 21 pontos. O pivô Caio Torres também foi bem, terminando o jogo com um duplo-duplo: 18 pontos e 11 rebotes. O cestinha da partida, no entanto, foi Marquinhos, do Flamengo, com 26 pontos.

O JOGO
A derrota por 86 a 68 no terceiro jogo da série, dentro do ginásio Lineu de Moura, mexeu com os brios do São José. Na véspera da partida, os joseenses prometeram uma postura diferente. Quando a bola subiu, mostraram que cumprem com a palavra. Calibrados no ataque, principalmente com o ala Jimmy Baxter, que anotou 10 pontos na parcial, assumiram a frente no marcador logo nos primeiros minutos. O Rubro-Negro, por outro lado, não era o mesmo da última partida. Se na terça-feira a defesa foi o ponto forte do time, no primeiro quarto foi a principal deficiência. Sofreu 28 pontos e terminou o primeiro período atrás: 28 a 23.

No segundo quarto, as duas equipes impuseram uma marcação mais forte. Assim, a partida ficou pegada, com bastante contato físico. Os flamenguistas começaram o período melhores. Seguraram os joseenses e conseguiram virar o placar. Herrmannan, que saiu do banco, mostrou que estar afiado para os chutes da linha de três pontos. Arriscou duas vezes e converteu as duas. Laprovittola, com 100% do aproveitamento no período, era outro comandante da melhora do Fla. O São José sofria para entrar na defesa rubro-negra: após mais de dois minutos na parcial, marcou apenas quatro pontos. A dedicação dos jogadores joseense, porém, era a mesma do primeiro quarto. Brigavam por todas as bolas, principalmente no garrafão. No segundo quarto, foram 11 rebotes contra apenas sete do time carioca. Aos poucos, a partida voltou a ficar equilibrada e o time do interior de São Paulo conseguiu passar à frente de novo antes do intervalo: 45 a 40.

Durante a parada, foi possível ouvir de fora dos vestiários os gritos do técnico José Neto com os jogadores do Flamengo. Cobrou uma melhora da equipe e disse: "Vamos fechar essa série hoje!". A bronca até fez com que os cariocas voltassem mais ligados, mas o São José não baixou a guarda. Impôs uma marcação forte e dificultou a vida do Rubro-Negro. Os primeiros minutos do terceiro quarta foram de poucas cestas.

Com o decorrer do tempo, os joseenses souberam aproveitar os erros do Fla e mantiveram a liderança no placar. A boa atuação fez a torcida crescer nas arquibancadas. A cada cesta ou toco, o ginásio parecia incendiar. Nesse clima, os anfitriões chegaram a impor 10 pontos de vantagem sobre os visitantes. No fim, o Flamengo fez uma cesta de dois e terminou o período perdendo por 67 a 59.

Para tentar fechar a série, o Rubro-Negro foi para o tudo ou nada no último quarto. Acertaram a marcação e foram efetivos nos ataque. Desta forma, conseguiram empatar a partida. O duelo, então, ganhou muito em emoção. Enquanto o Flamengo jogava pela classificação, o São José lutava para seguir vivo no NBB. Com a torcida ao lado, os joseenses melhoraram e, com cestas de três de Dedé e Jimmy Baxter, abriram pequena vantagem. Nos últimos minutos, as equipes ficaram separadas por apenas dois pontos. Na reta final, o Fla errou muito e uma bandeja de Baxter sacramentou o triunfo da Águia.

FICHA TÉCNICA
Playoffs - Jogo 4 das quartas de final
Ginásio: Lineu de Moura, em São José dos Campos (SP)
SÃO JOSÉ: Valtinho (6), Andre Laws (11), Jimmy Baxter (21), Drudi (12) e Caio Torres (18)..
Entraram: Dedé (10), Renan Lenz (3) e Betinho (0)
Técnico: Luiz Zanon
FLAMENGO: Laprovittola (9), Benite (7), Marquinhos (26), Olivinha (4) e Meyinsse (14)..
Entraram: Gegê (0), Felício (4), Herrmann (6) e Marcelinho (5)
Técnico: José Neto
*entre parênteses, os pontos anotados por cada jogador

RESULTADOS DA SÉRIE
23/04 - Flamengo 85 x 62 São José - Ginásio do Tijuca Tênis Clube, no Rio
25/04 - Flamengo 76 x 82São José - Ginásio do Tijuca Tênis Clube, no Rio
28/04 - São José 68 x 86Flamengo - Ginásio Lineu de Moura, em São José dos Campos
30/04 (19h30) - São José 81 x 76 Flamengo - Ginásio Lineu de Moura, em São José dos Campos
05/05 (horário a confirmar) - Flamengo x São José - Ginásio do Tijuca Tênis Clube, no Rio

Fonte: Globoesporte.com

Amistoso renderá R$ 500 mil ao Flamengo

Empresa que já levou o Rubro-Negro para outras praças pagará montante e assumirá todas as despesas, como voo fretado, mas ficará com a renda da partida com o Icasa

Um esforço justificado com bolso cheio. Com jogos fora do Rio de Janeiro previstos em orçamento como fonte de receita, o Flamengo não perdeu a oportunidade de lucrar com a ausência na final do Campeonato carioca. Enquanto estudava a possibilidade de disputar um Fla-Flu em Brasília, o Rubro-Negro recebeu uma proposta de R$ 500 mil para enfrentar o Icasa, em Juazeiro do Norte, e aceitou de prontidão. Com o valor limpo em mãos, a equipe segue para o interior do Ceará, onde entra em campo sábado, às 19h30m (de Brasília), no estádio Romeirão.

A empresa é a mesma que já levou jogos do Rubro-Negro nos últimos dois anos para praças com estádios que fizeram parte da Copa do Mundo de 2014. Além da quantia em dinheiro, a organização é responsável pelo voo fretado que sai do Rio no início do sábado e volta logo após o jogo, além de hospedagem e toda logística em Juazeiro. O fato do jogo ser no sábado foi ainda ao encontro do planejamento de Vanderlei Luxemburgo, que previa o domingo de folga para todo elenco, seguido de viagem para Atibaia, no interior de São Paulo, na segunda-feira – o que não seria possível com o Fla-Flu.

Recentemente, o Flamengo teve uma passagem rápida por Juazeiro do Norte e foi muito assediado, quando fez pousou e seguiu de ônibus para Salgueiro, Pernambuco, onde bateu os donos da casa por 2 a 0, pela segunda fase da Copa do Brasil. Ex-jogador do clube, Ronaldo Angelim mora na cidade e a diretoria estuda uma maneira de homenageá-lo. Entrar em campo para uma partida de despedida, no entanto, está descartado. O amistoso com o Icasa é o último compromisso rubro-negro antes da estreia no Brasileirão, dia 10 de maio, contra o São Paulo, no Morumbi.

Fonte: Globoesporte

Flamengo vota novo patrocínio e renovação com a Caixa para ter camisa mais valiosa do Brasil

Se ainda não está perto de anunciar nenhum novo reforço de peso, o Flamengo caminha para apresentar um novo uniforme para a estreia no Brasileiro dia 10, contra o São Paulo. A promessa é voltar a ter a camisa mais valiosa do Brasil depois de o Palmeiras alegar ser o novo líder.

Com a renovação do contrato com a Caixa Econômica em fase final de acordo, já que o vínculo se encerra em maio, a diretoria também vota na semana que vem um patrocínio para a barra da camisa no Conselho Deliberativo.

O banco público não deve pagar mais do que os atuais R$ 25 milhões, mas com o acréscimo da nova empresa, na faixa de R$ 5 milhões, o Flamengo passaria a receber R$ 50 milhões por ano. A conta inclui R$ 20 milhões da Guaraviton e R$ 2,5 milhões da Tim.

O valor seria semelhante ao do Palmeiras, mas se for levado em consideração o resíduo da rescisão de contrato com a Peugeot, de R$ 5,6 milhões, o Flamengo já tinha o uniforme com a maior receita, sobretudo pelo ganho anual maior por parte da Adidas, de mais de R$ 35 milhões.

O Conselho Diretor mantém os valores dos novos contratos em sigilo, assim como o nome da empresa que estampará sua marca na barra da camisa. As especulações ao longo das últimas semanas apontaram para a negociação com uma multinacional que patrocina um grande clube da Europa, mas as supostas conversas seriam pensando numa alternativa para o caso da Caixa não renovar.

Com elenco sem novidades além de Armero e Almir, o técnico Vanderlei Luxemburgo tratou de soltar a voz em treino tático ontem no Ninho do Urubu. Mantendo a formação com dois volantes, o treinador cobrou jogadas de ataque com paciência, já que não há um organizador com técnica acima da média.

