quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Para buscar títulos, Zé Ricardo quer reforços pontuais, além da manutenção da base, confira:



A temporada do Flamengo vai se encerrando com a conquista da vaga para próxima Copa Libertadores. O técnico Zé Ricardo mira títulos em 2017, para isso, o comandante rubro-negro aposta na manutenção do elenco atual, com a contratação de alguns reforços.

– O Flamengo tem uma base muito forte, jogadores de qualidade, que nos permitiram brigar pelo título até o final, ficamos com um gostinho de que poderíamos ter chegado um pouco mais longe, sem querer desmerecer ninguém. Portanto, essa manutenção da base, com a chegada de alguns reforços, vai ser muito importante para que a gente possa colher bons frutos em dois mil e dezessete – disse o treinador para ESPN.



Com a vaga na fase de grupos da Libertadores garantida, o Flamengo deve intensificar o planejamento para 2017, que não deverá contar apenas com novos reforços. A diretoria pretende dar oportunidades para alguns jovens valores e não descarta aceitar boas propostas por alguns titulares. 

Os dirigentes pretendem priorizar a contratação de jogadores de “ponta”, dando mais oportunidades para os jovens atletas, como Léo Duarte, Ronaldo, Paquetá, Thiago Santos e Felipe Vizeu. Neste sentido, alguns nomes já estão em negociação. 

Fonte: Torcedores.com

Drama! Chances do Tetra rebaixamento do Vasco aumentam com imunidade da Chapecoense por 3 anos



A notícia preocupa demais os torcedores vascaínos, já que o formato de pontos corridos não tem sido o ponto forte do Vasco, que em 8 anos, teve 3 rebaixamentos para 2ª divisão (2008, 2013, 2015). O Vasco retornará para 1ª divisão em 2017, mas imagina agora, com a possibilidade do clube ser rebaixado mesmo posicionado na 16ª colocação?


A CBF vai oficializar em breve e anunciar que a Chapecoense está garantida na Série A até 2020. O regulamento para os próximos 3 anos será alterado. Desde 2015 os clubes têm autonomia para tomarem as decisões sobre o campeonato e a maioria dos clubes da série A sugeriram a mudança.

Marco Polo Del Nero já aceitou e até o fim da semana deverá providenciar as mudanças com o corpo jurídico.

A imunidade que será concedida para a Chapecoense para 2017, 2018 e 2019.

Se a Chapecoense ficar entre os 4 últimos nos próximos 3 anos o décimo sexto colocado será automaticamente rebaixado e a Chape mantida na primeira divisão.

Fonte: http://flamengo-noticia.blogspot.com.br/

Oficial! Diretor do Fla confirma mudança de planos para temporada 2017



Após o adiamento da rodada do Campeonato Brasileiro por conta do acidente que levava o time da Chapecoense para Colômbia, as férias dos jogadores do Flamengo também foram adiadas. Consequentemente, a reapresentação do elenco no próximo ano sofreu alterações, impossibilitando a participação rubro-negra na Flórida Cup.


O Diretor Geral do Flamengo (CEO), Fred Luz, confirmou, em entrevista para Rádio Bradesco Esportes do Rio de Janeiro, a mudança da pré-temporada do Fla.


– Diante da mudança do calendário, a participação do Flamengo na Flórida Cup se tornou inviável. Não teríamos tempo para realizar a pré temporada como planejado, e logo também iria afetar o Campeonato Carioca. Nossa intenção é usar a pré temporada no CT do Ninho do Urubu.

O Rubro-negro já vinha fazendo divulgações sobre o torneio nos Estados Unidos, inclusive com vídeos de jogadores e famosos convidando os torcedores para assistir o Flamengo. 

Em 2017, além do Fla, Atlético-MG, Corinthians, Internacional, São Paulo e Vasco confirmaram presença na disputa do torneio. Inclusive, pacotes já estavam à venda com dois meses de antecedência.

O Flamengo, junto com Atlético-MG, representaria o Brasil no “Desafio das Nações – FC Challenge”, A disputa seria contra os alemães do Bayer Leverkusen e Wolfsburg, Tampa Bay Rowdies, dos Estados Unidos e Estudiantes, da Argentina.

Fonte: Torcedores.com

Corinthians encaminha proposta para Leandro Damião



O mercado da bola continua bastante movimentado no futebol Brasileiro e as grandes equipes continuam em busca de reforços para próxima temporada. O atacante Leandro Damião que atua pelo Flamengo pode ter um novo destino na próxima temporada, o atacante que tem seus direitos pertencentes ao Santos interessa ao Corinthians.


Segundo informações do Portal Fox Futebol, um representante do Corinthians se reuniu com a diretoria do Santos e mostrou-se interesse em contratar Leandro Damião. O empresário do jogador confirmou que existem propostas de outros clubes, porém a preferência do atacante é renovar contrato com o Flamengo que já demonstrou interesse em ficar com o artilheiro.


Fonte: Sportv4

Após "Cheirinho é o meu Piru" e agressão em árbitro, Dudu volta provocar Flamengo



O espírito de provocação entre os grandes clubes brasileiros nunca foi tão forte e volta a cena após o título brasileiro do Palmeiras, confirmado no último domingo, quando o Verdão venceu a Chapecoense em casa. Ainda comemorando a conquista, o atacante Dudu fez questão de publicar uma foto no Instagram provocando a torcida do Flamengo.


O camisa 7, vice-artilheiro da equipe no Brasileirão, relembrou o 'cheirinho de hepta', tão falado pelos torcedores rubro-negros enquanto o Fla ainda tinha chances de sagrar-se heptacampeão brasileiro. A camisa utilizada por Dudu e Rafael Marques, também presente na foto, traz a inscrição 'Não deu nem pro cheiro'.


A imagem teve 30,7 mil curtidas no Instagram do jogador, mas também gerou revolta em alguns flamenguistas que responderam a Dudu lembrando que o Flamengo nunca foi rebaixado para a segunda divisão nacional. Outros afirmavam que o Rubro-Negro é tão grande, que mesmo quando outros clube são campeões, acaba sendo o foco.

Vale lembra que no trio elétrico no domingo passado, Dudu desrespeitou o Flamengo em dizer "Cheirinho é o meu Piru!, típico de jogador desiquilibrado que até agride árbitro em partida de futebol como no Paulistão contra o Santos, veja:


Após tragédia e adiamentos, Flamengo deve cancelar participação na Florida Cup



Com o adiamento da última rodada do Campeonato Brasileiro, em virtude da tragédia envolvendo o time da Chapecoense e jornalistas, o Flamengo estuda cancelar a participação na Florida Cup, torneio internacional disputado nos Estados Unidos de oito a 21 de janeiro. O clube faria apenas a pré-temporada no Rio, em seu Centro de Treinamento, que será inaugurado em dezembro.


