quarta-feira, 31 de maio de 2017

No país da corrupção, STF tira título do Fla e com uma canetada CBF dá 4 títulos para Palmeiras e 6 para o Santos



Uma vergonha este país! Já não basta esta politicagem corrupta que todos nós estamos acompanhando pela televisão, em que somente alguns são presos, outros permanecem soltos e nem sequer são investigados, o futebol dá um outro exemplo de como funciona igualmente na política.


Joseph Blater, Michel Platini, Ricardo Teixeira, Marin, Marco Del Nero, todos envolvidos em escândalos no futebol, tanto que o atual presidente da CBF nem pode sair do país, senão poder ser preso fora do país, onde que nós estamos!

Onde já seu viu, um time que disputou a 2ª divisão em 1987, o STF declarar como legítimo Campeão Brasileiro e o Flamengo que disputou contra todos os grandes da época foi declarado perdedor e não pode mais ser considerado como Campeão em 1987. Só aqui no Brasil mesmo!!

A CBF venceu de novo, perseguindo o Flamengo há muito tempo, de quebra numa canetada em 2013, reconheceu títulos como Roberto Pedrosa como se fosse Brasileirão, dando de bandeja 4 títulos para o Palmeiras do atual presidente da CBF (Marco Del Nero), inclusive é sócio vitalício do Porco e deu também 6 títulos para o Santos. É puro jogo de interesse, o Flamengo é perseguido há muito tempo pela CBF, veja os exemplos do ano passado, em que o Palmeiras foi beneficiado, sem ter uma expulsão em 38 jogos no Brasileirão, o caso da perde de 4 pontos por causa da escalação de André Santos, a proibição de venda de mando de campo, tabela manipulada para prejudicar o Flamengo, arbitragem com diversos erros contra o Flamengo

O Flamengo era líder junto com o São Paulo com 6 títulos Nacionais há uns anos atrás e agora com esta politicagem suja dentro do futebol, o Palmeiras que tinha somente 4 títulos, agora tem 9 títulos e o Santos que tinha 2 , agora tem 8 títulos, é uma palhaçada mesmo!!

Fonte: http://flamengo-noticia.blogspot.com.br/

Minando o Fla! Incomodada, CBF toma decisão que prejudica o Flamengo no Brasileirão, confira:



Além do rigor para a liberação da Arena da Ilha, a CBF não é de hoje que segue perseguindo o Flamengo, com escalação de árbitros com históricos de erros recentes contra o rubro negro, manipulação na tabela, já que o Flamengo só jogará em casa contra clube de outro estado, na 7ª Rodada. Os clubes da Série A aprovaram no conselho técnico com a inclusão de um dispositivo no regulamento do Brasileirão que proíbe os clubes de mandarem jogos fora do estado de origem. A proposta aprovada partiu do Atlético-MG. Segundo dirigentes que participam da reunião, na sede da CBF, não há exceção a essa regra.


O estranho nesta história é que esta prática tem ocorrido há décadas, mas que foi aprovada justamente num momento em que o Flamengo está crescendo, tanto futebolisticamente, como economicamente.

O fato é que o Flamengo está incomodando demais e sempre foi perseguido pela CBF e os seus aliados paulistas, seguem vários exemplos: Brasileiro de 1987 não reconhecido, perda de 4 pontos do caso André Santos em 2013, punições como no ano passado em 3 partidas fora de casa e e dentro de casa no Brasileirão, em situações em que a torcida paulista é que começou a confusão, Campeonato Brasileiro que não teve um penaltizinho sequer e fora os apitos inimigos que rondam no quadro de arbitragem e persistem em prejudicar o Flamengo nos campeonatos e o pior, ajudando o rival, como o Palmeiras que não teve um expulsão em 38 jogos disputados no Brasileiro de 2016.

E o que dizer dos reconhecimentos dos títulos do Roberto Pedrosa na década de 60, dando vários títulos ao Palmeiras e Santos, e tirando a hegemonia do Flamengo como maior detentor de Brasileirões.

Cabe ao Flamengo enfrentar todas as adversidades e jogar um futebol acima dos 100%, pois fora de campo, o Flamengo tem demonstrado que não tem força política.

Fonte: http://flamengo-noticia.blogspot.com.br/

Decepção! Após 8 anos, Ronaldo traíra revela porque não jogou no Flamengo



No programa Aqui com Benja da Fox Sport que foi ao ar no último sábado, o jogador Ronaldo enfim revelou porque não atuou no Flamengo.


Segundo o jogador, no período em que estava treinando no rubro negro, estava a espera do convite oficial para vestir as cores rubro negras. E o convite veio do Corinthians no final de 2008.


Vale lembrar que Ronaldo já jogou no Milan e Inter de Milão (ambos rivais) e Barcelona e Real Madrid (ambos rivais), ou seja nunca jogou com amor a camisa e sim pelos Milhões de dólares.

E aí dá pra acreditar no que Ronaldo disse? Veja o vídeo explicando:
Fonte: http://flamengo-noticia.blogspot.com.br/

Sujeira no Ar! Flamengo exige em Nota Oficial o mesmo critério para outros clubes



Após ter sido vetado de mandar o clássico contra o Botafogo, no próximo domingo pelo Campeonato Brasileiro no estádio da Ilha, o Flamengo emitiu agora a noite mais uma nota oficial.


Dessa vez, a nota explica todo o procedimento adotado pelo Flamengo desde que fez o acordo com a Portuguesa da Ilha até a obtenção de todas as licenças.

– Em novembro de 2016, o Flamengo entrou em acordo com a Associação Atlética Portuguesa para a utilização de seu estádio por um período de três anos, prorrogáveis por mais três. Em janeiro de 2017, após a contratação de empresas de renome no mercado de construção civil e arquitetura, iniciaram-se as obras visando modernizar todas as instalações esportivas, aumentar a segurança para os torcedores e ampliar a capacidade de público para aproximadamente 20 mil pessoas – diz o trecho em que o clube conta o inicio da parceria. Em seguida, o Flamengo fala do problema na tubulação de águas pluviais que rendeu troca de farpas com a diretoria do Botafogo:

– As obras transcorriam normalmente até que os engenheiros responsáveis se depararam com um sério e antigo problema, que se imaginava já ter sido solucionado, em uma tubulação de águas pluviais localizada debaixo da arquibancada do setor Leste, fato que poderia colocar em risco a integridade física e a segurança da torcida. Sob a rigorosa supervisão dos órgãos competentes, o Flamengo realizou toda a obra de transposição do referido canal, que agora passa atrás da arquibancada.