O grupo finaliza hoje a preparação para o amistoso de amanhã diante do Icasa, em Juazeiro, Pernambuco. A partida servirá para arrecadar com a bilheteria e dar ritmo de jogo aos atletas, já que alguns se recuperaram recentemente de lesões.

Enquanto Luxemburgo trabalha dentro de campo, opina e pressiona os dirigentes a conseguir ao menos um grande jogador antes da estreia no Brasileirão. A missão é considerada difícil, já que os poucos recursos disponíveis precisam ser endereçados a uma negociação que traga um atletas para, de fato, resolver as carências .

Fonte: Extra

FlaBasquete entra em quadra a uma vitória das semifinais

Na noite desta quinta-feira (30.05), às 19h30, o time de basquete do Flamengo entra em quadra mais uma vez pelas quartas de final do Novo Basquete Brasil 7 (NBB), contra o São José, no ginásio Lineu de Moura. Com a série melhor de cinco em 2 a 1 para o Rubro-Negro, os atuais campeões precisam apenas de mais uma vitória sobre a equipe do interior paulista para se garantir nas semifinais do torneio.

Na primeira partida, o Flamengo foi amplamente superior e venceu por 23 pontos de diferença (85 a 62), jogando em casa, no Tijuca Tênis Clube. Com forte apoio da torcida, os atletas impuseram o ritmo do jogo e venceram todos os quartos, já abrindo vantagem de 13 pontos logo no primeiro período. No segundo jogo, também no ginásio tijucano, em um confronto duro contra o São José, a equipe não conseguiu a vitória. Mas os atletas lutaram até o fim e o placar foi apertado: 82 a 76 para o adversário. No primeiro desafio da série fora de casa, na noite da última terça-feira (28.04), o Flamengo reencontrou seu melhor basquetebol e fez bonito em quadra, anotando 86 a 68 no placar do ginásio Lineu de Moura.

“Em playoff tem que se pensar jogo a jogo. Na última partida, fizemos um jogo defensivo muito bom e conscientes da necessidade de ter uma defesa mais sólida para poder vencer. No ataque, a equipe conseguiu jogar de uma forma bem coletiva e com uma boa rotação da equipe. Vamos para esta próxima partida tendo consciência da necessidade de jogar ainda mais forte, já que queremos sair com mais uma vitória que nos dará a passagem para a próxima fase da competição”, disse o treinador José Neto.

A quarta – e talvez decisiva – partida não será no Rio de Janeiro, mas o Flamengo conta com a torcida do interior de São Paulo, essencial para a última vitória em São José dos Campos, e com a Nação espalhada em todo país, que pode assistir o jogo pelo canal Sportv2.

Fonte: Site Oficial do Flamengo

Gallo convoca Seleção para Mundial Sub-20; rubro-negros estão na lista

O técnico Alexandre Gallo convocou nesta quarta-feira a seleção brasileira para a disputa do Mundial Sub-20, que será disputado na Nova Zelândia entre os dias 30 de maio e 20 de junho. As principais ausências são o meia Gerson, do Fluminense, e o atacante Gabriel, do Santos.

O Brasil está no Grupo E com Nigéria, Coreia do Norte e Hungria. O time de Gallo estreia na competição em 1º de junho contra os nigerianos, em New Plymouth. Três dias depois, a garotada enfrenta os húngaros, na mesma cidade. No último jogo da primeira fase, o rival será os norte-coreanos, em Christchurch, no dia 7 de junho.

- Pensamos em atletas que tenham comprometimento e um passado na Seleção, que já tenham sido mapeados e que sabemos o sentimento deles, o que eles querem buscar. Precisamos desses atletas totalmente focados nos nossos objetivos – explicou Gallo.

A equipe se apresenta no dia 11 de maio, em Atibaia (SP). Cinco dias depois, a delegação embarca para a Austrália, onde fará um período de adaptação até o dia 28, data do embarque para a Nova Zelândia. Técnico também da Seleção que disputará as Olimpíadas de 2016 no Brasil, Gallo não teve bom resultado com a equipe sub-20 no último Sul-Americano da categoria, disputado em janeiro deste ano no Uruguai: quarto colocado, atrás da campeã Argentina, Colômbia e Uruguai.

Até o torneio, Gallo acumulava ainda o cargo de coordenador das categorias de base da CBF. Porém, após o Sul-Americano Sub-20, o ex-presidente da entidade, José Maria Marin, anunciou que Gallo continuaria só como treinador e anunciou Erasmo Damiani (ex-Figueirense e Palmeiras) como coordenador. Após a convocação, o treinador analisou os rivais da primeira fase no Mundial:

- A Nigéria sempre traz dificuldades para a gente. É uma equipe forte, técnica, com bons jogadores. A Hungria é um estilo bem europeu, faz um futebol de ligação direta, jogadores com estatura alta. Um time muito bem organizado defensivamente. Já a Coreia do Norte é um time que se fecha muito, não são jogadores muito técnicos. Mas tem velocidade e contra-ataque muito intensos. O poder físico é forte, principalmente na transição defesa para o ataque.

CONFIRA A LISTA DE CONVOCADOS

GOLEIROS
Marcos Felipe (Fluminense)
Jean (Bahia)
Georgemy (Cruzeiro)
David (Criciúma)

ZAGUEIROS
Marlon (Fluminense)
Lucão (São Paulo)
Leo Pereira (Atlético-PR)
Iago (Criciúma)

LATERAIS
Jorge (Flamengo)
João Pedro (Palmeiras)
Rodrigo (Coritiba)
Caju (Santos)

MEIO-CAMPISTAS
Jajá (Flamengo)
Danilo (Braga – Portugal)
Mateus Biteco (Grêmio)
Alef (Olympique de Marselha – França)
Boschilia (São Paulo)
Andreas Pereira (Manchester United)

ATACANTES
Gabriel Jesus (Palmeiras)
Marcos Guilherme (Atlético-PR)
Judivan (Cruzeiro)
Kenedy (Fluminense)
Yuri Mamute (Grêmio)
Caio Rangel (Cagliari – Itália)
Bruno Lopes (Criciúma)
Jean Carlos (Real Madrid – Espanha)

Fonte: Globoesporte.com

quarta-feira, 29 de abril de 2015

Ranking Sócio Torcedor 29-04 (Palmeiras e Corínthians crescem e Flamengo continua caindo)

O cenário não mudou diante dos últimos números, Palmeiras e Corinthians aumentando as adesões e o Flamengo continua perdendo associados.

O campeonato Brasileiro está chegando, precisamos do apoio em massa para ajudar o nosso mengão, brevemente seremos umas das potências do futebol mundial.

Estou na expectativa de entrar os números no próximo mês dos kits que estão sendo vendidos nas bancas de jornal e pela internet no site na Innovant.

Luxa repete time titular com quarteto ofensivo e foca na criação de jogadas

Pelo segundo dia seguido, Vanderlei Luxemburgo escalou o time titular do Flamengo sem Márcio Araújo, que perdeu a vaga com o retorno de Canteros e a permanência de Arthur Maia. Em coletivo tático de cerca de 50 minutos realizado no Ninho do Urubu na tarde desta quarta-feira, o treinador deu muitas orientações nas inúmeras vezes em que parou a atividade. Ele focou no posicionamento de seus atletas e em fazer com que o time soubesse sair da marcação forte de meio-campo para criar jogadas.

O meia Arthur Maia formou linha ofensiva de três ao lado de Gabriel e Everton, com Marcelo Cirino à frente deles. O time titular, portanto, treinou com Paulo Victor, Pará, Bressan, Wallace e Anderson Pico; Jonas e Canteros; Gabriel, Arthur Maia e Everton; Marcelo Cirino. A equipe reserva foi formada por César, Luiz Antonio, Marcelo, Frauches e Thallyson; Cáceres, Márcio Araújo, Mugni e Almir; Eduardo da Silva e Felipe Vizeu.

Vizeu é um garoto do time sub-20 que completou o treinamento no lugar de Alecsandro. O camisa 9 ficou fora do campo por conta de dores no pé esquerdo após uma pancada que sofreu no local no dia anterior. Outro que não participou foi o lateral-esquerdo Armero, que ainda está aprimorando a forma física e por isso ficou na academia.

Outro foco de Luxemburgo durante o trabalho foi fazer sua defesa sair jogando com calma e qualidade. Ele cobrou o capitão Wallace na saída de bola em algumas oportunidades.
- Calma! Espera abrir o espaço. Sem pressa e sem correr risco - orientou Luxa.