Depois do último jogo do ano, contra o Atlético-PR, no dia 11 de dezembro, os atletas tiram férias a partir do dia seguinte e se reapresentam dia 12 de janeiro. A obrigação de 30 dias de férias impede a reapresentação antecipada para disputar o torneio amistoso.

- As férias começarão no dia 12, e vão se estender até o dia 12 de janeiro, atrasa o início da pré-temporada, que teremos que administrar as consequências. Alguns atletas também terão logística das férias alteradas - afirmou o presidente Eduardo Bandeira de Mello.

O Flamengo enfrentaria exatamente no dia 12 de janeiro o Wolfsburg, da Alemanha, e no dia 15 o Estudiantes da Argentina. Essa seria a primeira vez do Flamengo no torneio que foi criado em 2015. Há dois anos, Corinthians e Fluminense foram os representantes brasileiros. Já em 2016, Internacional e Atlético-MG - que levou o título -, viajaram aos Estados Unidos para a disputa.

Fonte: Extra

terça-feira, 29 de novembro de 2016

Após renovar com Juan, Fla pode perder outro zagueiro



O Flamengo alega que ainda não tem proposta por nenhum de seus atletas, mas é questão de tempo para o clube ter a opção de obter receitas com negociações. Além de Jorge, promessa da base e cotado na Europa, a diretoria pode aceitar oportunidades lucrativas com peças como o zagueiro Rafael Vaz.


Com vínculo até o fim de 2018, o jogador fez uma boa temporada e é um dos que estão valorizados. Representantes do atleta avaliam consultas do exterior e podem levar ao Flamengo, em breve, alguma proposta irrecusável. Além de 100 dos direitos de Vaz, o clube ainda tem bônus em uma venda.


Com a defesa formada — mesmo que aos trancos e barrancos em 2016 —, o Flamengo tem cinco jogadores para a posição. Se perder Vaz, daria mais chances ao jovem Léo Duarte ou contrataria um zagueiro veloz.

O clube busca junto ao Inter a ampliação do contrato de Réver e espera que o argentino Donatti se firme entre os titulares. Assim, Vaz terá cumprido bem seu papel em campo e fora dele.

Fonte: Extra Globo

Flamengo relembra ex-jogadores mortos em voo da Chapecoense.



O Brasil acordou em luto com a notícia de um acidente aéreo envolvendo 81 pessoas em um voo na Colômbia que levava elenco e comissão técnica da Chapecoense, finalista da Copa Sul-Americana, além de diversos jornalistas, alguns ligados ao dia a dia do Flamengo. A viagem ao primeiro jogo da tão aguardada decisão do troféu foi interrompida por uma tragédia que abalou a todos. O Rubro-Negro presta condolências e deseja força para as famílias afetadas, em especial do técnico Caio Junior e dos atletas Arthur Maia, Cleber Santana e Marcelo e do ex-atleta e comentarista Mário Sérgio, que já defenderam o Manto Sagrado.


O meia Arthur Maia, que ganhou o nome em homenagem a Zico, realizou um sonho de infância ao chegar na Gávea. O jogador, então com 22 anos, veio emprestado pelo Vitória e jogou pelo Mais Querido por sete meses, saindo em julho de 2015. Em 22 jogos em campo com o Manto, o alagoano marcou dois gols e viu seu time do coração vencer 12 vezes, empatar cinco e perder apenas cinco.


Também meia, o pernambucano Cleber Santana defendeu o Flamengo em 2012 e 2013. Vestiu o Manto em 23 jogos e também viu poucas derrotas do Rubro-Negro: foram 12 triunfos, oito empates e apenas três resultados negativos. Em sua passagem, o meia marcou quatro gols pelo clube. Na Europa, defendeu Atlético de Madri e Mallorca.

Mineiro de Juiz de Fora, o zagueiro Marcelo se destacou pelo Volta Redonda em 2014 e foi contratado pelo Flamengo naquele ano. Ficou até o final de 2015, acumulando 34 jogos e um gol.

O técnico e ex-atleta Caio Junior, Luis Carlos Saroli, paranaense de Cascavel, comandou o clube na temporada de 2008 e se destacou no cenário do futebol nacional ao classificar a equipe do Paraná para sua primeira Libertadores da América, dois anos antes.

Ex-atleta, treinador e até então comentarista do canal FOX Sports, Mário Sérgio, um dos maiores ídolos do Vitória e um dos melhores jogadores do futebol brasileiro, começou a carreira nos gramados no Flamengo, de 1969 a 1971, depois de ser atleta de futsal no Fluminense. Sua personalidade forte e estilo descontraído causaram atrito com o rígido técnico Yustrich, o que resultou em sua transferência para o clube rubro-negro baiano. Ele tem três gols em 12 partidas com o Manto.

Fonte: Site Oficial do Flamengo

Marinho, Rubro-Negro!!!



Quem viu o jogo de 2ª feira entre Coritiba e Vitória? Quem viu o gol de Marinho?


Quem não viu, pode não ter perdido um supra sumo de jogo, mas perdeu um dos mais lindos gols deste campeonato. Não é de hoje, e todos aqui são testemunhas, que há muito tempo venho chamando a atenção da nossa família rubro-negra para este atacante do Vitória.

Vivo fosse, João Saldanha estaria absolutamente encantado com o futebol de Marinho, pois é o “abusado com talento”.

Não sei quem vai eleger a seleção deste campeonato, mas se lá não estiver Marinho, é sacanagem ou, absoluta falta de conhecimento de causa. Que jogador!!!

E ATENÇÃO!!! Ninguém me disse nada, mas alguma coisa me diz que uma coisa é certa. Marinho, em 2017, jogará com o uniforme vermelho e preto. Intuição e quase certeza.

Quem viver, verá

Fonte: Blog Kleber Leite

Flamengo pode usar César como substituto de Paulo Victor em 2017



Com a vaga na Copa Libertadores assegurada, o Flamengo estuda a situação de seu elenco para a próxima temporada. O clube deve perder o goleiro Paulo Victor, que não aceita a condição de reserva de Alex Muralha, que se tornou titular absoluto principalmente por estar integrando a lista de convocados da Seleção Brasileira. O clube estuda ir ao mercado em busca de algum nome de peso, porém, tudo indica que a vaga será preenchida por um velho conhecido da torcida: César, que está emprestado até dezembro, quando retorno de um período pouco utilizado na Ponte Preta.