O Flamengo falou ainda dos procedimentos dos últimos dias para poder mandar a primeira partida na Ilha e disse respeitar a decisão da CBF de mandar o jogo para Volta Redonda. – Nos últimos dias, o Flamengo fez o que esteve ao seu alcance para atender o prazo estabelecido pela CBF para a realização do jogo pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. A despeito de todo o esforço, isso não foi possível em função de questões burocráticas inerentes aos procedimentos adotados pelos órgãos públicos responsáveis. Cabe ao Flamengo agora respeitar a decisão da CBF e disputar a partida em Volta Redonda.

Na mesma nota, o Flamengo cobra o mesmo rigor na fiscalização de outras instalações esportivas e eventos. Ainda alfinetou o Botafogo: – O estádio da Ilha de hoje é melhor que o de ontem e o Brasil de amanhã há de ser melhor que o de hoje -, disse o Flamengo no fim da nota.

Confira na íntegra a nota oficial:



O Clube de Regatas do Flamengo obteve nesta quarta-feira (31) todas as aprovações nas instâncias necessárias para mandar seus jogos nos próximos cinco anos e meio no estádio da Ilha do Governador.

Em novembro de 2016, o Flamengo entrou em acordo com a Associação Atlética Portuguesa para a utilização de seu estádio por um período de três anos, prorrogáveis por mais três. Em janeiro de 2017, após a contratação de empresas de renome no mercado de construção civil e arquitetura, iniciaram-se as obras visando modernizar todas as instalações esportivas, aumentar a segurança para os torcedores e ampliar a capacidade de público para aproximadamente 20 mil pessoas.

As obras transcorriam normalmente até que os engenheiros responsáveis se depararam com um sério e antigo problema, que se imaginava já ter sido solucionado, em uma tubulação de águas pluviais localizada debaixo da arquibancada do setor Leste, fato que poderia colocar em risco a integridade física e a segurança da torcida. Sob a rigorosa supervisão dos órgãos competentes, o Flamengo realizou toda a obra de transposição do referido canal, que agora passa atrás da arquibancada.

Em março, começaram as vistorias dos mais diversos órgãos públicos responsáveis pela liberação do estádio para a realização de partidas. O Flamengo seguiu rigorosamente todas as inúmeras determinações destes órgãos a respeito de questões relativas à segurança e ao conforto para torcedores, atletas e profissionais que frequentarão o local. Neste processo, cabe salientar os diversos elogios recebidos pelo Clube, inclusive do Conselho Regional de Engenharia, na condução profissional e criteriosa das obras realizadas.

Nos últimos dias, o Flamengo fez o que esteve ao seu alcance para atender o prazo estabelecido pela CBF para a realização do jogo pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. A despeito de todo o esforço, isso não foi possível em função de questões burocráticas inerentes aos procedimentos adotados pelos órgãos públicos responsáveis. Cabe ao Flamengo agora respeitar a decisão da CBF e disputar a partida em Volta Redonda.

Por fim, o Flamengo gostaria de reiterar que não abrirá mão de suas premissas de ética e austeridade para atingir seus fins. Para o Flamengo, não há preço para o bem-estar dos cidadãos cariocas. Por tudo isso, esperamos que o mesmo rigor aplicado para a aprovação do estádio do Flamengo na Ilha seja regra geral nas instalações esportivas de outros eventos.

O estádio da Ilha de hoje é melhor que o de ontem e o Brasil de amanhã há de ser melhor que o de hoje.

Fonte: Coluna do Flamengo

Chegou a Hora! "House Of Fla": busca rubro-negra por uma casa em 2017 vira saga, mas chega ao fim



Em 2016, com o “empréstimo” do Maracanã para a Rio 2016 e sem um plano B, o Flamengo mandou seus jogos ao redor do país enquanto brigava pelo título do Brasileirão.


As Olimpíadas acabaram, mas imbróglios com a concessionária que administra o estádio e a falta de conservação fizeram com que o Maraca seguisse indisponível.

Para não sofrer o mesmo drama em 2017, ano de Libertadores para o clube, o Rubro-Negro buscou uma solução: alugou o Estádio Luso-Brasileiro, da Portuguesa, na Ilha do Governador, para fazer dele sua casa, a Arena da Ilha.

Deu-se início então à saga “House of Fla”, que terminou nesta quarta-feira, com um final nem tão feliz. Os atrasos nas obras e a burocracia atrasaram em três meses a esperada inauguração do local. O clube, enfim, conseguiu a liberação para atuar no local. Mas antes do tão aguardado OK, o Fla teve de conviver com a frustração de nãopoder estrear a nova casa contra o Botafogo. A partida foi confirmada pela CBF para Volta Redonda, no próximo domingo. Se perdeu na trama? Recapitulamos para você:

S01 EP01 - Episódio piloto

Em novembro do ano passado, o Flamengo anunciou acordo com a Portuguesa para construir uma arena provisória no Estádio Luso-Brasileiro. O local vinha sendo utilizado pelo Botafogo, que não tinha mais interesse em sediar seus jogos lá, com a reabertura do Nilton Santos.

S01 EP02 - Início promissor

Apesar das divergências políticas desde a polêmica transferência de Willian Arão, no fim de novembro o Flamengo procurou, e o Botafogo aceitou conversar sobre o repasse da estrutura que montou na Arena da Ilha.

S01 EP03 - Fim de papo

Porém, os clubes não chegaram a um acordo. O Alvinegro pediu cerca de R$ 3,5 milhões para entregar a Arena toda montada ao Flamengo. O Rubro-Negro recusou a oferta, não apresentou contraproposta, e a negociação foi encerrada. A desmontagem da estrutura utilizada pelo Alvinegro, no entanto, se arrastou, devido a um impasse entre os clubes. Até a Portuguesa entrou na questão.

S01 EP04 - Mãos a obra

Bastou o Botafogo entregar o terreno dia 31 de dezembro, que dia 1º de janeiro o Flamengo assumiu o local e deu início às obras. A previsão inicial para o término da reforma era de 60 dias. Nos bastidores, o Rubro-Negro alimentava esperanças de poder utilizar o estádio na estreia da Libertadores, dia 8 de março, contra o San Lorenzo.

S01 EP05 - Força-tarefa

As obras na Ilha seguiam a todo vapor, mas ciente de que não seria mais possível abrir o local no início de março, o Flamengo fez uma força-tarefa para preparar o até então abandonado Maracanã a tempo para a partida contra o San Lorenzo. O clube gastou R$ 1,7 milhão entre replantio de gramado, recolocação de cadeiras e até pagamento das contas de luz atrasadas do estádio para colocá-lo minimamente em condições de funcionamento. Deu certo: o Fla viu a torcida lotar o Maraca e ainda saiu no lucro com a alta renda, sua maior em um jogo desde 2013, total de R$ 3,7 milhões. No campo, vitória por 4 a 0.