O Flamengo viaja neste sábado para Juazeiro do Norte-CE, onde encara no mesmo dia, às 19h30 (de Brasília), o Icasa-CE, em partida amistosa. O time volta ao Rio de Janeiro logo depois e, na próxima segunda-feira, viaja para Atibaia-SP, onde terá uma semana de intertemporada como forma de preparação para o Campeonato Brasileiro. O Rubro-Negro estreia na competição nacional contra o São Paulo, no dia 10 de maio, às 16h, no Morumbi.

Fonte: Globoesporte

Concentração! É a palavra de José Neto para reencontro com São José nesta quinta

Com a vitória por 86 a 68 sobre o São José nessa terça-feira, 28, o Flamengo deixou a pressão por um triunfo no quarto jogo da série de quartas de final do NBB sobre as costas dos joseenses. Mas se engana quem pensa que isso deixa o Rubro-Negro mais acomodado para o duelo, a ser disputado nesta quinta-feira, às 19h30, no ginásio Lineu de Moura. Pelo menos nos discursos, a ordem na equipe é manter a concentração para buscar a vitória que pode garantir a classificação do time à semifinal.

– Vamos manter o foco na partida – ressaltou o técnico José Neto. – Não podemos tirar o foco disso. Temos que fazer o que é necessário para ganhar. Não é pensar que é a última e nem que é a quarta. Temos que pensar que é o próximo jogo. Playoff é assim: você tem que pensar que todo jogo é uma final – disse.

Neto elogiou a postura defensiva dos flamenguistas na última partida e creditou a vitória à boa marcação. Para ele, ter uma defesa segura é o primeiro passo para o sucesso de um time em um campeonato. Por isso, pretende aprimorar ainda mais a marcação para o próximo confronto e aponta outro ponto a melhorar.

– Temos que valorizar os 68 pontos contra uma equipe briosa, que sabe jogar muito bem, com jogadores experientes e bem treinados pelo Zanon. (…) Precisamos ajustar bastante coisa (para o próximo jogo). A nossa defesa, ofensivamente às vezes desprezamos muito o ataque coletivo… São coisas que precisamos melhorar para conseguir uma vitória contra um time que vem para brigar pela quinta partida – afirmou.

Fonte: Globoesporte

Dos clubes brasileiros Mengão é o 2º maior das redes socias

Não há como um grande clube do futebol brasileiro não ingressar nas redes sociais, em tempos atuais. Contato direto com torcedores, informações oficiais e expansão da marca são apenas alguns dos diversos benefícios de estar ‘no meio’ das principais redes em atividade.

O FutNet, em mais uma edição do ‘G12 em pauta’, fez um levantamento das redes sociais dos nossos gigantes do futebol brasileiro. Levamos em conta as principais redes (Instagram, Twitter e Facebook) e somamos os resultados. Confira o ranking de acordo com o total aproximado:

1 – Corinthians: 13,5 milhões (Twitter: 3.021.733, Instagram: 354 mil, Facebook: 10.205.216)

2 – Flamengo: 12,3 milhões (Twitter: 2.443.843, Instagram: 242 mil, Facebook: 9.680.433)

3 – São Paulo: 8,6 milhões (Twitter: 2.121.133, Instagram: 387 mil, Facebook: 6.118.219)

4 – Palmeiras: 4,9 milhões (Twitter: 1.518.137, Instagram: 127 mil, Facebook: 3.278.147)

5 – Santos: 4,6 milhões (Twitter: 1.440.341, Instagram: 116 mil, Facebook 3.094.499)

6 – Grêmio: 3,6 milhões (Twitter: 1.423,660, Instagram: 102 mil, Facebook: 2.091.317)

7 – Cruzeiro: 3,5 milhões (Twitter: 925,873, Instagram: 174 mil, Facebook: 2.422.458)

8 – Vasco: 3,4 milhões (Twitter: 944,747, Instagram: 110 mil, Facebook: 2.436.539)

9 – Atlético/MG: 3,3 milhões (Twitter: 938.098, Instagram: 77 mil, Facebook: 2.360.375)

10 – Inter: 2,8 milhões (Twitter: 828,603, Instagram: 91 mil, Facebook: 1.910.650)

11 – Botafogo: 1,8 milhão (Twitter: 632, 437, Instagram: 53 mil, Facebook: 1.154.106)

12 – Fluminense: 1,8 milhão (Twitter: 649, 521, Instagram: 75 mil, Facebook: 1.108.524)

Os números foram contabilizados até o final da manhã desta quarta-feira, dia 29.

Fonte: Futnet

Novos modelos da Flasandals já estão à venda

Os novos modelos da Flasandals acabaram de chegar às lojas oficiais do Mais Querido. As sandálias novas trazem designs exclusivos e podem ser o presente perfeito para o dia das mães! Os cinco novos modelos contam com sola de borracha termoplástica, palmilha de EVA ultra macio de alta absorção e tiras de nylon tubular luva que vestem os pés. A melhor tecnologia para os rubro-negros torcerem com o maior conforto e, é claro, estilo possível.

As Flasandals estão à venda nas Lojas Oficiais do Rubro-Negro por R$89,90, sendo disponibilizadas em diversos tamanhos. Lembre-se que Sócio-torcedor do Flamengo tem desconto de 10% nas lojas oficiais.

Fonte: Site Oficial do Flamengo

Sócio Torcedor é para o clube ou só para dar benefícios?

O programa de Sócio Torcedor Rubro-Negro, NAÇÃO RUBRO-NEGRA, é defendido por alguns e combatido e criticado por muitos e de forma por vezes agressivas.

O programa foi criado para AJUDAR financeiramente ao clube com contratações e manutenção de grandes jogadores, porém há uma corrente de pessoas que defende que o sócio torcedor tenha como objetivo apenas benefícios voltados para os torcedores.

Todos os programas de sócio torcedor em todos os clubes no mundo são voltados para a arrecadação de fundos dos clubes, e quem ingressa nesses programas tem direito de usufruir de alguns benefícios, como descontos em ingressos, em lojas, em sites, em restaurantes, em produtos oficiais, em eventos do clube, ou seja uma troca de vantagens.

Porém a torcida rubro-negra adentra as redes sociais com críticas e mais críticas sem enxergar o motivo real da criação do programa, aliás nesse caso vou além, ela até sabe o motivo porém somente quer ter benefecíos e não a ajudar o clube necessariamente.

Muitos dos que vejo reclamando nas redes sociais, tem total condição de ajudar no programa, mas não o fazem, dão seus motivos, porém discordo.

Alegam que o clube não dá benefícios, o que se configura uma mentira, porque quem é socio torcedor tem descontos em ingressos dos jogos, tem o programa Futebol Melhor, tem descontos em planos de saúde, em Tvs por assinatura, em operadoras de telefonia, em floriculturas, restaurantes, em oficinas, Mercados, sites de material esportivo e de eletrodomésticos, ou seja pode usufruir de inúmeras vantagens, mas preferem criticar, falar que não tem vantagens a reconhecer o real motivo do programa sócio torcedor.

Eu, por exemplo, uso e muito os descontos do programa sócio torcedor.

Utilizo na escolinha de futsal do meu filho, na tv a cabo, na telefonia, nos mercados comprando os produtos que me dão o desconto, em sites esportivos, nas lojas oficiais do Flamengo, e tenho em media por mês um desconto em torno de R$ 155,00, isso sem colocar na calculadora os descontos de ingressos, ou seja se a mensalidade do plano é de R$ 39,90 e eu tenho descontos na ordem de R$ 155,00 significa afirmar que tenho benefícios que me dão a mensalidade do plano gratuitamente e com sobras, e se colocar os ingressos os descontos sobem muito mais, o que não ocorreu agora devido a famigerada artimanha usada pela FERJ na venda dos ingressos pro campeonato carioca.

Aí entra na linha das críticas o socio torcedor OFF-RJ, esse realmente têm menos bebefícios, porquê não assistem a todos os jogos do Flamengo, somente quando há jogos em seus estados ou cidades, não participam efetivamente das promoções criadas como Match day e visitas ao clube, porém os socios OFF-RJ tem os mesmo descontos em todos os sites e lojas, em mercados, e tem uma vantagem que o socio torcedor do Rio de Janeiro não tem, eles tem Direito a Voto nas Eleições do Clube.

Então por exemplo quem mora a 100 km do Rio de Janeiro paga mensalidade de OFF-RJ e pode votar nas eleições do clube, além de usufruir dos outros benefícios do programa de sócio torcedor.

O programa pode ter melhorias ? sim pode e deve, principalmente em relação aos OFF-RJ, e correções, como por exemplo quanto a entrega de prêmios prometidos em renovações dos STs e que não foram entregues, eu por exemplo até hoje não recebi a camisa prometida na renovação do ST, e isso é um erro primário que não deve ser cometido, depois de um ano reclamando ontem uma funcionária entrou em contato comigo e prometeu resolver a pendência, vamos aguardar o desfecho.