O Flamengo chegou a sondar o paraguaio Gatito Fernández, que se destacou pelo Figueirense no Campeonato Brasileiro. O Botafogo, porém, agiu rapidamente e acertou com o jogador. Sendo assim, as poucas opções no mercado não agradam a comissão técnica. Porém, não há ainda uma certeza de que o clube não seguirá no mercado, pois o técnico Zé Ricardo manifestou preocupação com a ausência de Muralha nos períodos de jogos da Seleção Brasileira.

Com o Flamengo brigando em várias frentes na próxima temporada, é possível que o clube não se contente apenas com Alex Muralha e César. Porém, a busca por um goleiro não é tarefa considerada tranquila e nem mesmo uma prioridade, já que outras posições são tidas como carentes.

Nesta quarta-feira o elenco do Flamengo volta a treinar na parte da tarde, se preparando para o duelo contra o Atlético-PR pela última rodada do Campeonato Brasileiro, que foi adiada para o fim de semana de 10 e 11 de dezembro por conta do acidente aéreo que envolveu a delegação da Chapecoense na viagem do clube para a decisão da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional, da Colômbia.

Juan renova – A diretoria do Flamengo confirmou a renovação de contrato do zagueiro Juan por mais um ano. O jogador de 37 anos tinha vínculo somente até o fim de 2016, mas ficará no clube até dezembro de 2017.

Apesar de não suportar mais o ritmo de jogos do calendário do futebol brasileiro, o zagueiro tem condições de ser usado em pelo menos um jogo por semana. Além disso, a tendência é que participe de uma sequência diferenciada de treinos.

“Trata-se de um jogador muito importante para o Flamengo, de grande experiência, que disputou Libertadores pelo Internacional. Tem grande identificação com o Flamengo e conta com todo o nosso respeito”, disse Flávio Godinho, vice-presidente de futebol do Flamengo.

Outros jogadores com contrato chegando ao fim deverão ter a situação analisada pela diretoria. Alguns dificilmente permanecerão. Caso, por exemplo, do atacante Emerson Sheik, que foi pouco utilizado no Brasileirão.

Fonte: Gazeta Esportiva

Thiago do Bayer Munich reafirma desejo de jogar no Flamengo.



Ele é filho do tetracampeão Mazinho, é irmão de Thiago Alcântara, a joia espanhola que Pep Guardiola levou para o Bayern de Munique, e é o outro brasileiro do atual elenco do Barcelona, em que Neymar é um dos astros. Mas o meio-campista Rafinha está se tornando muito mais do que isso. Olhe os números.


Ele foi titular em seis partidas da equipe. Pode ser pouco, mas o que o Barça fez em campo quando ele estava por lá chamou a atenção. Rafinha marcou cinco vezes. O time fez 18 gols, média de três por jogo. E só perdeu uma partida, uma derrota maluca por 4 a 3 para o Celta que ninguém entendeu muito bem como aconteceu.

Ele foi titular em seis partidas da equipe. Pode ser pouco, mas o que o Barça fez em campo quando ele estava por lá chamou a atenção. Rafinha marcou cinco vezes. O time fez 18 gols, média de três por jogo. E só perdeu uma partida, uma derrota maluca por 4 a 3 para o Celta que ninguém entendeu muito bem como aconteceu.

Além disso, ele mostrou polivalência ao substituir, com a mesma qualidade, Iniesta na armação do meio-campo e Messi no ataque. Até pela lateral ele jogou, como ala direito. Antes considerado apenas o queridinho do técnico (Rafinha voltou ao Barça, onde foi formado, junto com Luís Enrique, que o treinou no Celta), Rafinha está provando que é importante em um dos clubes mais fortes do mundo.

Ele falou com o UOL Esporte sobre seleção brasileira (ele ganhou o ouro olímpico, mas não gostou do seu nível técnico), sobre ser reserva no Barcelona ("Estou tendo oportunidades"), sobre sua posição preferida ("Sempre fui meia" ) e até sobre o sonho de jogar no Flamengo ("Na hora certa"). Confira:

Posição preferida: meia

"Minha posição sempre foi meia, desde que cheguei ao Barcelona. Quando fui para o juvenil, passei a jogar como ponta direita e atacante também. Mas, no Barcelona B, voltei para o meio e foi assim até o profissional, quando passei a alternar um pouco mais entre funções. Mas, se tivesse que falar minha posição preferida, diria que é a de meia, mesmo. Mas não tenho problemas em jogar nas demais posições que tenho jogado. Graças a Deus, sempre tive essa facilidade."

Ameaça de deixar o time se não jogasse

"O que aconteceu foi que eu falei durante as Olimpíadas, quando contrataram muitos jogadores para minha posição. Eu precisaria de minutos para jogar quando voltasse, ainda mais por estar retornando de lesão. Não houve nenhuma situação concreta para eu deixar o clube [Barcelona] e eles sempre deixaram claro que contavam comigo. Quando voltei, o clube provou essa confiança me dando as oportunidades que eu precisava e esperava e estou muito feliz por isso."

"Acredito que tenho recebido mais oportunidades porque estou fazendo por merecer nos trabalhos diários e dentro de campo. Esse tem sido o meu melhor início de temporada com a camisa do Barcelona e estou trabalhando ainda mais forte para manter essa regularidade."

Olimpíada ruim

"Sinceramente, eu acho que não fiz uma olimpíada boa. Teve o risco de corte por uma lesão que tive pouco antes da apresentação e isso acabou me impedindo de chegar a minha melhor forma física e, consequentemente, atingir o meu melhor nível em todos os aspectos. É algo que estamos sujeitos a passar, mas procurei ajudar dentro do que pude e graças a Deus alcançamos o objetivo comum e principal, que era a conquista dessa inédita medalha de ouro. Foi uma emoção inesquecível conseguir isso no Maracanã com a presença da minha família e amigos."

Seleção brasileira sem ser titular

"Acho que [para ser convocado] é continuar fazendo bem o meu trabalho, como acredito que tenho feito. Se eu seguir mantendo o nível das minhas atuações até aqui, acredito que a minha hora vai chegar com naturalidade. Seleção Brasileira é um objetivo que sempre terei na carreira."

Função de Renato Augusto, Paulinho ou Coutinho

"Ele tem usado uma trinca forte de meio campo e acho que é por ali que eu poderia ajudar também, fazendo essa função de meia e também podendo cair pelas beiradas. Estou acostumado a fazer isso no Barcelona."

Relação com Neymar

"Neymar é um irmão que o futebol me deu. A gente é muito amigo, estamos sempre juntos, dentro e fora do ambiente do clube."