S01 EP06 - Poder de barganha

Mesmo com o sucesso no “plano Maracanã”, o Flamengo pretendia enfim inaugurar a Arena da Ilha na partida seguinte pela Libertadores, contra o Atlético-PR, no dia 12 de abril. Apesar de ter a iminência da abertura do local como poder de barganha nas negociações com a concessionária que administra o Maraca, a diretoria do Fla sabia que, por causa do andamento das obras, o estádio dificilmente teria condições de receber a partida. No fim, novamente o palco escolhido foi o Maracanã.

S01 EP07 - O buraco é mais embaixo

No início de abril descobriu-se a razão da demora para a abertura da Arena da Ilha. Enquanto o clube divulgava fotos internas do estádio e negava dores de cabeça com as obras, imagens aéreas captadas pela imprensa revelaram grandes buracos entre dois setores de arquibancadas. Tratava-se de uma complexa obra de emergência que precisou ser feita para o desvio de uma tubulação de águas pluviais próxima do setor leste, atrasando totalmente o cronograma. Era um problema crônico no local, mas que o Fla não contava inicialmente que precisaria de uma intervenção tão grande.

S01 EP08 - De quem é o filho?

O “buraco” da Ilha reacendeu o embate político entre Flamengo e Botafogo. Um funcionário do Alvinegro, Cadu Moura, brincou no twitter: “Parece que encontraram uma ~craterinha~em um certo estádio em obras no RJ”. O presidente Eduardo Bandeira de Mello disse que o trabalho executado pelo Alvinegro no local não foi de qualidade: “O problema surgiu depois e evidenciou que o trabalho tinha sido mal feito”.

Vice de administração do clube rubro-negro, Rafael Strauch disparou: "Quem é responsável e honesto resolve o problema! Quem é irresponsável e desonesto esconde, não resolve e lida com coisa séria fazendo graça". O mandatário do Botafogo, Carlos Eduardo Pereira, rebateu: "Quem sabe faz, quem não sabe fica por aí chorando".

S01 EP09 - Ameaça francesa ao Maraca

Enquanto o Fla seguia tocando as obras na Ilha, uma trama paralela ganhava força. Sem interesse em continuar administrando o Maracanã, a Odebrecht decidiu vender a concessão do estádio. A única interessada foi a francesa Lagardère. As companhias chegaram a um acordo, mas o Flamengo, não faz negócio com a empresa francesa nem pintada de ouro: "Não merecem a menor confiança", disse Bandeira.O Rubro-Negro fez pressão e, em uma reviravolta, o governo do estado decidiu abrir uma nova licitação.

S01 EP10 - A sessão na Alerj

O Flamengo manifestou interesse de assumir, sozinho, o Maracanã. A proposta não agradou o Fluminense, que visava uma administração em conjunto do estádio. O ápice veio em uma audiência pública para conversar sobre o imbróglio foi marcada na Alerj. Os presidentes de Vasco e Botafogo, Eurico Miranda e CEP, apareceram de surpresa na reunião e criticaram a postura do Rubro-Negro. Teve bate-boca e troca de acusações.

S01 EP11 - Novo prazo para a Arena

Com a partida seguinte em casa pela Libertadores marcada apenas para o dia 3 de maio, contra a Universidad Católica, Bandeira de Mello voltou a mostrar otimismo com a utilização da Arena: “O estádio da Ilha já vai estar pronto, mas ainda vemos o Maracanã como opção. Só vamos saber mais para frente. Enquanto não ocorrer esse acordo que estão falando não tem problema. O Flamengo negocia diretamente com a atual concessionária. Se mudar, e vencer essa empresa que dizem que está concorrendo, aí vamos optar pela Ilha” disse à ESPN Brasil. O tempo passou, a Arena da Ilha não ficou pronta e o Flamengo disputou a partida mais uma vez no Maracanã.

S01 EP12 - Sonho antigo

Enquanto tentava resolver o presente, a diretoria do Flamengo pensava também no futuro a longo prazo. Chegou-se a estudar um terreno na Barra da Tijuca para um novo estádio, mas acabou-se recorrendo ao passado: no sonho de voltar a mandar jogos na Gávea, que sempre esbarrou na prefeitura, pressionada pela Associação de Moradores do Leblon em razão de implicações no trânsito e no barulho. O Rubro-Negro fez um projeto de uma arena acústica no local e, apesar da resistência da associação, o prefeito Marcelo Crivella mostrou-se favorável e assinou um Protocolo de Intenção para a construção do estádio.

S01 EP13 - Mais que apenas laudos

Sem ter conseguido jogar pela Libertadores na Arena da Ilha, o presidente do Fla cravou a inauguração para a partida contra o Atlético-GO, pela Copa do Brasil, dia 10 de maio, para o local: “”Vai ser na Ilha. Estamos aguardando os últimos detalhes burocráticos. Estamos fazendo a obra, e como somos nós que estamos fazendo, sabemos que está tudo certo. Então estamos confiantes que será na Ilha do Governador”, afirmou Bandeira de Mello ao Fox Sports.

O Rubro-Negro, porém, afirmou não ter conseguido todos os laudos (Corpo de Bombeiros, do Gepe e da Vigilância Sanitária) a tempo e, por isso, a partida foi remarcada para o Maracanã. O problema, no entanto, ia além dos laudos. No fim de semana anterior à partida, refletores ainda não haviam sido colocados, muita terra era vista no local e atraso na entrega de materiais impossibilitava o cumprimento do cronograma.

S01 EP14 - Agora vai?

Considerando as obras na Arena da Ilha concluídas, o Flamengo pretendia levar para lá justamente a partida contra o Botafogo, dia 4 de junho, pela 4ª rodada do Campeonato Brasileiro, marcada até então para Volta Redonda, às 11h de domingo. Na sexta-feira, Gepe e Corpo de Bombeiros fizeram vistorias no estádio. Os bombeiros, no entanto, exigiram mudanças nas passarelas de acesso às arquibancadas e não liberou a realização de jogos.

S01 EP15 - Últimos capítulos...

A novela parecia se aproximar de um final feliz. Correndo contra o tempo, o Flamengo recebeu nova visita do Corpo Bombeiros na terça, ainda na esperança de jogar contra o Botafogo na Ilha. Os Bombeiros fizeram novas exigências, mas terminaram aprovando o "novo projeto" de segurança do clube. No entanto, até o fim do dia (limite para a transferência de local), a CBF informou que não havia recebido todos os laudos exigidos.

De última hora, o Rubro-Negro ainda cogitou levar o jogo para o Maracanã. Mas como o Regulamento Geral de Competições da CBF prevê cinco dias de antecedência para "solicitações de alteração de horário e de local da partida (estádio), desde que na mesma cidade", a partida não poderia sair de Volta Redonda.

S01 EP16 - Final quase feliz...