Estão fazendo estudos e campanhas neste sentido, mas se não houver a adesão da torcida e o reconhecimento de que o socio torcedor hoje é a salvação real e mais próxima do clube, não haverá o crescimento e por consequência o nosso número de STs ficará estacionado, como já está a quase um ano.

A torcida que se manté fiel ao programa são os mais fanáticos e aqueles que realmente frequentam jogos e usam o ST para os descontos em ingressos, mas só isso é muito pouco.

Levamos uma lavada de times com menos torcedores como por exemplo o Santos, time com ST voltado a uma cidade basicamente e que tem quase o mesmo numero de STs do Flamengo, isso ao meu olhar crítico é inadmissível.

Poderíamos hoje estar liderando e com folgas se apenas 0.5% de nossa torcida fosse ST, isso mesmo apenas 0,5% da nação nos colocaria num patamar acima de todos os rivais.

Ficamos nesse número ridículo de 55/60 mil STs, ridículo aliás é pouco.

Por esses números, e com a falta de adesão da torcida sou obrigado a concordar com o Mauro César quando o mesmo afirma que apesar de ser a maior torcida do Mundo, a nação rubro-negra é coxinha e acomodada, concordo totalmente com ele baseado nos números divulgados pelo próprio clube.

Houve tempos de descrença, devido as irresponsabilidades de Diretorias anteriores, porém hoje o panorama mudou totalmente.

A Diretoria é reconhecida e temida por todos os outros clubes, estão com medo da organização que o Flamengo está executando em sua reestruturação.

Hoje o Flamengo impera pela organização e responsabilidade financeira, tem reconhecimento até em outros países pela sua atual fase, porém a torcida não compra a idéia da Diretoria, infelizmente.

Acredito que com novas campanhas e com a manutenção da Diretoria atual os números irão crescer, gradativamente, e que no futuro alcancemos o posto de numero um em socios torcedores.

Lembro que se hoje fôssemos 100 mil socio torcedores teríamos uma arrecadação na ordem de 80 milhoes por ano só com ST imaginem então se conseguirmos os 0,5% que citei acima ou seja, 220 mil sts?

O futuro tem solução, a curto, medio e longo prazo, em qual prazo será cumprida a nossa meta, só depende da Nação Rubro-Negra, única e exclusivamente dela e de sua adesão de fato ao programa de sócio torcedor, caminhando de mãos dadas com o clube.

Fonte: Flamengo em Foco

Prejuízo causado por Ronaldinho Gaúcho ao Flamengo é detectado

A briga na Justiça entre Flamengo e Ronaldinho Gaúcho teve um novo round a favor do clube. A perícia exigida pelo Rubro-negro foi concluída e detectou danos à imagem da instituição causados por parte do atleta no período que defendeu a equipe. O craque deixou o Flamengo em 2012 pedindo R$ 55 milhões, por falta de pagamentos de direitos de imagem e também por danos morais.

A 9° Vara do Trabalho do Rio de Janeiro marcou um novo encontro entre Flamengo e Ronaldinho Gaúcho para o dia três de julho. As partes se movimentam para juntar novas testemunhas e documentos até a audiência. O Flamengo confirma a decisão favorável, que foi comentada pela advogada de Ronaldinho, Gislaine Nunes.

— O Flamengo pediu para que fosse apurado o quanto ele teve supostamente de prejuízos em relação ao problema do Ronaldo. Não posso te falar o que aconteceu na perícia, até porque ela correu em segredo de Justiça, mas posso adiantar que não me preocupa nem um pouco. Os valores que o Ronaldo tem a receber a gente só vai saber quando sair a sentença — explicou a advogada do atleta.

Ronaldinho pediu R$ 40 milhões no processo trabalhista e R$ 15 milhões na ação por anos morais. Em seguida, o Flamengo entrou com um processo contra o jogador e tenta virar o jogo. A perícia incluía a avaliação de todo o material que o clube registrou sobre o mau comportamento do jogador. Entre eles, advertências e até imagens de uma fuga na concentração em Londrina, no Paraná, durante a pré-temporada do time em 2012. Desde 2013, a nova diretoria do Flamengo reúne informações e entrega à Justiça.

No ano passado, a perícia teve continuidade e terminou ao fim de novembro, como mostra o andamento no processo no Tribunal Regional do Trabalho. Um audiência chegou a ser marcada para o dia 29 de junho, mas foi adiada. A audiência do dia três de julho foi marcada no dia seis de abril e publicada em Diário Oficial no dia oito de abril. A última movimentação aconteceu no dia 22, com a defesa de Ronaldinho listando testemunhas par a audiência.

O jogador, hoje no Querétaro, do México, está tendo o seu retorno ao futebol brasileiro especulado. O Cruzeiro seria um dos possíveis destinos. O Flamengo, certamente, não abrirá portas para o craque.

Fonte: Extra

Luxa barra Márcio Araújo e inicia montagem de ‘novo Fla’

O técnico Vanderlei Luxemburgo iniciou nesta terça-feira (28) a montagem do time do Flamengo para o Campeonato Brasileiro. O treinador não fez mistério e abriu a atividade no CT Ninho do Urubu. O volante Márcio Araújo deixou a equipe titular para a entrada do meia Arthur Maia.

O Rubro-negro treinou com a seguinte escalação após a eliminação no Campeonato Carioca e a classificação à terceira fase da Copa do Brasil: Paulo Victor; Pará, Bressan, Wallace e Anderson Pico; Jonas, Canteros e Arthur Maia; Gabriel, Everton e Marcelo Cirino.

A formação será testada no amistoso do próximo sábado contra o Icasa-CE, às 19h30 (de Brasília), no estádio Romeirão. A estreia no Brasileiro acontece frente ao São Paulo, dia 10 de maio, às 16h, inicialmente no Morumbi.

Questionado sobre a mudança no time titular, o técnico Vanderlei Luxemburgo a tratou com naturalidade e deu esperança ao volante Márcio Araújo.

“Isso faz parte do trabalho. Criei uma situação para a equipe que não podia fazer antes. O Márcio Araújo não está fora. Se fosse isso, não teríamos renovado o contrato dele. Todos estão dentro. Precisamos de um grupo para o Campeonato Brasileiro em que todos se sintam importantes”, explicou.

Fonte: Uol

terça-feira, 28 de abril de 2015

Flamengo domina São José do início ao fim e fica a uma vitória da semifinal

Após a derrota por 82 a 76 para o São José no último sábado, no ginásio do Tijuca, o Flamengo evitou o desespero. Acreditou na experiência e na qualidade do próprio time para recuperar a vantagem nas quartas de final do NBB. Na noite desta terça, mostrou porque manteve a confiança. Sem se intimidar com a torcida adversária, que encheu as arquibancadas do ginásio Lineu de Moura, apresentou um basquete melhor do que na última partida e venceu os joseenses por 86 a 68. Desta forma, fez 2 a 1 na série melhor de cinco jogos e está a uma vitória de avançar à semifinal do NBB. 

O Rubro-Negro ficou à frente do placar do início ao fim. O triunfo veio com boas atuações de Olivinha, cestinha da partida com 21 pontos, e Benite, que contribuiu com mais 18. Pelo lado do São José, os destaques foram Caio Torres, com nove pontos e dez rebotes, e Dedé, cestinha da equipe, com 14.
Saiba mais:Confira a programação completa das quartas de final do NBB

As equipes voltam a se encontrar nesta quinta, às 19h30, novamente no Lineu de Moura. Em caso de vitória do Flamengo, a equipe vence o playoff por 3 a 1 e se classifica para a semifinal. O São José faz o jogo de "vida ou morte". Precisa do triunfo para forçar o quinto duelo, a ser disputado no Rio de Janeiro em data e horário a serem definidos.

PRIMEIRO TEMPO
Logo no primeiro ataque, o Flamengo mostrou que estava com as mãos calibradas. Marquinhos, da linha de três pontos, acertou o arremesso e colocou os cariocas à frente. Enquanto o São José desperdiçava as oportunidades que tinha no ataque, os rivais eram precisos ofensivamente. Abriram 9 a 0 no marcador em pouco tempo de jogo. Depois de três minutos, o São José, enfim, converteu a primeira cesta. Jimmy Baxter acertou um arremesso de três pontos. A cesta foi o início da reação. O time empatou a partida e a manteve equilibrada até o fim do primeiro quarto. Os visitantes abriram pequena vantagem e, com uma cesta de Benite do meio da quadra, a dois segundos para o estouro do cronômetro, venceram os primeiros dez minutos por 24 a 18.