Guardiola x Luís Enrique

"Guardiola e Luís Enrique são dois treinadores muito bons, taticamente muito fortes. Acabamos tendo pequenos erros na Inglaterra contra o City [na derrota na primeira fase da Liga dos Campeões] e, em partidas desse nível, não há perdão. Foi isso que aconteceu. Começamos bem, eles pressionaram depois e levaram a melhor. Ganhamos em casa, eles fora.  Vamos ver como ficará na sequência da competição."

Irmão Thiago Alcântara

"Somos um pouco diferentes na nossa maneira de ser, cada um tem seu jeito, mas em relação às escolhas profissionais não vejo certo nem errado. Ele fez o que o coração dele mandou no momento, eu também, e estamos felizes com a maneira com que a nossa carreira está seguindo."

Relação com o pai, Mazinho

"Eu tenho muito orgulho do pai que eu tenho, sempre será uma inspiração. Você acaba pegando uma coisa ou outra no jeito de jogar, mas acho que temos estilos diferentes, ele, eu e meu irmão. O DNA é o mesmo, mas acho legal esse lance de cada um ter a sua personalidade e estilo de jogo."

Sonho de jogar no Flamengo

"Nunca escondi de ninguém a minha paixão pelo Flamengo e o desejo de jogar pelo clube um dia. Tomara que aconteça no futuro, mas meu foco hoje é em seguir trilhando uma carreira de sucesso no Barcelona e no futebol europeu. Na hora certa, espero ter a chance de tornar esse desejo uma realidade."

Fonte: Uol

Presidente do Flamengo promete ajuda para reerguer a Chapecoense: Trajetória admirável



O presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, colocou o clube à disposição para reerguer a Chapecoense após o acidente de avião que vitimou jogadores e dirigentes. O mandatário rubro-negro citou a boa gestão da equipe catarinense, mas pediu que a atenção inicial seja para ajudar famílias e vítimas.


— O Flamengo certamente prestará todas as homenagens e fará questão de participar do esforço para reerguer a Chapecoense, cuja trajetória esportiva nos últimos anos é admirável e não pode ser interrompida — falou Bandeira, em contato com o EXTRA.


— Mas acho que neste momento temos que focar em ajudar as famílias, cuidar dos feridos e resgatar os corpos. Em resumo, ajudar quem está sofrendo — lamentou o presidente.

O Flamengo está avaliando opções para homenagear a Chapecoense na última rodada do Brasileiro, contra o Atlético-PR. Um uniforme diferente não deve ter tempo hábil para ser confeccionado, mas outras ações estão em estudo. O clube também está entre os que defendem a cessão de atletas por empréstimo sem custo e o não rebaixamento nos próximos três anos.

Fonte: Extra Globo

Tragédia! Gabriel lamenta morte de companheiro no Fla em 2015



A tragédia que matou 74 pessoas, em Medellín, que levava o avião da Chapecoense para a final da Copa Sul-Americana, causou comoção ao redor do mundo. Meia do Flamengo, Gabriel usou as redes sociais para lamentar a morte de Arthur Maia, com quem jogara no rubro-negro.


Arthur Maia jogou no Flamengo em 2015 contratado ao América de Natal ‘Bichão veio Inacreditável cara. Que Deus conforte o coração de todos os familiares envolvidos. #ForçaChape’, escreveu.

Fonte: O Globo

Exclusivo: 2 Jogadores mortos na tragédia atuaram recentemente no Flamengo, relembrem:



A tragédia ocorrida com a delegação do Chapecoense indo para a disputa da Final da Copa Sulamericana é de entristecer todos nós, lamentamos profundamente as perdas dos profissionais que estavam a serviço e de um grande sonho de conquistar a América.


O avião com destino a Medellin, tinha 81 pessoas (jornalistas, jogadores, comissão técnica, dirigentes), dentro dos jogadores falecidos, dois deles jogaram no Flamengo recentemente, relembrem a trajetória pelo rubro negro:


O zagueiro Marcelo que nasceu em Juiz de Fora e jogou no Flamengo entre 2014 e 2015 quando foi contratado junto ao Volta Redonda, Marcelo jogou 37 partidas no Flamengo e fez 1 gol. e Cléber Santana que foi contratado junto ao Avaí em 2012 e jogou no Flamengo até em 2013, fez 23 partidas e marcou 4 gols, um gol inclusive na sua estreia. 

O http://flamengo-noticia.blogspot.com.br/ presta solidariedade a toda família e torcedores de Chapecó.

Fonte: http://flamengo-noticia.blogspot.com.br/

Folha de São Paulo desrespeita Chapecoense e usa o Flamengo.



A Chapecoense é um raro exemplo de sucesso no futebol brasileiro dentro e fora do campo.


O Furacão do Oeste catarinense pegou a experiência de sucesso dos empresários locais (da indústria de carne) para subir a cada ano no mundo da bola.

Ao contrário dos grandes clubes brasileiros, a Chapecoense tem um orçamento enxuto, executivos de sucesso na iniciativa privada no comando e jogadores desconhecidos ganhando salários "realistas".

A fórmula deu certo novamente neste ano. O time da cidade de apenas 200 mil habitantes ganhou o campeonato catarinense, está em nono lugar no Brasileiro e chegou na final do torneio continental.

Desde 2008, quando os executivos locais decidiram investir no futebol, a Chapecoense teve uma ascensão rápida. A equipe pulou da Série D para a A em cinco anos.

Desde 2014, o time está na elite do futebol nacional.

No início do ano, quando fui fazer uma reportagem sobre a experiência de sucesso do agronegócio no futebol, os dirigentes me contaram que o orçamento para 2016 seria de cerca de R$ 45 milhões (quase dez vezes menor ao do Flamengo, que pretende gastar R$ 400 milhões em 2016).

"Dinheiro demais também pode atrapalhar. O importante é saber gastar e conseguir se sustentar sem depender dos outros", contou o presidente do Conselho Deliberativo da Chapecoense, Plínio David De Nês Filho, o Maninho.

"O nosso modelo evita depender dos cofres públicos. Acreditamos que a prefeitura não precisa investir no futebol, mas na educação e na saúde da população", acrescentou Maninho, que por pouco não embarcou no avião. Ele ficou em São Paulo.

Sério Rangel

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Penta ou Enea? Site Oficial da Fifa desconhece 9 Brasileiros do Palmeiras, confira:



Até 2010, todos sabem que São Paulo e Flamengo lideravam os números de títulos Brasileiros, cada um com 6 títulos, porém com uma canetada da CBF, o Palmeiras ganhou 4 títulos de bandeja e o Santos 6 títulos, referentes aos Torneio Roberto Pedrosa e Taça Brasil.