Nesta quarta, o Fla divulgou uma nota informando ter encaminhado para a CBF todos os laudos de segurança. O clube pareceu deixar nas mãos da entidade a decisão de liberar o estádio:

" O Clube de Regatas do Flamengo informa que encaminhou para a CBF todos os laudos de segurança para a liberação do estádio da Ilha do Governador. Assim, informamos que o estádio encontra-se em plenas condições para abrigar qualquer partida, o que acontecerá a qualquer momento, a critério da Confederação Brasileira de Futebol"

Como os documentos foram entregues apenas às 11h50 desta quarta-feira, fora do prazo para alteração do local, a CBF confirmou a partida para Volta Redonda. Mas também anunciou o fim da saga: o estádio está apto para receber partidas.

Portanto, só para reforçar: Flamengo x Botafogo será neste domingo, 4 de junho, às 11h, em Volta Redonda. Combinado? A próxima "temporada", ao que tudo indica, será no dia 14 de junho, quando o Rubro-Negro, enfim, poderá estrear sua nova casa na partida contra a Ponte Preta, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro.

Fonte: GE

Carabao estampa marca nos bancos de reserva do Estádio da Ilha



O Estádio da Ilha ganhou mais uma novidade. Os bancos de reserva da nova casa do Mengão receberam na manhã de hoje (31/05) a marca da Carabao, empresa de energéticos tailandesa e patrocinadora do clube.



No início do projeto, chegou a ser especulado que o logotipo da empresa seria pintado em uma das arquibancadas feitas pelo Fla para o estádio, mas não se confirmou.

Até o momento, apenas os bancos de reserva servem de espaço comercial para um patrocinador do clube. O Flamengo não informa se outras partes do Estádio servirão também de espaço publicitário.

A estreia do rubro-negro carioca na sua nova casa pode acontecer no próximo domingo, no clássico contra o Botafogo. O prazo legal para a definição do local da partida se encerrou ontem, mas o Flamengo ainda tenta na CBF a liberação do estádio para a partida. Caso não ocorra neste domingo, a estreia fica para a partida contra a Ponte Preta, no próximo dia 14.

Fonte: Coluna do Flamengo

Vazou! Éverton Ribeiro já é do Flamengo, segundo Transfermarkt



Segundo o conhecido site de transferência e avaliação de jogadores, Transfermarkt, o meia-atacante Éverton Ribeiro será jogador do Flamengo a partir de 1 de julho de 2017.


No perfil do jogador, que iniciou sua carreira no Corinthians e teve passagem destacada no Cruzeiro, já destaca a nova negociação.


Segundo o site, aparece a transação no valor de 7 milhões de euros, que seria o valor proposto pelo clube árabe por 100% do passe do atleta.

Outra oferta teria sido 5 milhões de euros por 50% do passe do jogador.

O meia tem sido especulado no Flamengo há bastante tempo e a novela parece realmente próxima do fim, especialmente depois de seu time ter sido eliminado da Liga dos Campeões Asiática.

O diretor executivo de futebol do Flamengo, Rodrigo Caetano, está nos Emirados Árabes há mais de uma semana para tentar concluir a negociação e o anúncio oficial por parte do clube pode sair a qualquer momento.

Fonte: Coluna do Flamengo

Olha quem Fala? Fox Sports critica o Flamengo por notícia falsa.



O Estádio da Ilha está cada vez mais próximo de sua estreia oficial, que tem grandes chances de acontecer pro próximo domingo (04), quando o Flamengo enfrentará o Botafogo, pela 4° rodada do campeonato brasileiro.



O Canal Fox Sports criticou o Flamengo por notícia falsa, entenda:

Nos últimos dias, uma mensagem começou a ser veiculada através de redes sociais.

Relacionada aos valores dos ingressos para o clássico, que ainda não teve seu local confirmado, porém, a informação não é verdadeira.

Confira a mensagem:

“Chegou a hora! O Flamengo estreia no Estádio da Ilha em um super clássico contra o Botafogo e quem é sócio-torcedor garante seu lugar antes de todo mundo, com desconto cumulativo com a meia-entrada e usando seu cartão-ingresso direto na catraca para entrar, sem qualquer fila para comprar ingressos. Planos mais altos têm maior prioridade! Se você ainda não é sócio-torcedor, clique aqui para sentir esse orgulho e ter mais Flamengo na hora de ir ao estádio.

:: Horários de abertura de vendas

31/5, 10h – +Paixão
31/5, 20h – Paixão
31/5, 22h – +Amor
1/6, 10h – Amor
1/6, 14h – +Raça
1/6, 22h – Raça
2/6, 20h – Tradição e Visitantes
3/6, 20h – Venda online para o público geral e sócios-torcedores Nação Jr
3/6, 10h – Pontos de venda físicos

:: PREÇOS

– Norte
Público geral: R$120 (R$60 meia)
Sócio-torcedor Tradição: R$90 (R$45 meia) Sócio-torcedor Raça e superiores: R$60 (R$30 meia)

– Sul
Público geral: R$140 (R$70 meia)
Sócio-torcedor Tradição: R$110 (R$55 meia)
Sócio-torcedor Raça e superiores: R$70 (R$35 meia)

– Leste
Público geral: R$200 (R$100 meia)
Sócio-torcedor Tradição: R$150 (R$75 meia)
Sócio-torcedor Raça e superiores: R$100 (R$50 meia)

– Setor Ilha Mais
Público geral: R$395 (R$220 meia)
Sócio-torcedor Tradição: R$315 (R$180 meia)
Sócio-torcedor Raça e superiores: R$225 (R$135 meia)

– Setor Visitante
Público Geral : R$ 250,00 (R$125,00 meia )

Pra cima deles Mengo !!!!!”

Fonte: Coluna do Flamengo

CBF não dá prazo extra ao Flamengo mesmo abrindo brecha a outros clubes



Mesmo após receber toda a documentação necessária, a CBF não liberou o Estádio da Ilha para o clássico de domingo, contra o Botafogo.



A CBF tem perseguido o Flamengo há anos.

Na manhã desta quarta-feira (31) o Flamengo levou até a Entidade os documentos necessários para a realização da partida, porém de acordo com o regulamento da Confederação, isso deveria ter sido feito até ontem (30), o que não aconteceu.

A questão é que em outras ocasiões a CBF abriu uma brecha a outros clube, dando um prazo extra para que estes comunicassem onde iriam mandar seus jogos.

Temos o exemplo do Internacional que conseguiu mais um dia de prazo da CBF para comunicar onde iria mandar seu jogo contra o Cruzeiro, no dia 7 de julho de 2012. O clube aguardava uma decisão da Justiça para saber se poderia utilizar o Beira-Rio ou se teria que buscar uma casa temporária.