A segunda parcial começou assim como a primeira. O Flamengo, que contou com boas atuações de Laprovittola, Marquinhos e Benite no primeiro tempo, fez 8 a 0 na parcial e aumentou a diferença sobre os anfitriões. O São José, cometendo erros na marcação e no ataque, não conseguia reagir. Melhor para o Rubro-Negro, que, seguindo com uma defesa forte e efetivo no ataque, ficou à frente do marcador durante todo o tempo e foi para os vestiários com uma boa vantagem: 47 a 29.


SEGUNDO TEMPO
O equilíbrio ditou o ritmo do terceiro quarto. Com uma marcação melhor, os donos da casa seguraram mais os visitantes. Porém, quando subiam ao ataque, também encontravam uma defesa bem postada e que não dava espaços. Assim, os primeiros minutos da parcial foram de poucas cestas e bastante contato físico. 

Depois de um tempo, as bolas começaram a cair com mais frequência. Destaque para Olivinha, calibrado principalmente para as bolas de três, que anotou 11 pontos no período. O placar final do terceiro quarto prova o equilíbrio (22 a 20 para São José). Mas graças à boa vantagem construída no primeiro tempo, o Flamengo foi para os dez minutos finais bem à frente.

No último período, o Flamengo tinha a missão de segurar a vitória. Para o São José, era tudo ou nada. Enquanto Dedé e Baxter eram os principais pontuadores joseenses no período, os cariocas tinham Olivinha e Felício mais calibrados. Apesar dos joseenses tentarem uma reação, o Rubro-Negro segurou a vantagem, garantiu o segundo triunfo na série e um passo a mais rumo à semifinal do NBB 2014/15.

FICHA DA PARTIDA
Playoffs - Jogo 3 das quartas de final
SÃO JOSÉ: Valtinho (0), Andre Laws (9), Jimmy Baxter (10), Drudi (11) e Caio Torres (9).
Entraram: Betinho (5), Dedé (14), Gustavo (2) e Renan Lenz (8).
Técnico: Luiz Zanon
FLAMENGO: Laprovittola (8), Benite (18), Marquinhos (11), Olivinha (21) e Meyinsse (10).
Entraram: Mingau (0) Felício (6), Gegê (0), Herrmann (4), Marcelinho (8)
Técnico: José Neto

A SÉRIE
23/04 - Flamengo85 x 62 São José - Ginásio do Tijuca Tênis Clube, no Rio
25/04 - Flamengo 76 x 82São José - Ginásio do Tijuca Tênis Clube, no Rio
28/04 - São José 68 x 86 Flamengo - Ginásio Lineu de Moura, em São José dos Campos
30/04 (19h30) - São José x Flamengo - Ginásio Lineu de Moura, em São José dos Campos (SP) - ao vivo no SporTV

* a data de uma possível quinta partida ainda não foi divulgada

Fonte: Globoesporte.com


Conselho Deliberativo do Fla aprova contas de 2014 por unanimidade

O Conselho Deliberativo do Flamengo aprovou, por unanimidade, nesta terça-feira, as contas de 2014 apresentada pela diretoria do clube. A reunião contou com cerca de 170 presentes. O balanço mostra um superávit contábil no exercício de R$ 64 milhões e a estimativa da atual gestão é de que o lucro suba para R$ 105 milhões em 2015. As dívidas do clube, estimadas em R$ 750 milhões em estudo conduzido pela Ernst & Young nos primeiros meses de 2013, hoje somam aproximadamente R$ 525 milhões.

O balanço rubro-negro traz algumas peculiaridades, como uma tabela com todos os percentuais de direitos sobre jogadores que o clube possui. Foi um dos itens incorporados do modelo do Real Madrid, o que foi feito, de acordo com o vice de finanças, Rodrigo Tostes, por sugestão da EY, que também faz auditoria dos balanços financeiros do clube espanhol. 

Em entrevista ao GloboEsporte.com, publicada no último dia 24, Tostes afirmou que o novo quadro das finanças do clube já permite um maior investimento no futebol nesta temporada. A meta da diretoria, que tentará a reeleição no fim do ano, é chegar a 2018 com meio bilhão de receita e uma dívida estabilizada de R$ 200 milhões.

- A gente não vai sair de um time que tinha R$ 750 milhões de dívida para virar o Barcelona, mas a perspectiva é, sim, nesse ano de 2015 e no próximo ter uma consolidação, para ter um crescimento maior em 2017 e 2018. Assim que foi pensado em termos de projeto. A cada ano a torcida pode esperar um time melhor, sim. Mas o passo mais difícil é esse agora. A torcida comprou a ideia de a gente efetivamente arrumar a casa, esse time de 2015 já é melhor, na minha opinião, do que 2013 e 2014 e a crescente vai acontecer. A torcida pode esperar, sim, um time muito melhor do que os anteriores - disse Tostes.

Fonte: Globoesporte.com

Em 10 dias esgotam 12.000 Kits Associados do Flamengo nas Bancas e no site Innovant

Promessa de alavancar os números de associados do mengão!!!!!!

O marketing do Flamengo lançou uma revolução aqui no Brasil, baseando no modelo de sucesso absoluto de adesões do Benfica de Portugal.

O kit está sendo oferecido em diversas bancas de jornal da cidade do Rio de Janeiro. No primeiro lote foram distribuídos 12 mil kits nas bancas, além da venda pelo site da Innovant para quem é de fora do Rio de Janeiro e foram esgotados em 10 dias de campanha. 

Outra forma de associar é entrar no site do Flamengo (https://www.nrnoficial.com.br/)

Uma dica: Se você é de fora do Rio de Janeiro e mesmo assim quer participar de forma mais intensa da vida do clube, torne-se um sócio Off-Rio. Por R$40,00 (mesmo valor do sócio torcedor) você terá direito a voto, 30 dias para usar as dependências do clube e ainda pode ser sócio torcedor Raça de graça. Uma boa pedida! 

Temos também os projetos “Fla em Dia” e “Flamengo da Nação“ com contribuição menores à partir de R$10,00.

Precisamos da ajuda de todos os torcedores rubro-negros, vamos mobilizar e fazer o Flamengo cada mais forte.

De virada, Vitória com Gol Impedido derrota Flamengo e leva vantagem na Copa do Brasil sub-17

Em casa, o Flamengo saiu na frente, mas acabou surpreendido e derrotado, de virada, por 3 a 2 pelo Vitória, no jogo de ida da semifinal da Copa do Brasil sub-17. A partida foi disputada no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda.

Na volta, em Salvador, o time baiano poderá empatar ou perder por 1 a 0 ou 2 a 1 que estará classificado para a final da competição.

O jogo

Com apenas um minuto de jogo, o camisa 10 rubro-negro, Pepê, foi lançado na área pelo lado esquerdo. De canhota, ele emendou para o gol e carimbou a trave do goleiro. O Flamengo era melhor e não tardou a abrir o placar em Volta Redonda.

Aos oito minutos, na entrada da área, Lucas ajeitou e calcanhar para Matheus Iacovelli bater de primeira, no fundo da rede. Flamengo 1 a 0. Sexto gol nele na Copa do Brasil sub-17, da qual é o artilheiro.

A vantagem deixou o time da casa mais à vontade, tentando explorar as falhas na defesa do Vitória. Mas Matheus Iacovelli perdeu duas boas oportunidades.

Com isso, o time baiano tentou crescer no jogo e conseguiu. Aos 38 minutos, Caíque recebeu bola pela direita, avançou e chutou forte. O golerio Gabriel deu rebote e Yan tocou para fazer o seu quinto gol na competição. 1 a 1. E o primeiro tempo terminou empatado.

Na segunda etapa, o Flamengo voltou como no início do jogo: com uma bola na trave. Aos seis minutos, Patrick recebeu na entrada da área, ajeitou a bola e bateu de canhota no canto esquerdo do goleiro. A bola, no entanto, triscou a trave.

Mas ao contrário do primeiro tempo, o Vitória não se postou no campo de defesa. Foi em busca do ataque e acabou premiado aos 16 minutos. Yan, na entrada da grande, área, rolou para Giovanni, na direita. O atacante claramente impedido ajeitou a pelota na perna esquerda, limpou um zagueiro e bateu no contrapé do goleiro Gabriel. Belo gol. Virada baiana. 2 a 1.

O gol desorganizou o Flamengo, que passou a tentar o ataque de forma atabalhoada e, com isso, cedeu espaços. O Vitória, então, não tardou a aproveitar. Com 33 minutos, em escanteio cobrado na área, Rangerson subiu mais do que a defesa rubro-negra e tocou de cabeça para o fundo da rede. 3 a 1.