Pelo menos no Site Oficial da Fifa, os 4 títulos do Palmeiras que foram reconhecidos pela CBF em 2010 não foram adicionados como Campeonato Brasileiro e sim, permanecem como Roberto Pedrosa e Taça Brasil.



Até 2010, de acordo com a CBF, Flamengo e São Paulo lideravam com 6 títulos cada um, mas foram ultrapassados por Santos com 8 títulos e Palmeiras com o título de 2016, ficou com 9 conquistas com reconhecimento polêmico no meio da história do futebol Brasileiro.

Prejuízo Gigantesco! Rede Globo quebra a cara em transmitir Palmeiras invés do Flamengo até no RJ, confira:



Transmitido também para o Rio de Janeiro, Palmeiras e Chapecoense, motivo de irritação entre torcedores Rubro-Negros que queriam ver Flamengo 2 x 0 Santos - a primeira vitória do Fla no retorno ao Maracanã em muito tempo - rendeu modestos 18 pontos e 35% de share (participação), de acordo com a Rede Globo. Longe, portanto, dos 37 pontos de média, melhor marca naquela região, com o confronto dos times de maior torcida do país: Flamengo 2 x 2 Corinthians, disputado no dia 23 no mês passado.


Palmeiras 1 x 1 Flamengo, só que este disputado em uma quarta-feira (14/9), na época, tido como a ''grande decisão'' na reta final da competição, também atingiu os mesmo 37 pontos.

Os dados informados pela Globo consideram apenas bola rolando. A transmissão total do futebol, incluindo o breve pré-jogo e a festa alviverde no campo, rendeu pouco menos: 28 pontos de média em São Paulo. No Rio, bola rolando e toda a jornada resultaram nos mesmos 18 pontos.

A emissora também informou o resultado da audiência dominical com o Grande Prêmio de Abu Dhabi de Fórmula 1, última prova da temporada: em São Paulo, 10 pontos de audiência, contra 12 pontos conquistados com telespectadores cariocas/fluminenses.

Fonte: Uol

Presidente do Fla garante: 'terá mais cheirinho em 2017'



A brincadeira do 'cheirinho de hepta' deu o que falar neste ano. Apesar de não ter conquistado o título do Campeonato Brasileiro, o Flamengo abraçou a expressão. O presidente do clube, Eduardo Bandeira de Mello, está confiante de que o Rubro-Negro fará uma boa temporada em 2017.


"Com certeza, terá mais cheirinho em 2017. Foi uma invenção da nossa torcida e ficamos felizes. O ano de 2017 termina com 7, de repente é uma boa temporada para o Flamengo", comentou o mandatário após a vitória sobre o Peixe, no Maracanã.

Como de costume, Bandeira evitou de falar sobre reforços, mas garantiu que eles chegarão. O Flamengo pensa em contratar um número pequeno de jogadores para 2017. 

"Tenho uma avaliação excelente desse nosso elenco, o que não significa que não podemos reforçar. Vai ser na hora certa, sem prejudicar nenhum tipo de negociação", garantiu.

O presidente também foi perguntado sobre as situações do zagueiro Juan, que vai renovar contrato, e do atacante Paulinho, que será devolvido pelo Santos. 

"Como falei, não gosto de entrar em detalhes. A comissão técnica vai avaliar de que maneira eles podem ser aproveitados em 2017. Juan com certeza estará conosco", afirmou.

Fonte: Terra

Telão do Maracanã avisa que "cheirinho estará mais forte em 2017", confira:



Não será em 2016 que o Flamengo será campeão brasileiro. No último domingo, o Palmeiras consolidou a taça ao vencer a Chapecoense, no Allianz Parque, e abriu sete pontos de vantagem para o segundo colocado, exatamente o Rubro-Negro, faltando apenas uma rodada para o término da competição.


O final de Brasileirão realmente frustrou os torcedores flamenguistas, que espalharam a onda do “cheirinho de hepta” com a arrancada no meio da competição. A perseguição ao Palmeiras foi ferrenha, mas na reta decisiva o Rubro-Negro carioca perdeu pontos preciosos e terá que se contentar, no máximo, com o vice-campeonato.

Fonte: Torcedores.com

Sporting aceita emprestar o volante Elias para o Flamengo



O mercado da bola continua bastante movimentado no futebol brasileiro e as equipes continuam em busca de reforços para próxima temporada. O volante Elias do Sporting de Portugal pode estar voltando ao Brasil para jogar em um grande clube da série A.


Segundo informações do Portal Fox Futebol, o Flamengo tenta o empréstimo do volante junto ao clube português por uma temporada e não descarta envolver o atacante Marcelo Cirino em uma possível negociação. O empresário de Elias não descarta uma possível negociação do jogador com o Flamengo para disputa da próxima Copa Libertadores da América.


Fonte: Sportv4

Torcedor acusa Diego de forçar suspensão e meia rebate na web




Diferente do que muitos jogadores costumam fazer, Diego não teve pudor em comemorar o segundo gol do Flamengo contra o Santos, clube que o revelou para o futebol brasileiro em 2002. Muito pelo contrário, vibrou tanto que até recebeu um cartão amarelo, seu terceiro, que o suspendeu para a última partida do Campeonato Brasileiro. Um torcedor não gostou da atitude do meio-campista e o acusou de ter recebido forçado a situação.


"Forçou o cartão para entrar de férias, lixo", acusou um torcedor nas redes sociais do jogador. Diego não gostou do comentário e fez questão de responder. "Férias? Jogar aqui não tem preço. Jogaria todo dia. Fui comemorar com a nação que escolhi amar. Abraço. Em 2017 estaremos juntos", rebateu o meio-campista.

Ao marcar o segundo gol do Flamengo, vitória que inclusive fez a equipe ultrapassar o Santos na tabela de classificação, Diego foi em direção aos torcedores, subiu as pequenas escadas das arquibancadas e foi abraçado pela massa.



O árbitro, ao ver a atitude, não pensou duas vezes e aplicou o cartão amarelo. Como Diego já havia recebido outros dois cartões no campeonato, contra Figueirense e São Paulo, está automaticamente suspenso para a última rodada, quando o Flamengo encara o Atlético-PR na Arena da Baixada.

Fonte: Uol Esporte

domingo, 27 de novembro de 2016

Apoiado pela CBF e Globo, Palmeiras provoca Flamengo após título "Sem Choro e nem cheiro"



Após confirmar o título do Campeonato Brasileiro com a vitória por 1 a 0 sobre a Chapecoense, na tarde deste domingo, o Palmeiras provocou o Flamengo, seu perseguidor na maior parte da competição.