A partida entre Vasco e São Paulo, pelas quartas de final da Copa do Brasil, em setembro de 2015 também foi transferida após a data limite. A diretoria do Vasco solicitou a mudança e alegou que seria por motivos de segurança.

No entanto, essa boa vontade da CBF que ocorreu com outros clubes em outras ocasiões, não aconteceu agora com o Fla. Sendo assim, sem a liberação, a estreia do Estádio da Ilha não acontecerá neste domingo contra o Botafogo.

Fonte: Extra

O Flamengo será o mais Europeu dos times Brasileiros?



Zé Ricardo treinador do Flamengo está a menos de um ano no cargo e vem recebendo muitas criticas da torcida. A diretoria não cogita uma troca de comando. Estaria o Flamengo se tornando o mais Europeu dos times Brasileiros?


Entre várias coisas que já sabemos, hoje vou falar para vocês sobre a questão do trabalho do treinador. O calvário que é ser treinador no Brasil. O calvário que é ser treinador do Flamengo.


OK. Time grande vive de resultado, mas aqui no Brasil, não é igual a Europa onde na maior parte dos países apenas dois times se alternam como campeões em seus países. Pode até estar nivelado por baixo, pois a grana europeia esta levando todos os talentos, como o caso de Vinícius Junior.

O torcedor que o Flamengo não gosta de jejum de títulos nacionais, não quer seu time jogando na defesa e quer que tenha em campo 11 Vinicius Junior em campo, inclusive no gol!! Se o time não está alcançando os objetivos (e logo depois de uma humilhante eliminação) é hora de caçar as bruxas e decepar a cabeça do treinador.

Hoje o Clube de Regatas Flamengo é um dos 3 clubes mais ricos do país, mais isso não significa que se pode gastar com toda aquela irresponsabilidade do passado, que só não faliu muitos clubes (inclusive o próprio Flamengo), porque o governo sempre passou a mão na cabeça de dirigentes irresponsáveis.

Não tem nem um ano que o Zé Ricardo assumiu oficialmente o clube e os mais apaixonados só sabem o criticar. Temos um campeonato muito competitivo e ter levado o time do Flamengo ao terceiro lugar no Brasileiro de 2016 foi uma conquista.

Na Europa a média dos técnicos no cargo é de cerca de 12 meses, mas não é raro que nos times maiores, essa média seja ampliada. Na Inglaterra, Arsène Wenger, está a 21 anos no cargo de técnico do Arsenal conquistou “apenas” 3 Champions League, “apenas” 3 Campeonatos Ingleses e o último titulo foi em 2004,  ou seja, 13 anos atrás.

A diretoria está fazendo a sua parte em sanear as finanças. Ter as finanças em dia é importante para uma série de coisas, inclusive para montar um time competitivo. Quanto mais tempo uma equipe joga junto, mas entrosada ela fica e os resultados começam a aparecer.

É desta forma que o Flamengo tenta ser mais próximo dos clubes europeus, é dando credibilidade ao trabalho do treinador e de seu elenco, sabendo que eles terão altos a baixos, que o clube acredita que vai ter a consistência necessária para criar uma nova era de glórias e títulos que ficaram lá nos anos 80.

Ser imediatista é uma cultura brasileira (ou até mesmo Latino Americana), mas no futebol brasileiro o imediatismo criou irresponsabilidades gigantescas que prejudicaram muita gente. O que adianta ter um nome de peso se não há um elenco a altura para servir a este grande atleta?

Futebol é um jogo tático, caso não parecera, e toda equipe tem o seu carregador de piano, o perna de pau necessário e a cada ano um é eleito para ser o alvo. Se isso é correto ou não, não entrarei neste mérito, mas uma coisa é certa, se o profissional se propõe a ser jogador de futebol em uma grande equipe, não pode se abalar com duras críticas de apaixonados torcedores. Tem de se esforçar em campo para que o seu trabalho fique, na medida do possível, mais visível.

Sim, você lembrou que ainda falta o estádio. Certo, mas parece que desta vez, não será apenas conversa fiada e um estádio de médio porte vai sair do papel. A torcida aguarda aciosa por isso.

Fonte: Torcedores.com

terça-feira, 30 de maio de 2017

Enfim, Flamengo encaminha contratação do goleiro Walter



O mercado da bola continua bastante movimentado no futebol brasileiro e as equipes trabalham em busca de reforços. O goleiro Walter, do Corinthians está na mira de várias equipes da série A e já declarou que deseja ser titular em uma grande equipe da série A.


Alvo do São Paulo desde o começo da temporada.


 Walter acertou salários e aguarda um desfecho entre as partes para ser anunciado como novo camisa 1 do Flamengo, o goleiro é um dos pedidos do treinador Zé Ricardo que estaria insatisfeito com o desempenho do atual goleiro titular do clube carioca, Muralha.

O empresário de Walter confirmou as negociações e acredita em um desfecho positivo nos próximos dias.

Fonte: Sportv4

Jornal Chileno afirma que Fla está interessado em Marcelo Díaz



O jornal AS, do Chile, apontou novamente o Flamengo como um dos interessados no futebol do lateral direito/volante Marcelo Díaz, de 30 anos, atualmente no Celta de Vigo.


Segundo o jornal chileno, o Flamengo foi atrás do jogador em 2015 e citou que nem a lesão que o tirou da Copa América fez o rubro-negro recuar.


Ainda de acordo com o AS, o Fla vai atrás do jogador de 30 anos com dinheiro fresco, já que vendeu recentemente o jovem Vinicius Jr por cerca de 160 milhões de reais.

Celta de Vigo pagou 1,8 milhões de reais de euros pelo volante em 2015 e só aceita vender em definitivo para recuperar o investimento que fez há 18 meses.

Marcelo Díaz vem de uma lesão e pouco atua no futebol espanhol. Recentemente ficou fora de partidas contra a Argentine e a Venezuela por conta desta lesão.

Fonte: Coluna do Flamengo

Tabela é manipulada pela CBF para o Flamengo atuar em casa somente na 7ª Rodada do Brasileirão, confira:



Como é que pode, um Campeonato da importância do Brasileirão, ter tantas falhas na elaboração da tabela, ou seria manipulação para frear o Flamengo logo no início da Competição? Onde já seu viu! 


Na 6 primeiras rodadas, o Flamengo só jogará uma partida em casa, justamente na estréia contra o Atlético/MG, vale a pena os torcedores conferirem.


Da 2ª rodada até a 6ª rodada do Brasileirão, o Flamengo não fará um jogo sequer em casa, e a CBF ainda ignorou a documentação da liberação do estádio da Ilha contra o Botafogo (clássico), alegando que os documentos não chegaram a tempo até o fechamento das portas desta 3ª feira. E por isso a partida foi mantida para Volta Redonda.