Com uma derrota deste tamanho, o Flamengo se lançou ao ataque para tentar diminuir o prejuízo. Com 35 minutos, o time conseguiu. Hugo foi à linha de fundo pela direita e cruzou para área, onde o artilheiro Matheus Iacovelli tocou para o fundo da rede. 3 a 2.

Fonte: Espnbrasil

Fla pode ser exemplo de mudança na gestão, diz Bandeira de Mello

Conselho fiscal autônomo, balanços auditados de forma independente e punição para dirigentes por má conduta. Tais práticas de gestão, tão comuns no linguajar corporativo, passaram a fazer parte do dia a dia do Flamengo. À frente do clube rubro-negro desde 2013, Eduardo Bandeira de Mello tem trabalhado para modernizar a gestão do clube.

"Sempre há o risco de dirigentes agirem de maneira irresponsável para conseguir resultado esportivo imediato", afirma Bandeira de Mello.

Além de instituir a Lei de Responsabilidade Fiscal, algo inédito entre os times brasileiros, o Flamengo é a favor das exigências de gestão da MP 671, que visa a refinanciar dívidas de clubes.

Para Bandeira de Mello, o Flamengo, que se reestruturou após ver a dívida do clube bater R$ 750 milhões em 2012 – no último ano antes do início do seu mandato –, pode estimular mais mudanças na gestão no futebol. "Se o Flamengo pôde [implementar práticas de gestão], por que os outros não podem?". Confira a entrevista:

Qual a sua avaliação sobre a MP do Futebol?
É um bom ponto de partida, mas existem pontos que precisam ser aperfeiçoados. O artigo 8.º pode ser totalmente suprimido. Ele interfere na gestão de risco dos clubes, ao exigir que todas as receitas transitem por uma conta única.

Os clubes estão preparados para aderir?
Não tenho a menor dúvida de que os clubes poderão aderir. O Flamengo estava numa situação muito ruim há dois anos e hoje pode dizer, com orgulho, que já cumpre todas as contrapartidas do artigo 4.º da MP 671. Se o Flamengo 
pôde por que os outros não podem?

Qual é a dificuldade de gerir um clube como empresa?
Em clubes como o Flamengo, que têm uma torcida muito grande, sempre há o risco de dirigentes agirem de maneira irresponsável para conseguir resultado esportivo imediato. Isso foi a fonte de todos nossos problemas aqui no clube.

A Lei de Responsabilidade Fiscal resolve essa questão?
Com a mudança estatutária fica muito mais difícil. A lei é boa também para nossa captação de recursos, para reduzir taxa de juros, e para aumentar a segurança de investidores e credores. Empresas, patrocinadores e investidores dão valor para práticas de gestão.

Qual o principal entrave para a modernização da gestão?
Eu entendo que a gestão do futebol tem evoluído de uns tempos para cá. No caso do Rio, se você olhar a Federação de Futebol do Estado (Ferj), você vai chegar à conclusão de que as outras federações são "exemplos" de modernização. A Ferj pratica exemplos do que não se pode fazer, em termos de administração.

É viável economicamente romper com a Ferj?
Seria uma bravata minha falar agora que criaremos uma liga. Estamos estudando a viabilidade jurídica e política dessa alternativa e de outras. O fato é que o Fla não pode se desfiliar por conta de punições previstas no estatuto arcaico da Ferj. Estamos trabalhando por uma saída que garanta o mínimo de modernização, rentabilidade e atratividade ao futebol do Rio.

291 visitas - Fonte: Estadão

Oportunidades de Mercado

O Flamengo segue firme em busca de reforços de peso para complementarem seu plantel, diante disso observamos o mercado em busca de algumas oportunidades que tem sido oferecidas:

 Paolo Guerrero – Corinthians

O Jogador Peruano, ídolo do Corinthians e em seu país, tem até quinta-feira para acertar a renovação do seu contrato. Depois disso estará aberto a ouvir outros clubes. Guerrero maior artilheiro do clube paulista e autor do gol que deu o título mundial em 2012 seria sem dúvidas um grande reforço.

Prós – Atacante matador, experiente, chegaria e assumiria a camisa 9 sem sentir peso. Já jogou em grandes times e atualmente é um dos melhores centroavantes do futebol brasileiro.

 Contras – Jogador já disse que no Brasil só pretende jogar no Corinthians, está pedindo algo em torno de 18 milhões de luvas para a renovação de contrato e tem vários interessados na Europa e Ásia.



Alex – Internacional

Alex é um meia canhoto, que já passou por grandes clubes e seleção, atualmente artilheiro do Inter no ano, mas que não alcançou a titularidade. Está em processo de renovação, seu contrato vai até julho, mas ainda tem entraves que dificultam a sua renovação como tempo de contrato, salário, etc.

Prós – Alex é um jogador experiente, que se encaixaria bem no meio campo do Flamengo. Conclui muito bem e sempre marca seus gols. Seria ainda uma ótima opção nas bolas paradas.

Contras – Não é mais um garoto, tem 33 anos de idade e tem forte identificação com o time colorado. Quer um contrato de longo prazo e tem um salário relativamente alto.



Júlio Baptista – Cruzeiro

“La Bestia” como foi conhecido quando jogava no Sevilla é um meio campo que já jogou em grandes clubes da Europa como Real Madrid, Roma e Arsenal, além de defender a seleção brasileira. Além de ser um jogador habilidoso impressiona por seu porte físico. O cruzeiro já anunciou que não renovará seu contrato que termina em julho.

Prós – Júlio Baptista não sentiria o peso da camisa, chegaria para ser um 2º homem do meio de campo, saindo com qualidade no passe e chegando para concluir. É um jogador polivalente, que jogam em várias posições.

Contras – Vem de uma longa lesão no joelho, que o impediu de jogar esse ano. Seu custo para o Cruzeiro é de aproximadamente 1 milhão de reais por mês, juntando salário e uma dívida com o Málaga.



Jonathan – Inter de Milão

O Lateral de 29 anos já jogou por cruzeiro e santos no Brasil, além de defender a seleção brasileira e atualmente joga pela Internazionale de Milão. Tem contrato acabando em julho e já manifestou o desejo de voltar ao Brasil.

Prós – Jogando em uma posição que atualmente está questionada no Flamengo, Jonathan chegaria para assumir a camisa 2 deixada por Léo Moura. Sempre titular nos clubes por onde passou, se destaca por seu vigor físico.

Contras – Jonathan vem de uma grande lesão, jogou apenas 3 jogos no anos e em seu histórico as lesões sempre o perseguiram.



Diego Ribas – Fenerbahce

Diego fez parte da geração dos Meninos da Vila, junto com Robinho, Onde despontou para o futebol mundial. Jogou em diversos clubes da Europa, como Porto, Juventus, atlético de Madrid, e atualmente estava no Fenerbahce, mas uma dívida do clube o fez rescindir seu contrato.


Prós – É um jogador livre. Só precisa acertar salários. Chegaria e seria o tão sonhado 10. Muito habilidoso, cadencia bem o jogo e seria o cérebro do meio campo rubro-negro.

Contras – Diego pediu 1 milhão de salário, algo inviável para o Flamengo nesse momento. Também já disse que a preferencia para um retorno seria do Santos.



Paulinho – Tottenham

O volante brasileiro, que chegou a seleção brasileira e era o homem de confiança de Scolari atualmente é reserva no Tottenham. Tem mercado no Brasil e vários clubes especulam a sua contratação.

Prós – Volante com ótima saída de bola, tem um forte espírito de liderança. É um jogador que chegaria para ser a base do triângulo no meio campo rubro-negro. Tem experiência e versatilidade.

Contras – Não vive uma boa fase, reserva no Tottenham e perdeu um pouco de prestígio na seleção. Sua contratação envolveria valores, já que o Tottenham não o liberaria de graça.



Oportunidades o mercado oferece, será que conseguiremos aproveitar alguma delas? Vamos torcer para que sim!

 Fonte:Jerônimo Simeão Júnior

Os veteranos, Felipão e Luxa comandam debate na CBF

Durante toda a última segunda-feira, em evento que durou quase sete horas, 17 técnicos de clubes da série A do Campeonato Brasileiro debateram os rumos do futebol nacional no auditório da CBF, na sede da entidade, no Rio de Janeiro. E mesmo com a presença dos anfitriões Dunga e Gilmar Rinaldi, técnico e coordenador da seleção, respectivamente, quem assumiu o comando do encontro inédito que luta por melhorias no esporte foram os veteranos Luiz Felipe Scolari e Vanderlei Luxemburgo.

