sábado, 31 de dezembro de 2016

VP do Inter ameaça chantagem ao Flamengo por Réver.



O zagueiro Rever tem contrato com o Flamengo somente até a metade deste ano, mas quer seguir atuando pela equipe do Rio de Janeiro. Porém, a direção colorada pensa de outra forma. Segundo Roberto Melo, vice de futebol do Inter, a situação do jogador será tratada na próxima semana e o retorno não é descartado.


"Ele (Flamengo) demonstrou interesse em renovar a situação do Réver, fomos consultados, e pedi que não fosse levado adianta qualquer situação para tratarmos isso nesse ano. Ele passa por um grande momento no Flamengo, é capitão do time, nas seleções do campeonato. É um jogador com bastante valor. Podemos aproveitar o jogador a partir do meio do ano ou ainda fazer alguma situação que seja do interesse do Inter", disse o dirigente à Rádio Guaíba.


Rever se recuperou em 2016. Após deixar o Inter, onde não conseguiu sequência, virou o capitão do time do Flamengo e esteve presente na Bola de Prata e na seleção do Campeonato Brasileiro. O jogador tem contrato com o Inter até o meio de 2018 e para seguir no Flamengo uma negociação terá que acontecer, com o clube envolvendo atletas ou até mesmo pagando o colorado.

Uma das especulações de momento dão conta da possível vinda do atacante Marcelo Cirino ao Inter. Porém, o vice colorado afirma que os negócios não estão ligados.
  
"Não vamos falar em nomes. Posso garantir que a situação referente ao Réver será tratada independente de qualquer eventual negociação com o Flamengo", finalizou Melo.

Fonte: Revista Colorada

Obrigado Bandeira! Após Romário, Flamengo quer resolver caso Hernane e título de 87.



Se não deu volta olímpica em campo, o Flamengo termina a temporada com boas notícias fora de campo. Depois de renovar um patrocinador e garantir um novo acordo milionário com empresa tailandesa, o clube comemora êxitos no departamento jurídico. Em carta enviada aos associados do clube, o vice-presidente jurídico Flávio Willeman tratou com otimismo de dois casos importantes para o clube: a previsão de receber pela venda de Hernane ao Al Nassr no ano que vem, além de seguir na luta pelo reconhecimento na Justiça do título do Campeonato Brasileiro de 1987. Hoje, mesmo com a CBF, em 2011, tendo proclamado dois campeões naquele ano, a Justiça determinou que apenas o Sport é campeão daquele ano.


Depois de acordo milionário com Ronaldinho Gaúcho, neste fim de 2016 o clube celebrou acordo de processo movido por Romário. O ex-jogador cobrava direitos de imagem da passagem pelo clube nos anos 1990. Entre juros e correções da cobrança, chegava a R$ 18 milhões. O Flamengo propôs pagar R$ 6 milhões à vista e conseguiu fechar acordo e encerrar o caso. Os valores foram divulgados anteriormente pelo site "Uol".

No caso Hernane, o Flamengo informa que já tem notícia de vitória no julgamento da terceira parcela de cobrança sobre o clube da Arábia Saudita. Nas primeiras duas parcelas, no total de 2,5 milhões de euros, o clube árabe já foi condenado e, na última, de 2 milhões de euros, o final será o mesmo, escreveu Willeman aos sócios do Rubro-Negro.

"Como a execução já se iniciou em relação às duas primeiras parcelas, temos a expectativa e a confiança em nossos advogados externos de que receberemos todos os valores devidos no ano de 2017", informou Flávio Willeman.

Colocada como uma das principais metas de 2017, a discussão em torno do Campeonato Brasileiro de 1987 deve ter novos capítulos no ano que vem. O Flamengo contratou "ilustres juristas para auxiliar nos memoriais enviados aos ministros do Supremo Tribunal Federal" e lembrou que o processo está suspenso para nova avaliação do caso. 

"Não mediremos esforços para que seja reconhecido o nosso merecido título, conquistado em campo (glória que ninguém poderá nos retirar)."

No balanço do departamento jurídico, destaque para a diminuição no número de ações trabalhistas - hoje, são 50 processos. O clube diz ter feito 160 acordos em quatro anos, pagando R$ 78 milhões através do Ato trabalhista. Outro destaque é a cobrança de parceiros inadimplentes com o clube. O Fla calcula que tem a receber mais de R$ 11,5 milhões, em casos que ainda serão discutidos na Justiça ao longo do ano de 2017

Fonte: Globo Esporte

Presidente do Cerro Porteño diz que Flamengo fez melhor proposta por Cecílio Dominguez



Em entrevista à rádio paraguaia Fútbol 780, o presidente do Cerro Porteño do Paraguai, disse que “até o momento a melhor oferta feita pelo atacante Cecílio Dominguez é do Flamengo.