Está complicado, o Flamengo não pode jogar na Ilha, não pode construir estádio na Gávea, no Maracanã tem pagar aluguel de quase 2 milhões e ainda por cima a CBF proibiu propositalmente clubes de jogarem em outros estados, como o Flamengo fazia muito, tudo uma forma de minar o Flamengo.

Eu sei que no returno, a tabela será invertida e o Flamengo jogará 5 jogos no Rio de Janeiro, mas considero fundamental, começar o Campeonato forte, pois é uma tendência natural, o clube que começar liderando, pegar um embalo, motivação, astral alto, torcedores empolgados, a atmosfera é diferente.

2ª  Rodada: Atlético/GO X Flamengo
3ª  Rodada: Atlético/PR X Flamengo
4ª  Rodada: Flamengo X Botafogo
5ª  Rodada: Sport X Flamengo
6ª  Rodada: Avaí X Flamengo

Enquanto que o Palmeiras do Presidente da CBF Marco Del Nero e sócio vitalício do clube paulista, jogará 4 partidas em São Paulo nas 6 primeiras rodadas.

Fonte: http://flamengo-noticia.blogspot.com.br/

CPI Já! Perseguição da CBF corrupta e sacanagem dos Bombeiros irritam Flamengo.



O Flamengo sofreu um duro golpe nos bastidores nesta terça-feira (30). Após lutar e conseguir a liberação do Corpo de Bombeiros, o clube perdeu o prazo - segundo a CBF - para levar o jogo contra o Botafogo para a Arena da Ilha. Isso porque os documentos só vieram após às 19h, quando a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) já havia encerrado o expediente. Assim, o clássico está mantido para o estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda.



Em contato com a reportagem, a Confederação informou que "até 21h não havia recebido [os laudos] e o jogo está mantido [para Volta Redonda], conforme calendário já anunciado".

Ainda de acordo com a entidade, não foram entregues os laudos de segurança (Polícia Militar) e de Prevenção e Combate a Incêndio e Pânico (Corpo de Bombeiros).

O Flamengo se reuniu com os órgãos competentes durante todo o dia para conseguir todos os laudos necessários. Após isso, por volta das 19h30, teria que enviar os documentos para a CBF. E foi nesse momento que o Rubro-negro não conseguiu fazer valer sua vontade.

Internamente, o Flamengo não esconde seu desconforto com a situação e entende que a CBF não estipula um horário como prazo em seu Regulamento Geral e Competições. O clube ainda não se posicionou oficialmente sobre o caso.

Fonte: Uol

Jefferson e Sassá no Flamengo? PVC vê brecha ao analisar situação contratual dos jogadores no Botafogo



No programa Expediente Futebol da Fox Sports, os comentaristas PVC, Eugênio Leal e o apresentador João Guilherme debateram sobre o mercado de transferência aquecido da semana, com várias especulações veiculadas pelas imprensa.


No Flamengo já se falava do zagueiro Rodolfo, de Everton Ribeiro que já está quase tudo concretizado, só resta fechar alguns detalhes e do atacante Geuvânio, ex Santos.


Mas o assunto que bombou mesmo sobre o Flamengo hoje, foi a notícia de que o Flamengo estaria interessado em 2 jogadores do Botafogo, o goleiro Jefferson e do atacante Sassá, já que ambos ainda não foi procurado pelo Botafogo para renovação de contrato, no vídeo abaixo os comentaristas explicaram as chances do Flamengo contar com estes jogadores após o término do contrato.

Fonte: Fonte:http://flamengo-noticia.blogspot.com.br/

Bombeiros não liberam Arena e irritam diretoria do Flamengo.



Cinco meses após iniciar as obras no Luso-Brasileiro, na Ilha do Governador, o Flamengo ainda não vai inaugurar o estádio em jogos oficiais contra o Botafogo.



Com isso, o clássico contra o Botafogo ainda não tem local definido.

O Corpo de Bombeiros fez novas exigências e está prevista nova vistoria nesta quarta-feira.

O Flamengo tenta viabilizar o Maracanã, apesar dos planos de se afastar do estádio pelos altos custos de aluguel e operação.

Após vistorias do Gepe (Grupamento Especial de Policiamento em Estádios) e dos Bombeiros no fim da semana passada, houve nova vistoria no início desta semana. A série de exigências irritou os dirigentes rubro-negros.

O Flamengo tem contrato por três anos (renováveis por mais três) com a Portuguesa para a utilização do estádio. O Rubro-Negro construiu estrutura novas e deixou o local com as cores do clube. A capacidade é de pouco mais de 20 mil espectadores. No ano passado, ele foi utilizado justamente pelo Botafogo, primeiro rival no novo palco.

Fonte: Globo Esporte

No mercado, Goleiro do Napoli é procurado por vários clubes brasileiros



O mercado da bola continua bastante movimentado no futebol brasileiro e as equipes continuam em busca de reforços para o restante da temporada. O goleiro brasileiro Rafael, do Napoli (ITA) está na mira de um grande clube da série A.


Segundo informações do Portal Fox Futebol, o presidente do São Paulo, Leco deve viajar para Itália nos próximos dias para tentar a contratação do camisa 1 principal sonho do treinador Rogério Ceni para assumir a titularidade do Tricolor Paulista.


O empresário de Rafael confirmou que o goleiro tem proposta de várias equipes e não descarta um possível retorno do goleiro ao futebol brasileiro. O São Paulo deve oferecer algo em torno de R$ 350 mil reais para o jogador.

Fonte: Sportv4

Com Conca e Diego no treino, Fla espera Botafogo mais forte que nos últimos clássicos



Nos dois clássicos que disputou contra o Botafogo nesse ano, o Flamengo saiu vitorioso. Foi assim nos 2 a 1 da Taça Guanabara e depois nos 2 a 0 pelas semifinais do Estadual. Nas duas ocasiões, o time alvinegro poupou alguns titulares, algo que não deverá acontecer no reencontro entre os times, no próximo domingo, às 11h (de Brasília), pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro.


Apesar disso, os flamenguistas querem manter o histórico positivo, mas não esperam nenhuma ligação entre as partidas.


“Com certeza o time do Botafogo vem mais forte para este jogo do que naquela ocasião, pois está mais embalado devido aos bons resultados. O Flamengo sabe que vai encontrar muitas dificuldades, mas estamos nos preparando bem para elas”, disse o zagueiro Rever.

O lateral-esquerdo Renê concorda. “Acredito que cada partida tem uma história completamente diferente e um jogo não tem ligação com o outro. Ali era uma semifinal de Campeonato Carioca e qualquer coisa poderia acontecer. Agora é um jogo de meio de tabela, mas importante porque os três pontos de agora têm o mesmo valor dos três pontos de uma rodada final. Portanto, temos que trabalhar com tudo para superarmos o Botafogo”, disse o defensor.