A mesa principal com Dunga, Gilmar, o secretário-geral da confederação, Walter Feldman, e o presidente da entidade, Marco Polo Del Nero, não “intimidou” os treinadores de Grêmio e Flamengo. Rapidamente, Felipão e Luxa tomaram o protagonismo do debate.

Foi de ambos, por exemplo, a sugestão ao presidente da comissão nacional de arbitragem, Sérgio Corrêa, de que os treinadores tenham mais liberdade para falar com os árbitros.

“Dois técnicos se destacaram, adivinha quem? O Luxemburgo e o cara-de-pau do Felipão, claro. Eles pediram mais liberdade na área técnica. Na verdade, querem apitar mais o jogo”, disse o treinador do Atlético-MG, Levir Culpi, em tom de brincadeira.

“De fato, os dois, até pela experiência, participaram mais, falaram, comandaram um debate que foi muito interessante. Precisamos disso”, relatou o técnico do Fluminense, Ricardo Drubscky.

Destaque do encontro de treinadores, Luxemburgo é cercado pela imprensa na CBF
Luxemburgo e Scolari, inclusive, devem ser as principais vozes de uma comissão a ser criada para se reunir periodicamente com Dunga e Gilmar Rinaldi na CBF.

“A abertura para discutirmos é um avanço. Debatemos sobre tudo e colocamos as reivindicações. Precisamos criar alguns técnicos para representar a associação e requisitar as coisas que desejamos. São importantes mudanças. Se não mudar, não adianta estarmos aqui”, ressaltou o técnico do Flamengo.

Já Felipão, que voltou à CBF pela primeira vez após a derrota histórica para a Alemanha por 7 a 1 na última Copa do Mundo, mostrou que até a decepção no Mundial ajudou no debate de segunda-feira.

“Estou dando a minha contribuição com a experiência, o que vivi e o que pode acontecer no futuro. Muita coisa foi vivida no último Mundial. Aprendemos muito. As melhorias são fundamentais. E quero participar bastante”.

À vontade, Scolari cumprimentou funcionários da CBF, distribuiu sorrisos e passou pelo saguão da sede da confederação abraçado ao técnico Dunga. Claramente, o treinador procurava demonstrar que o trauma pela decepção na Copa havia ficado para trás.

Tite ausente

Quem não participou do debate foi outro técnico apontado como protagonista no cenário nacional. Campeão do mundo pelo Corinthians e considerado por muitos como um dos melhores profissionais em atividade, Tite se ausentou alegando que não poderia desmarcar um treino previamente planejado.

Sem ele, e mesmo com Dunga e Gilmar na área, Luxemburgo e Felipão ficaram livres para assumir os destaques, atrair holofotes e até mesmo aconselhar os mais jovens.
“É sempre bom escutar este pessoal mais experiente”, resumiu o técnico Guto Ferreira, da Ponte Preta.

Fonte: Uol

Por amistoso, Flamengo receberá cerca de R$ 800 mil

Para ir até Juazeiro do Norte, no Ceará, disputar o amistoso diante do Icasa, no sábado, às 19h30, o Flamengo receberá aproximadamente R$ 800 mil. O valor será pago pela empresa Granada Eventos, a mesma que organizou o amistoso do Rubro-Negro diante do Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, em janeiro deste ano.

Os ingressos para o amistoso já estão sendo vendidos. Os bilhetes inteiros, comprados de forma antecipada, para a geral e a social custam R$ 100. Já as cativas, R$ 200. Toda a renda será da organizadora do evento. Os sócios-torcedores dos dois clubes não terão direito à gratuidade.

O valor destinado ao Flamengo pode aumentar, caso o direito de transmissão da partida seja comprado por alguma rede de TV, o que ainda não foi confirmado. Esta negociação é feita diretamente com a empresa organizadora do evento, sem a participação dos clubes.

Fonte: Lancenet

Sob pressão, Fla tenta bater São José fora de casa para recuperar vantagem

Nunca foi tão importante acreditar no velho chavão de que cada jogo tem a sua história, e é nele que o técnico José Neto se apega. Com a derrota por 82 a 76 na segunda partida da série melhor de cinco válida pelas quartas de final do NBB 7, o técnico do Flamengo sabe que seus comandados precisam esquecer o confronto de sábado à noite, no ginásio do Tijuca, e virar a chave. Sob pressão, os rubro-negros querem dar o troco na mesma moeda nesta terça-feira, às 20h, no interior paulista, para recuperarem o mando de quadro e jogar a responsabilidade de volta para o time de São José. O jogo terá cobertura em tempo real do GloboEsporte.com. 

- Todos os jogos de playoff têm sua importância, e cada um tem sua história e suas necessidades. Nessa próxima partida vamos enfrentar uma equipe que vem muito confiante por ter jogado muito bem e nos vencido no Rio. Temos uma equipe experiente e comprometida com a vitória, o que nos ajuda a reparar os erros cometidos na última partida. Termos a chance de vencer para recuperarmos a vantagem na série - explicou o técnico José Neto, que destaca os erros que precisam ser corrigidos no confronto desta terça-feira. 

- Falhamos em como conduzimos o jogo, ofensiva e defensivamente. Não fomos eficientes na hora de atacar e permitimos muitos contra-ataques para São José.

Um dos únicos jogadores do Flamengo a se salvar na fraca atuação da equipe carioca, com 22 pontos, Marquinhos concorda com seu comandante, enumera os erros cometidos e destaca a importância do confronto desta terça-feira, na casa do adversário.  

- É um jogo muito importante para o Flamengo. Precisamos reagir para evitar a pressão de ter que ganhar o quarto jogo. Nossa ideia é fazer uma boa partida, conquistar uma vitória e jogar a pressão para cima deles novamente. Temos de voltar a defender e atacar bem, já que pecamos muito no segundo jogo. Eles conseguiram minar alguns de nossos jogadores, e não tivemos um bom aproveitamento nos arremessos de quadra. Mas estamos muito confiantes e com certeza vamos dar a volta por cima - afirmou o ala e capitão rubro-negro.

Confira todos os jogos das quartas de final do NBB 7
Homenageado na derrota no Rio de Janeiro, Olivinha foi ainda mais crítico e apontou a defesa rubro-negra como principal vilã pelo insucesso em casa. Para o ala-pivô, o jogo desta terça-feira é de vida ou morte para o Flamengo.

- Esse pode ser o jogo chave da série, a equipe que sair vencedora vai dar um grande passo para avançar à próxima fase. Acredito que não fizemos uma boa defesa no sábado, levamos 82 pontos e isso nos prejudicou bastante. Precisamos diminuir a pontuação deles se quisermos sair com uma vitória em São José. Sabemos que vai ser uma missão complicada, mas não impossível - alertou Olivinha.

O alerta se estende ao rival. Mesmo em vantagem na série após o triunfo no Rio de Janeiro, o técnico Luiz Augusto Zanon rechaça qualquer tipo de euforia, destaca a qualidade do Flamengo e adota um discurso de respeito aos cariocas.

- O importante do segundo jogo foi que a equipe teve equilíbrio. É esse equilíbrio que precisamos ter para jogar contra uma equipe tão forte como Flamengo em qualquer lugar. Mas é um playoff melhor de cinco jogos. Nós temos a chance de jogar dois jogos em casa, mas sabemos da dificuldade. Para encarar uma equipe campeã mundial, você tem que jogar no seu ápice e equilibrado. Na hora que tiver a chance de ganhar o jogo, não pode desperdiçar - disse o treinador do São José, que deve iniciar a partida com o mesmo quinteto dos dois jogos no Rio: Valtinho, Andre Laws, Jimmy Baxter, Drudi e Caio Torres.
A entrada para assistir ao confronto no ginásio Lineu de Moura é gratuita. Porém, é recomendado que os torcedores cheguem ao local com antecedência, já que os portões são fechados assim que todos os lugares estiverem ocupados. O ginásio tem capacidade para cerca de 1.500 torcedores.

Fonte: Globoesporte.com

segunda-feira, 27 de abril de 2015

Para o Brasileiro, Flamengo mira Petros e mais dois reforços; barca pode sair nos próximos dias

A diretoria do Flamengo já anunciou a contratação de dois reforços para a disputa do Campeonato Brasileiro. O lateral-esquerdo colombiano Pablo Armero e o meia Almir já estão trabalhando com o elenco, sendo que o segundo até já estreou na vitória de 2 a 0 sobre o Salgueiro-PE que rendeu a classificação para a terceira fase da Copa do Brasil. Agora, porém, os dirigentes estudam nomes para as demais posições consideradas carentes e o técnico Vanderlei Luxemburgo já traçou um perfil para esses atletas.