Logo que o árbitro Anderson Daronco apitou o final da partida, funcionários do Verdão entraram no gramado do Palestra Itália com uma enorme faixa retangular, com o desenho dos mascotes do clube (Periquito e Porco) e a seguinte mensagem: “Sem choro, nem cheiro: Palmeiras eneacampeão brasileiro 2016”
.

A frase faz alusão ao polêmico “Cheirinho de Hepta”, a ‘profecia’ que a torcida do Flamengo insistentemente reproduziu durante o torneio nacional. O Rubro-Negro carioca, contudo, não conseguiu tomar a liderança do Alviverde em nenhuma rodada e ficou sem a taça.

Também na comemoração, Jailson vestiu a camisa 12 como uma forma de homenagear o amigo e ídolo Marcos, como já havia antecipado à Gazeta Esportiva.

Com a vitória sobre a Chapecoense, o Palmeiras chegou aos 77 pontos e não pode ser mais alcançado pelo Flamengo, que contabiliza 70, restando apenas mais uma rodada para o término do Brasileirão. O Verdão se despede da temporada 2016 no próximo domingo, contra o Vitória, em Salvador.

Fonte: http://flamengo-noticia.blogspot.com.br/

Clube oferece 300 mil e dois anos de contrato para o zagueiro Réver



O mercado da bola continua bastante movimentado no futebol Brasileiro e as equipes continuam em busca de reforços para próxima temporada. O zagueiro Réver um dos grandes destaques do Flamengo nesta temporada está em fim de contrato e pode reforçar outro grande clube da série A.


Segundo informações do Portal Fox Futebol, o São Paulo teria oferecido cerca de 300 mil mensais e dois anos de contrato para acertar a contratação do zagueiro que seria um dos pedidos do novo treinador Tricolor, Rogério Ceni. O empresário do zagueiro Réver confirmou que só vai falar sobre o futuro do jogador ao final da temporada.

Fonte: Sportv4

Após não transmitir o Fla, Faustão se rende ao Palmeiras ao vivo na Globo

O Palmeiras venceu a Chapecoense na tarde deste domingo por 1-0, no Allianz Parque, chegou aos 77 pontos e sagrou-se campeão brasileiro. Esta é a nona conquista do Verdão na história da competição.



Logo após a transmissão do jogo pela TV Globo, o programa “Domingão do Faustão” começou como de costume. O apresentador Fausto Silva, no entanto, adaptou sua rotina em meio à comemoração alviverde.

Durante o famoso quadro “Dança dos Famosos”, o ícone da emissora se rendeu ao eneacampeão brasileiro ao parabenizar o Verdão pela conquista, bem como Cuca e o presidente Paulo Nobre.

“Parabéns ao Cuca, parabéns ao Paulo Nobre, parabéns ao Palmeiras de ter voltado ao lugar que merece, ao lugar de protagonismo”, disse Faustão.

O Palmeiras comemora bastante essa semana e cumpre tabela no próximo fim de semana. No domingo, 4 de dezembro, Cuca e seus comandados encerram a temporada diante do Vitória, em Salvador, pela 38ª rodada do Brasileirão 2016.

Fonte: Torcedores.com

Zé Ricardo exalta vaga na Libertadores, convoca torcida e garante time aguerrido



Confira os tópicos da entrevista coletiva de Zé Ricardo: 

Márcio Araújo cobrando aplausos

- Não sei se ele falou isso, não combina com a postura dele, atleta super discreto, exemplar... Realmente fez uma partida digna de aplausos, tanto ele quanto toda equipe. Os jogadores se empenharam demais. Ainda bem que conseguimos o nosso segundo objetivo, que era classificar direto para a Libertadores.

Viagens
Ano diferente, difícil. Viajamos muito, perdemos sessões de treinamentos e descansos. Merecíamos terminar com vaga direta na Libertadores. Valorizar o Márcio, que para nós da comissão e colegas, dispensa comentários. Buscar motivação diferente na semana para o último jogo. 

Semana de trabalhos
Foi uma semana difícil, pesada, depois do resultado contra o Coritiba. O planejamento foi muito bem conduzido, imagens analisadas dos adversários. Conseguimos executar bem o nosso plano. 

Para quem distribuiria os R$ 10,7 milhões se for vice?
Com certeza, daria aos jogadores. Metade para eles e a outra para todos os funcionários da parte escura, que não aparecem e fazem parte do dia a dia.

Campanha do Palmeiras 
Brigamos até a última rodada, mas pela campanha maravilhosa do Palmeiras, nem vitória na semana passada nos colocaria em chances de título. 

Vaga direta na libertadores
Ir direto para a Libertadores foi muito importante para o planejamento. Começar a pré em fevereiro é totalmente diferente do que começar nos grupos em abril. Estamos muito felizes de alcançar esse objetivo. 

Atlético-PR
É o melhor mandante, vai ser um jogo dificílimo. Tem a questão da adaptação ao campo (grama sintética). Vamos fazer uma semana muito forte e se conseguirmos o segundo lugar virá com muita honra. 

Atuação de Diego
Acho que não tenho o que reclamar da equipe, do Diego também. Diego participou dos principais lances pelo atleta que é, mas vale enfatizar a questão coletiva, todos se cobrando de forma intensa. Com as paradas técnicas, conseguimos acertar algumas coisas. Acertamos a variação do Diego, conseguiu uns desarmes.

Convocação à torcida para a Libertadores
O Flamengo hoje conquista uma vaga na Libertadores, vai entrar muito forte. Torcida pode comparecer aqui ao Maraca ou onde for. Vai ter equipe aguerrida e que vai querer propor o jogo. Com certeza vamos melhorar o que temos que melhorar. 

Fonte: GE

Rafael Vaz sai de campo chorando na vitória de 2 x 0 contra o Santos



A lesão de Rafael Vaz é na clavícula esquerda. Ele se machucou em lance com Ricardo Oliveira no início do segundo tempo. O zagueiro recebeu atendimento médico e voltou ao jogo, mas aos 20min caiu no campo e deu lugar a Juan.


O camisa 33 do Flamengo saiu de maca e ficou no banco de reservas, onde colocou uma proteção no braço. Em seguida, foi às lágrimas e se dirigiu ao vestiário.


O Flamengo venceu por 2 x 0 o Santos com gols de Guerrero e num lindo voleio de Diego.

FICHA TÉCNICA – Flamengo 2 x 0 Santos (Guerrero e Diego)
Local: Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro
Público e renda: 37.615 torcedores / R$ 1.601.982,00
FLAMENGO – Alex Muralha, Pará, Réver, Rafael Vaz (Juan) e Jorge; Márcio Araújo, Willian Arão, Diego, Everton e Gabriel Guerrero. Técnico: Zé Ricardo.
SANTOS – Vanderlei, Victor Ferraz, David Braz, Yuri e Zeca; Renato (Arthur Gomes), Thiago Maia, Lucas Lima e Vitor Bueno (Leo Cittadini); Copete e Ricardo Oliveira. Técnico: Dorival Júnior.