Fonte: ESPN

Nicola: “Santos não cobre proposta e Geuvânio fica perto do Flamengo”



Éverton Ribeiro não deverá ser o único reforço do Flamengo para o Brasileirão.



O atacante Geuvânio já chegou a um acordo financeiro com o Rubro-Negro e deve ser anunciado em breve.
A oferta do Flamengo ao Tianjin Quanjian, da China, foi de empréstimo do jogador por uma temporada pelo valor de R$ 1,5 milhão. O presidente Eduardo Bandeira de Melo ainda se comprometeu a pagar R$ 600 mil do salário de Geuvânio – o restante continuaria sendo bancado pelos chineses.

O negócio está tão quente que o Tianjin já consultou até o Santos. É que na transferência do atacante para a China, ficou estabelecido que o Peixe teria prioridade para cobrir qualquer oferta de clubes brasileiros em caso de retorno.

Diante dos valores envolvidos, o Santos já declarou que não vai cobrir a proposta flamenguista. Geuvânio tem 25 anos, atua como ponta-esquerda e foi para o outro lado do mundo por indicação de Vanderlei Luxemburgo – o treinador também havia levado o meia Jadson e o atacante Luís Fabiano.

Na primeira temporada na Superliga Chinesa, Geuvânio jogou 29 vezes e marcou nove gols na campanha do acesso do Tianjin à elite. Porém, em 2017, foram só cinco partidas e nenhum gol anotado.

Fonte: Jorge Nicola | Yahoo Esporte

Arregão! Mano Menezes enfim revela porque abandonou no Flamengo



Atual técnico do Cruzeiro, Mano Menezes teve uma passagem nada agradável pelo Flamengo em 2013.



Foram três meses de trabalho e um pedido de demissão que surpreendeu a diretoria.

Na ocasião, Mano disse que  sua filosofia sobre futebol não estava sendo entendida pelos jogadores, mas agora ele abriu o jogo.

"E também fatos que ocorreram depois com o grupo do Flamengo, que apareceram depois em algumas festas, algumas coisas.

Para quem estava atento, viu que era disso que eu estava falando. Porque nós havíamos eliminado o Cruzeiro da Copa do Brasil, um resultado importante, e aconteceram fatos naquela semana que eu achava que não deveriam ter sido comemorados. E alguns jogadores entenderam que poderiam comemorar fora do limite que eu acredito do profissionalismo do futebol", afirmou o treinador.

Uma suposta ingerência de Luiz Eduardo Baptista, vice-presidente de marketing do Flamengo na ocasião, também minou o técnico na Gávea: 

"Uma pessoa dentro do clube quis decidir para quem eu daria e para quem eu não daria entrevista. Foi o Bap. Eu tinha marcado duas entrevistas com dois colegas de vocês (jornalistas) e, quando essa pessoa do Flamengo descobriu, ele não queria permitir. E aí eu tive um desgaste para mostrar para ele que eu estava treinador do Flamengo, mas que o Flamengo não ia decidir minha vida profissional em todos os aspectos. Mesmo assim, fiz as duas entrevistas, e ele, internamente, considerou aquilo uma traição", concluiu.

Já sem Mano Menezes comandando o time, o Flamengo sagrou-se campeão da Copa do Brasl de 2013 sob a batuta de Jayme de Almeida. Na final, vitória sobre o Atlético-PR por 2 a 0 no Maracanã.

Fonte: O Dia

segunda-feira, 29 de maio de 2017

Veja como o Flamengo pode ser montado com Everton Ribeiro, Diego e Conca: “Seria lindo”



Everton Ribeiro está cada vez mais perto do Flamengo, e os comentaristas do Programa A Última Palavra já começaram as análises de possíveis formações da equipe com o jogador.



O técnico Zé Ricardo teria como principais nomes para o meio de campo Diego, Conca e Everton Ribeiro.

Apesar da qualidade dos atletas, nem Edmundo, nem Zinho, nem PVC acham provável que o treinador aposte na formação dos três juntos em campo e apostam em Éverton no lugar de Conca. No entanto, o ex-Palmeiras e Vasco ressaltou que se trata de uma “dor de cabeça boa”.

“Acho pouco provável, porque o Flamengo ficaria sem velocidade pelo lado do campo. Acho que o Éverton goza de bastante prestígio com o treinador. Em uma primeira formação, ele [Éverton] vai jogar com Diego e Éverton Ribeiro. No papel seria lindo Diego, Conca e Éverton Ribeiro, mas muito do mesmo”, analisou Edmundo, que ressaltou a importância de Diego para equipe.

Zinho concordou com a posição, falou sobre Conca e afirmou gostar muito do Éverton: “Eu não colocaria os três juntos. São belíssimos jogadores, mas eu não sei como vai ser a volta do Conca. Ele vai ter que pegar ritmo. Com a dinâmica que o jogo exige e a colaboração na parte defensiva, acho improvável que comece assim”.

PVC destacou a forma de jogar de Éverton Ribeiro no Cruzeiro e concordou com Zinho: “Ele jogava pelo lado direito com Ricardo Goulart mais solto. Então, acredito que seria ele pelo lado direito, Diego por dentro e Éverton na esquerda. Se o Conca pedir passagem, problema bom”.

Fonte: Fox Sports

Conselho aprova por maioria mudanças no escudo do Flamengo



O Conselho Deliberativo do Flamengo aprovou na noite desta segunda por maioria absoluta, as alterações nos escudos do Clube.


Segundo Conselheiros presentes na reunião, as mudanças no escudo do futebol, são pequenas, mas no escudo do Remo são mais visíveis.


A ideia partiu do Vice-Presidente de Comunicação, Antonio Tabet que fez a apresentação aos Conselheiros.  – Na verdade, é um trabalho muito mais de padronização e modernização para estabelecer um manual de identidade do que uma mudança significativa -, disse Tabet.

Ainda segundo o dirigente, a ideia é criar um manual de uso do escudo – Queremos fazer um manual de uso do escudo porque, como acontece com toda grande marca, precisa ser aplicada de maneira uniforme no clube e por parceiros.

As mudanças entram em vigor a partir de 2018 nos uniformes do clube.

Fonte: Coluna do Flamengo

Flamengo ‘dá troco’ e emperra negociação com o Vitória por Cuéllar



Diferentemente da semana passada, o sentimento no Barradão não é tão otimista em relação ao acordo entre Flamengo, Vitória e Cuéllar.



Interessado no volante gringo, o Leão esbarra em valores altos pedidos pelo Rubro-Negro do Rio para conseguir o empréstimo.
Em contato com o Esporte Interativo na última semana, o diretor de futebol dos baianos, Sinval Vieira, chegou a colocar o negócio como “encaminhado, faltando o “sim” do empresário do atleta para colocar no papel. O agente do gringo, Alex Viveros, confirmou a negociação, mas nada de acordo: Cuéllar pode, inclusive, deixar o país.