“La oferta oficial más importante por Cecilio es la del Flamengo”, disse Zapag. Cecílio Dominguez é um jogador paraguaio, destro, com 22 anos e 1,79m. O atacante fez boa temporada pelo Cerro, balançando as redes 25 vezes no ano em 45 partidas.

O preço desejado pelo clube paraguaio surge como o principal empecilho para a liberação do atleta. Detentor de 50% dos direitos federativos do atacante, com os outros 50% pertencentes ao Sol de América, o Ciclón quer entre US$ 8 milhões e US$ 10 milhões pelo jogador (entre R$ 26,4 milhões e R$ 33 milhões). E aceitaria apenas vendê-lo.

Fonte: Coluna do Flamengo

Conca no Fla! Mauro César diz que podemos ter novidades na 2ª feira, confira:



Por meio de seu perfil oficial no Twitter, o jornalista da ESPN Brasil, Mauro Cezar disse que há possibilidade de serem anunciadas novidades a respeito da contratação do argentino Darío Conca na próxima segunda-feira (2).


Disse também que no momento os chineses estão mais preocupados na contratação de atletas do que vender jogador.


O jornalista aproveitou para dizer que os torcedores não deveriam se empolgar com qualquer jogador que afirme amar o Flamengo, como no caso do alemão Lukas Podolski, pois pelo que apurou, o Flamengo apenas sondou o jogador, que pediu 5 milhões de euros por ano e mais privilégios.

Segundo Mauro, em seu contrato atual na Turquia, Poldi recebe alguns desses ‘privilégios’, como o direito de dormir duas vezes por semana pelo menos na Alemanha.

Fonte: Mauro César Pereira

Flamengo avança por Marinho, afirma empresário



Ávido por reforços para 2017, o torcedor do Flamengo está muito perto de comemorar o anúncio do atacante Marinho. De acordo com entrevista de seu empresário Jorge Machado ao site GloboEsporte.com, a negociação com o Rubro-Negro está adiantada e, caso o camisa 11 do Vitória permaneça no Brasil, a Gávea deve ser seu destino.


“Não tem páreo. Por mais que exista interesse de outros clubes do Brasil, não existe outra situação como estamos com o Flamengo. A coisa se direcionou. Há possibilidades do exterior, mas tudo é especulação. Se ele ficar no Brasil, a preferência dele é jogar no Flamengo”, confirmou o agente de Marinho.


Além do Flamengo, o Santos e o Botafogo são as outras equipe do futebol nacional que demonstraram interesse no atacante, artilheiro do Vitória no Campeonato Brasileiro com 12 gols. Além do trio brasileiro, o Gênova, da Itália, e o Nagoya Grampus, do Japão, foram algumas das equipes do exterior que demonstraram interesse. O atacante também estaria sendo monitorado por clubes da China, México, Turquia e Arábia Saudita.

De acordo com reportagem, o empresário do jogador viajará a Salvador no início da próxima semana para conversar com os dirigentes do Vitória e apresentar a oferta do Flamengo. A multa rescisória de Marinho é de 5 milhões de euros (R$ 17 milhões), mas o Rubro-Negro carioca quer comprar 50% do passe do atacante – 30% é do Cruzeiro, 20% da JMB (empresa de Jorge Machado e Bismarck).

Machado tem boa relação com o diretor de futebol do Flamengo, Rodrigo Caetano, e por isso acredita em um final feliz para seu cliente jogar a Libertadores pelo Urubu do Rio. Marinho está no momento em Porto Alegre aproveitando suas férias.

“Todo processo do Marinho com o Flamengo está dependendo de uma reunião com a diretoria do Vitória entre segunda e terça-feira. A expectativa é que consigamos resolver o mais rápido possível. Devo viajar na segunda ou na terça-feira para a Bahia. Existe, sim, uma conversa bem adiantada com o Flamengo porque tenho uma relação com o Rodrigo (Caetano, executivo do Flamengo). Vai depender muito do Vitória e da operação financeira que tem de ser feita”, disse Machado.

 Fonte: Torcedores.com

Com Carabao, Flamengo volta a ter a camisa mais valiosa do país.