Vanderlei pediu aos dirigentes jogadores capazes de desempenharem várias funções. A prioridade é um jogador que possa dar maior poder de organização no meio-de-campo. Ciente de que um camisa 10 é raridade no mercado, pelo menos à disposição dos clubes que ainda não têm um, o treinador deu sugestões para a diretoria.

O nome de Petros, hoje reserva no Corinthians, ganha força. O jogador é visto por Vanderlei Luxemburgo como sendo capaz de atuar em várias funções no meio-de-campo, além de ter um bom fôlego. A ideia é que ele possa desempenhar um papel de terceiro homem de meio-de-campo, auxiliando os volantes na marcação e chegando na frente para ajudar na criação de jogadas. Petros tem vínculo com o Corinthians, que não parece disposto a liberá-lo para o Flamengo. Além disso, o jogador é considerado caro para a compra dos direitos federativos, mas os dirigentes flamenguistas pretendem intensificar a negociação nos próximos dias.

Outras duas contratações podem ser concretizadas antes do Campeonato Brasileiro, mas as posições são mantidas em sigilo pela comissão técnica. Isso porque Vanderlei Luxemburgo vem procurando mapear o mercado em busca de opções atraentes a um custo baixo. O treinador tem analisado alguns vídeos de atletas que estão se destacando nos estaduais pelo Brasil e que poderiam chegar como apostas, a um custo baixo e com potencial de se tornarem um negócio bem rentável no futuro. 

Além de contratar, o clube deverá dispensar alguns jogadores que não fazem parte do projeto da comissão técnica e podem ser emprestados ou até mesmo terem o contrato rescindido. A ideia dos dirigentes é reduzir a folha salarial tirando algumas gorduras que possam abrir espaço para a chegada dos reforços pretendidos por Vanderlei Luxemburgo. O lateral-esquerdo Thallyson, contratado junto ao ASA-AL e que nunca conseguiu se firmar, é um dos nomes que deverá integrar a barca flamenguista nos próximos dias. Atletas com idade para serem promovidos das categorias de base mas sem espaço na Gávea também terão outro destino.

Fonte: Espnbrasil.com

Flamengo Sub-17 enfrenta Vitória (BA) na semifinal da Copa do Brasil

Após eliminar o Corinthians nas quartas de final da Copa do Brasil, os comandados do técnico Gilmar Popoca enfrentam o Vitória (BA) pela semifinal da competição. A primeira partida, com mando de campo do Rubro-Negro, acontece nessa terça-feira (28.04), no Raulino de Oliveira, em Volta de Redonda. O jogo de volta está marcado para o dia 5 de maio, na Bahia. O Canal ESPN irá transmitir o primeiro jogo a partir das 19h30.

Além da Copa do Brasil da categoria, a equipe disputa também a Taça Guanabara. Pela primeira fase do torneio, no último sábado (25.04), a equipe venceu o Madureira por 2 x 0, com gols de Maicon e Antônio Carlos. No sábado (02.05), pela quarta rodada, o time juvenil rubro-negro enfrenta o Botafogo, às 11h, na Sede da Gávea.

Fonte: Site Oficial do Flamengo

Ranking Sócio Torcedor 27-04

Conforme gráfico e a tabela acima, as posições não foram alteradas, mas o Palmeiras continua em pleno crescimento de associados. 
Sobre o Flamengo, com a chegada do Campeonato Brasileiro e das compras dos kits associados vendidos em bancas no Rio de Janeiro e no site Innovant para quem é de fora do Rio de Janeiro, acredito que os associados do Flamengo possam depois de alguns dias ganharem algumas posições no ranking geral.

Dayves Leonardo

Flamengo x São José: Mais um desafio rumo às semifinais no NBB7

Após vencer a primeira partida das quartas de final do Novo Basquete Brasil 7 (NBB), contra o São José, o time do Flamengo não teve o mesmo êxito no último sábado (25.04), no ginásio do Tijuca Tênis Clube. Vendo a série de cinco jogos empatar em um a um, após a derrota por 82 a 76, a equipe rubro-negra viajou ao interior paulista onde fará, nesta terça-feira (28.04), sua terceira partida dos playoffs em busca da classificação às semifinais.

Se a derrota em casa não era o resultado esperado, o retrospecto do FlaBasquete jogando em São José dos Campos é bastante positivo. Em 13 partidas em São Paulo, o Orgulho da Nação saiu vitorioso em oito, com grandes atuações em muitas delas. No último confronto entre os dois times na cidade paulista, em dezembro de 2014, os atuais campeões brasileiros venceram com grande vantagem: 94 a 71.

O jogo desta terça-feira (28.04) acontece às 20h, no Ginásio Lineu de Moura. Os rubro-negros que quiserem acompanhar a partida e não conseguirem marcar presença em São José dos Campos podem conferir a transmissão ao vivo pelo site da Liga Nacional de Basquete. Caso seja necessária a quinta e última partida, o confronto entre o Flamengo e equipe paulista acontece no Rio de Janeiro, neste domingo (03.05).

Fonte: Site Oficial do Flamengo

Icasa marca amistoso com o Flamengo no Estádio Romeirão

Se o desembarque do Flamengo no sertão cearense já causou movimentação no Cariri, imagina ver os atletas de tão longe em campo. Próximo a estrear na Série C do Campeonato Brasileiro, Icasa enfrentará o Flamengo em uma partida amistosa no próximo sábado (2), às 19h30, no Estádio Romeirão, em Juazeiro do Norte.

O jogo foi contratado pela MF Granados e servirá às equipes como preparação para o Campeonato Brasileiro. Uma parceira entre os times que pretende viabilizar o empréstimo de jogadores do Flamengo ao Icasa também foi firmado.

O Icasa se prepara para o Campeonato Brasileiro, já que no estadual parou nas semifinais, depois de derrota para o Fortaleza. O Flamengo também ficou nas semifinais do Carioca, eliminado pelo rival Vasco, e se prepara para a Série A do Brasileiro.

Fonte: Globoesporte

Renato Maurício Prado discute ao vivo com colega por Flamengo x Vasco

Comum nas noites de domingo para quem tem TV por assinatura, o programa A Última Palavra, da Fox Sports, apresentado por Renato Maurício Prado já se tornou uma das melhores opções para quem gosta de debates sobre futebol e também de uma boa dose de humor. Na noite deste domingo (26), não foi diferente, tendo também o acréscimo de uma acalorada discussão.

Na segunda parte do programa, o assunto tratado foi o primeiro jogo da final entre Vasco x Botafogo, vencido por 1 a 0 pelo Gigante da Colina com um gol de Rafael Silva, aos 46 minutos do segundo tempo. Contudo, Renato Maurício Prado e Gilmar Ferreira, que acompanhou a partida e comentava os lances do duelo, iniciaram uma forte discussão acerca de supostos favorecimentos da FERJ.

Segundo Renato Maurício Prado, a entidade é uma vergonha e nesse ano vem favorecendo claramente o seu principal aliado, sem citar claramente qual seria. Gilmar Ferreira, irritado com as alegações de seu colega, endossou o discurso, mas ressaltou que vem alertando para esse cenário desde 2007, período em que o Flamengo, de oito competições, vence cinco vezes.

Em seguida, RMP se recompôs e tentou trazer à pauta o assunto que realmente importava: a partida entre Vasco e Botafogo. Ainda irritado, Gilmar Ferreira fez uma breve análise acerca do êxito cruzmaltino e o programa seguiu normalmente com o final do bloco já tendo os dois participantes mais tranquilos.

Fonte: Torcedores.com


domingo, 26 de abril de 2015

Chuteira de Ouro: Com gol, Marcelo Cirino chega aos 20 pontos e empata com rivais e Alecsandro também do Flamengo

                Legenda:
1* - Libertadores e Copa do Brasil
2* - Copa do Nordeste
3* - Estaduais 1 (MG, RJ, RS e SP)
4* - Estaduais 2 (Outros)

Marcelo Cirino empatou com seu companheiro, Alecsandro, no Prêmio Chuteira de Ouro. Contra o Salgueiro, o jogador marcou seu 10° gol do ano e chegou aos 20 pontos.

Cirino empatou com Guerrero, Fred e Ricardo Oliveira, além de Alecsandro. Contanto, com Alecsandro, os números são idênticos, ocupando o 6° lugar pelo critério de desempate.

Os líderes ainda são Leandro Damião e Robert, visto que o primero lugar não tem critério de desempate. Ambos aparecem com 24 pontos. Contudo, Damião marcou 12 gols no ano e Robert 15.

O artilheiro do ano no Brasil ainda é Kiros, com 19 gols pelo Porto de Pernambuco. Todos seus gols foram pelo Campeonato Penambucano.

Fonte: PLACAR