De oficial, no entanto, somente as conversas com o Rubro-Negro baiano, que tem como empecilho um fracasso recente do futebol da Gávea: Marinho. No Barradão, há quem diga que o jogo duro na época repercute agora.

“Sobre o interesse do Vitória no Cuéllar, ainda não chegou a mim pela direção. Todo o atleta que estiver no elenco vai ser utilizado de acordo com a necessidade”, disse o técnico do Flamengo, Zé Ricardo, depois de lançar Cuéllar como titular no último domingo (28), diante do Atlético-PR.

Fonte: Esporte Interativo

Incrível! Flamengo ganhou 22,2 mil Sócio-Torcedores em 2017, superando até a Chapecoense



Os clubes do Rio de Janeiro, enfim, reagiram e garantiram bons números com seus programas de sócio-torcedor em 2017.


Tanto que Flamengo e Botafogo estão entre os três times que registraram maior crescimento na temporada.

O Rubro-Negro é o primeiro, com 22.234 associados novos, seguido pela Chapecoense com 19.045 e pelo Botafogo com 15.770.

A melhora nos números da Chapecoense tem a ver com a campanha nacional, que conta com torcedores de vários outros times, após a tragédia aérea que vitimou quase todo o time e a delegação na Colômbia, em novembro passado. Já a evolução de Flamengo e Botafogo tem a ver com a fixação dos jogos no Rio de Janeiro e a presença de ambos na Libertadores da América.

Depois dos três, os demais clubes brasileiros tiveram acréscimo bem menos significativo. O Atlético-MG conseguiu 6.377 sócios, contra 3.414 do Grêmio, 3.316 do Vasco e 2.764 do São Paulo.

A última atualização do ranking nacional manteve o Palmeiras na ponta com 122.778, seguido por Grêmio (116.605), São Paulo (114.123), Internacional (112.756), Corinthians (107.382), Flamengo (97.728), Atlético-MG (77.170) e Cruzeiro (53.202). O Botafogo é o 11º colocado (29.289), enquanto a Chape aparece em 13º (24.113).

Fonte: Jorge Nicola

Audiência: Flamengo impõe recorde e Corinthians decepciona.



O empate entre Atlético-PR e Flamengo rendeu boa audiência à TV Globo no domingo (dia 28). De acordo com medição do Kantar Ibope, a partida, válida pela terceira rodada do Brasileirão, teve média de 28 pontos, com participação de 49% sobre o número de TVs ligadas.



Cada ponto no Ibope equivale a 70,5 mil residências (ou 199,3 mil pessoas) na Grande São Paulo. No Rio de Janeiro e região metropolitana, cada ponto é igual a 44 mil residências (ou 116,9 mil telespectadores).

Foi a maior média da emissora para o Rio de Janeiro nesta edição do Campeonato Brasileiro.

O índice ficou 3 pontos acima da média desses jogos, que é de 25 pontos.

Em São Paulo, apesar de ter chegado à liderança do Brasileirão com o triunfo sobre o Atlético-GO, o Corinthians não empolgou o público e a partida ficou com audiência mediana: 22 pontos. O share (participação sobre o número de TVs ligadas) foi de 39%.

Fonte: Máquina do Esporte

Fla negocia o retorno de Júlio César, afirma jornal Português



O jornal Notícia ao Minuto, de Portugal, publicou uma matéria nesta segunda-feira informando que o Flamengo está negociando com o Benfica o retorno do goleiro Júlio César.


O site informa que as partes estão conversando e que o Flamengo já elaborou uma proposta para o goleiro.

Júlio virá de férias ao Brasil em junho, após o término da temporada europeia. Ele está no Benfica desde 2014 e foi titular por várias vezes, mas perdeu a posição, após se lesionar, para o também brasileiro Ederson e agora é reserva da equipe. Mesmo no banco e sem jogar tantos jogos, a boa vida que a família do goleiro tem vivendo em Lisboa pode pesar contra sua vinda ao Flamengo.

A torcida do Flamengo vem pedindo a volta do goleiro revelado no clube por conta da má fase que vive o atual titular Alex Muralha. Hoje, Muralha tem como reserva imediato o goleiro Thiago, de apenas 20 anos. Muitos julgam que um goleiro com mais experiência, como o Júlio, crie uma briga pela posição.

Fonte: Coluna do Flamengo

Especulado no Flamengo, atacante do Chelsea estaria em lista de dispensa



O brasileiro Kenedy deve deixar o Chelsea na janela de transferências que será aberta no próximo mês. Segundo divulgou nesta segunda-feira (29 de maio) o jornal britânico Telegraph, o atacante de 21 anos está em uma lista com outros oito jogadores que os Blues pretendem negociar.


Kenedy quase não foi aproveitado neste ano pelo time londrino, tendo disputado apenas duas partidas na temporada.


Além dele, o diário afirma que Asmir Begovic, Nemanja Matic, Cesc Fàbregas, Michy Batshuayi, Nathan Aké, Kurt Zouma, Ruben Loftus-Cheek, e Ola Aina podem deixar a equipe.

Em janeiro deste ano, o brasileiro retornou ao Chelsea de empréstimo do Watford e foi ligado pela imprensa inglesa a um possível empréstimo para o Flamengo. Revelado nas categorias de base do Fluminense, ele chegaria para ser o jogador de velocidade que o clube buscava para a disputa da Conmebol Libertadores Bridgestone. No fim, o colombiano Orlando Berrío foi contratado junto ao Atlético Nacional.

Fonte: Fox Sports

Site faz contagem regressiva para Márcio Araújo no Flamengo.



A lua de mel entre Márcio Araújo e a torcida do Flamengo já parece ter chegado ao fim, e o atleta que vinha sendo muito elogiado, já voltou a ser duramente criticado por uma parte da massa rubro-negra.


O camisa 8 rubro-negro, que é contestado desde que chegou à Gávea.


Parecia ter conquistado duma vez a torcida, fazendo boas apresentações no setor defensivo, sendo comparado até mesmo a Kanté, volante do Chelsea, eleito melhor jogador do campeonato inglês.

Viralizou nas redes sociais um site criado por internautas (http://foramarcioaraujoo.wixsite.com/foramarcioaraujo), que faz a contagem regressiva para o fim do contrato do atleta com o Flamengo.

A insatisfação dos torcedores veio à tona após a pífia apresentação do Flamengo ante ao Atlético-GO, na Copa do Brasil, que mesmo com o Fla saindo vencedor por 2×1, a atuação do time não agradou nada e neste domingo no empate contra o Atlético/PR em 1 x 1.

Fonte: Coluna do Flamengo