Fonte: Torcedores.com

Flamenguistas revoltados com a Rede Globo transmitir Palmeiras no Rio, veja:



Que o Flamengo já não tem mais chances de título do no Brasileirão, todos já sabem. A briga está concentrada entre Palmeiras e Santos. Para o Verdão, basta um empate contra a Chapecoense nesta rodada, em casa, que o caneco está garantido.


Esse cenário do Campeonato Brasileiro fez com que a TV Globo do Rio de Janeiro optasse por transmitir o jogo da equipe paulista, em vez do duelo entre Flamengo e Santos.


A decisão causou polêmica entre os flamenguistas e fez com que muitas críticas surgissem nas redes sociais.

Confira:


Fonte: Torcedores.com

Alan Patrick deve puxar barca de jogadores que deixarão o Flamengo



Diretoria e comissão técnica do Flamengo já olham para 2017, embora, no discurso, as atenções se voltem para o fim do Brasileiro. O mapeamento do mercado, a definição das necessidades do elenco, renovações e dispensas constam na pauta. Alan Patrick não ficará, já que o Shakhtar Donetsk não pretende renovar o empréstimo.


Além dele, Chiquinho, Juan, Fernandinho, Márcio Araújo e Sheik ficarão sem contrato na virada do ano. Zé Ricardo, porém, tenta tirar o caráter de peneira das últimas duas rodadas: “Estamos exclusivamente focados nestas duas partidas que faltam. Depois vamos pensar nisso. Todos nós somos avaliados diariamente. Incentivamos a motivação de dar o máximo, é isso que eu espero. A partir daí, as avaliações acontecem e são tratadas de forma interna.”


O treinador defendeu a renovação de Márcio Araújo, que já havia recebido o apoio público do presidente do clube, Eduardo Bandeira de Mello. Sobre os outros, Zé Ricardo prefere não se manifestar antes do término da temporada de 2017.

Fonte: ODIA

O curioso caso de Ederson Campos



Em julho de 2015 o Flamengo contratava Ederson com a expectativa de vestir e suprir a falta de um camisa 10. Com um histórico de lesões, o meia passou mais tempo no departamento médico do que em campo.


Sua primeira lesão no Flamengo foi ainda em 2015, uma pancada que sofreu no joelho direito três meses após sua chegada ao clube, voltou somente no final da temporada do mesmo ano, mas não estava em forma. Já em 2016 outra fatalidade, outra entrada dura tira Ederson dos gramados novamente, sem jogar desde julho Ederson só tem previsão de voltar aos gramados no próximo ano.

O meia muitas vezes improvisado de atacante teve atuações razoáveis nesta temporada, porém era importante justamente no momento em que o time estava se engajando e encontrando o bom futebol. No próprio jogo de sua lesão contra o Corinthians, ele estava sendo um dos melhores em campo e sem dúvidas seria de grande utilidade no esquema de Zé Ricardo para o restante do campeonato. Vale lembrar que naquele jogo o juiz se quer considerou falta e ainda expulsou Zé Ricardo do jogo, o resultado todo mundo lembra.

Mas a pergunta que faço aqui é a seguinte: Ederson ainda tem utilidade no Flamengo?


Não seria ele uma boa “contratação” para o time? Não seria uma boa opção ofensiva já que como divulgado não haverá um grande número de contratações para a próxima temporada? Sua última lesão foi uma fatalidade todo mundo sabe disso e em minha opinião temos um bom jogador em mãos com contrato que vence somente no final de 2017. Não sabemos ainda sobre as possíveis contratações para ano que vem, porém infelizmente segundo notícias divulgadas, existe uma possibilidade do meia ser vendido ou emprestado. Enquanto outras peças ruins permanecem ou nunca quebram né? #ForaMA

Pouco se sabe sobre o futuro dele no Flamengo e a única notícia que temos até agora sobre o elenco para próxima temporada é a saída de Alan Patrick e a renovação de Márcio Araújo. Nada se sabe sobre o destino de Gabriel, Sheik, Marcelo Cirino e Fernandinho, fico preocupado quando vejo a possibilidade de boas peças como Ederson acabar saindo do time e outras opções ruins permanecendo por mais um ano.

Sinceramente eu espero que ele continue e possa dar a sua contribuição para um ano de conquistas do mengão.

Fonte: Coluna do Flamengo

Rede Globo incomodada com Flamengo engrandecido financeiramente, desgastes são evidentes, confiram:



Desde que o presidente Eduardo Bandeira de Mello assumiu o Flamengo, o mandatário rubro negro definiu como meta prioritária salvar o Flamengo das dívidas que deixava o clube doente financeiramente, endividados com ex atletas, com dívidas fiscais, empréstimos não pagos, etc... É claro que muitas pessoas adoravam esta situação vivida pelo maior clube do Brasil, com falta de credibilidade, era muito mais fácil negociar com o Flamengo que sujeitava aceitar qualquer adiantamento proposto por patrocinadores, emissoras de TV em troca de apagar incêndios pela péssima administração dos presidentes antecessores.


O Flamengo está dando passo largos para se tornar o maior clube em todos aspectos, porém isso incomoda CBF, FERJ e Rede Globo, pelo fato que atualmente os dirigentes rubro negros não submetem aceitar qualquer proposta, hoje é o Flamengo que dá as cartas e o exemplo disso são as rupturas evidentes com estas organizações citadas.

É notório que a Rede Globo evidencia suas insatisfação com este momento promissor do Flamengo, são menos jogos transmitidos, por exemplo, no contrato do estadual de 2017, todos os clubes aceitaram assinar, somente o Flamengo não concordou e até hoje há o impasse sobre os direitos de transmissão e o que dizer da insatisfação da Rede Globo com a organização do Florida Cup 2017, da maneira que fechou o convite da participação do rubro negro na competição, a Rede Globo a princípio não transmitirá somente os jogos do Flamengo. 

Pode perceber que a Rede Globo em momento algum noticiou a denúncia do presidente do quadro de arbitragem do Rio de Janeiro sobre o esquema da arbitragem ser ameaçada pelo presidente da CBF e palmeirense Marco Del Nero sobre não errar contra o Palmeiras, senão os árbitros não seriam mais escalados na partidas seguintes, ou seja, uma acusações seríssima.

Curiosamente os números comprovam que o Palmeiras foi muito favorecido pela arbitragem, em 36 partidas não teve uma expulsão sequer e números comprovam que o clube paulista invés de 74 pontos, deveria ter 63 pontos se não houvessem erros de arbitragens a seu favor.

Voltando ao assunto Rede Globo, até o jogo pela 37ª rodada do Brasileirão, depois de muito tempo, o estado do Rio terá que ver um jogo de um clube paulista (Palmeiras X Chapecoense), invés de transmitir a disputa pelo 2º lugar entre (Flamengo X Santos). No início do ano, os amistosos do Flamengo foram transmitidos pelo Esporte Interativo, a Liga Sul-Rio-Minas na qual a Rede Globo sempre foi contra, juntamente com a CBF e Ferj também não foi transmitida, somente a Sportv transmitiu.

E o que dizer daquela matéria do Esporte Espetacular, da leitura labial do polêmico Fla-Flu? Exibido pela Rede Globo, algo raramente mostrado pela emissora sobre temas semelhantes, para mim, foi algo claro para manchar e prejudicar o Flamengo. Tanto que através daquelas imagens o STJD tirou os 3 pontos do rubro negro, porém o caso não foi a diante. A Rede Globo também exibe menos matérias sobre o Flamengo atualmente, até no Globo Esporte local, várias edições sequer cita o nome do clube rubro negro, o esporte Espetacular nem se fala então.....

Fonte: http://flamengo-noticia.blogspot.com.br/



Por 'sonho impossível' e R$ 3,4 milhões, Flamengo e Santos duelam no Maracanã



Quando encontram seu clube em uma situação complicada, os torcedores mais fanáticos sempre bradam a frase "enquanto houver 1% de chance, teremos 99% de fé". E é exatamente nisso que o Santos se apega para encarar o Flamengo, neste domingo, às 17h (de Brasília), no Maracanã, pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro.


Após ficarem no empate com o Cruzeiro, no Mineirão, os santistas viram o Palmeiras abrir seis pontos de vantagem na liderança, faltando apenas dois jogos para o término do torneio nacional.


Com o tropeço em Minas, o Peixe precisa operar quase um milagre para levar a taça. Agora, para seguir sonhando até a última rodada, os comandados de Dorival Júnior têm a obrigação de bater o Rubro-Negro e ainda torcer por uma derrota do Verdão para os reservas da Chapecoense, no Allianz Parque, também no domingo, às 17h (de Brasília). Caso não vença no Rio, o alvinegro verá o rival conquistando o título.

Além de manter o sonho do caneco, o duelo contra o Fla também terá um outro valor. Afinal, uma vitória confirma o Santos como vice-campeão do Brasileiro, o que garantiria R$ 10,7 milhões de premiação da CBF. A quantia é exatamente R$ 3,4 milhões maior que o prêmio do terceiro lugar.

"Queremos ser campeões, claro. Precisamos ir para o Maracanã pensando em vencer, e torcer por um grande jogo da Chapecoense. Se não acontecer, temos que vencer por jogar no Santos, e estaríamos focados em vencer mesmo se não estivéssemos brigando. Ser segundo lugar e classificar direto em competição difícil, com muitos problemas que enfrentamos, estaria de bom tamanho também", afirmou o lateral direito Victor Ferraz.

E para o embate deste domingo, o técnico Dorival Júnior deve promover apenas uma mudança em relação ao time que empatou com o Cruzeiro.

Após falhar no primeiro gol da Raposa e ser substituído ainda no primeiro tempo, Fabián Noguera foi sacado da equipe titular. Com isso, Yuri formará a dupla de zaga com David Braz. Apesar de ser volante de origem, o jovem de 22 anos também pode fazer a função de zagueiro.

A única ausência no Peixe será a do meia Jean Mota. O jogador levou o terceiro cartão amarelo no duelo contra o Cruzeiro e nem viaja para o Rio de Janeiro.

O time titular que treinou durante a semana e que deve pegar o Rubro-Negro é formado por: Vanderlei; Victor Ferraz, David Braz, Yuri e Zeca; Renato, Thiago Maia e Lucas Lima; Vitor Bueno, Copete e Ricardo Oliveira.

O Flamengo, por sua vez, já foi alijado da disputa do título com o empate por 2 a 2 com o Coritiba, está na terceira posição com 67 pontos e ganhando se garante matematicamente na zona de grupos da próxima Libertadores.

Além disso, a equipe também pode atrapalhar os planos do Peixe, que tem 68 pontos e ainda luta para impedir o título do Palmeiras, líder com seis pontos a mais.

Fora da disputa pela taça, o meia Diego tem procurado manter a motivação em alta no Rubro-Negro.

"O Flamengo tem respeito pela competição porque sabemos que existem outros times interessados no resultado dos nossos jogos e temos que honrar o campeonato e a camisa do Flamengo. Posso assegurar que vamos fazer de tudo para vencer o Santos no fim de semana e o Atlético Paranaense na última rodada", garantiu.

Já o zagueiro Réver pretende diminuir os espaços do campo para impedir que o alvinegro imponha seu estilo de jogo no Maracanã.

"A qualidade do time do Santos é inegável e por isso mesmo precisamos ficar atentos e não podemos vacilar de jeito nenhum. Vamos enfrentar um dos mais fortes rivais deste Campeonato Brasileiro, que conta com jogadores em condições de decidir se tiverem espaço. Vamos trabalhar com muita concentração para que a gente não proporcione o erro que eles tanto esperam de nós", avisou o defensor.

Para este jogo, o Flamengo ainda não sabe se vai escalar o meia Gabriel, que luta contra um incômodo na coxa direita. Se ele for vetado, Fernandinho é o favorito para a vaga. O restante do time será o mesmo que empatou com o Coxa.

Com isso, o técnico Zé Ricardo deve escalar o Rubro-Negro com: Alex Muralha, Pará, Rafael Vaz, Réver e Jorge; Márcio Araújo, Willian Arão, Diego, Gabriel (Fernandinho) e Everton; Paolo Guerrero.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO X SANTOS

Local: Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro-RJ
Data: 27 de novembro de 2016, domingo
Horário: 17h (de Brasília)
Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão (GO)
Assistentes: Alessandro A Rocha de Matos (BA/FIFA) e Bruno Raphael Pires (GO/FIFA)

FLAMENGO: Alex Muralha, Pará, Rafael Vaz, Réver e Jorge; Márcio Araújo, Willian Arão, Diego, Gabriel (Fernandinho) e Everton; Paolo Guerrero Técnico: Zé Ricardo

SANTOS: Vanderlei; Victor Ferraz, David Braz, Yuri e Zeca; Renato, Thiago Maia e Lucas Lima; Vitor Bueno, Copete e Ricardo Oliveira Técnico: Dorival Júnior

Fonte: Espn Brasil