Muito conhecida no futebol inglês (onde patrocina os uniformes de treino e pré-jogo do Chelsea, e de jogo do Reading, além de ser a próxima title sponsor da EFL Cup, a partir da temporada 2017-18), a marca tailandesa de energéticos Carabao está prestes a desembarcar no Brasil. Mais precisamente no Flamengo. 


O rubro-negro ainda não anunciou oficialmente, mas já tem fechado com a empresa um contrato de patrocínio que deve garantir até de R$ 190 milhões pelos próximos seis anos.


De acordo com o GloboEsporte.com, a Carabao ocupará as mangas do manto flamenguista em 2017, pagando R$ 15 milhões. Já nos cinco anos seguintes (ou seja, de 2018 a 2022), desembolsará R$ 35 milhões por temporada para substituir a CAIXA na cota máster. Com bônus, reajustes e possíveis acordos de licenciamento, o total investido pela empresa no clube deve ultrapassar os R$ 200 milhões no período.

Dessa forma, o camisa do Flamengo chega a estratosféricos R$ 93,5 milhões para a temporada 2017, sendo: R$ 36,5 milhões da adidas, R$ 25 milhões da CAIXA (cota máster — valor de 2016); R$ 15 milhões da Carabao (mangas); R$ 7 milhões da MRV (costas); R$ 6 milhões da Yes! (barra); e R$ 4 milhões da TIM (numeração). Será que a provável renovação do vínculo entre Palmeiras e Crefisa/FAM poderá superar esse valor? Estamos de olho.

Fonte: Futebol Marketing

Gol de Placa! Romário dá 50% de desconto, Fla paga R 6 mi e encerra dívida de 20 anos



Foram anos de batalha judicial por conta de uma dívida com origem em 1995, quando Romário foi contratado pelo Flamengo após ter sido eleito o melhor jogador do mundo. Mas o Rubro-negro encerra 2016 sem mais nenhum débito com o ex-atacante. O clube fez um acordo com o tetracampeão mundial e quitou à vista o que era devido em relação aos direitos de imagem.


Romário ainda tinha a receber cerca de R$ 18 milhões parcelados até 2022. O valor era corrigido a cada 12 meses. As últimas parcelas mensais estavam em R$ 190 mil. Para liquidar a fatura, as partes decidiram trazer a valor presente a dívida total. Sem as correções, o atual senador ainda receberia em torno de R$ 12 milhões do Flamengo.

Durante as conversas, o Baixinho deu 50% de desconto e o Rubro-negro quitou de uma só vez cerca de R$ 6 milhões para colocar fim no impasse de 20 anos. Romário e Flamengo preferiram encerrar a dívida do que prorrogá-la por mais seis anos. O Rubro-negro se livrou de um incômodo processo, como fez recentemente com Ronaldinho, e o eterno camisa 11 reforçou os cofres quando julgou mais importante.

O Flamengo também quitou em 2015 uma dívida de R$ 4,2 milhões com o ex-jogador. O débito, neste caso, era por conta de encargos não recolhidos entre 1995 e 1999. Rubro-negro e Romário não têm mais debates na Justiça. A história de 240 jogos e 204 gols está livre dos incômodos processos. A diretoria comandada pelo presidente Eduardo Bandeira de Mello comemorou bastante o fim do impasse em conversas amistosas com o Baixinho.

Sem mais a receber do Flamengo, Romário ainda reforça os cofres com o rival Vasco. Só em 2016, o senador recebeu quase R$ 4 milhões do Cruzmaltino, panorama que seguirá em 2017. Apesar de não entrar mais em campo, o eterno artilheiro segue com o "salário mensal" de um relevante atleta profissional.

Fonte: Uol Esporte

Torcedores do Flamengo dão 'boas-vindas' a Marinho.



Muito perto do Flamengo, Marinho, destaque do Vitória no Brasileiro, tem usado com frequência as redes sociais. Nesta sexta, no entanto, o atacante cometeu uma gafe, ao publicar um vídeo em que aparece com a esposa e a filha, mas sem som. Avisado pelos internautas, o jogador pediu desculpas pelo erro.


'Galera eu percebi só depois que o som não era tão legal assim !! Obrigado pra quem notou isso e mil perdão pra todos que me seguem!!', escreveu o atacante.

Os seguidores do jogador aproveitaram para se manifestar sobre a provável ida de Marinho ao Flamengo. Enquanto alguns pediram para ele não sair do clube baiano, outros deram as 'saudações rubro-negras' ao atacante.

Aos 26 anos, Marinho fez, em 2016, 21 gols (12 deles no Brasileiro) em 43 jogos pelo rubro-negro baiano. Cria da base do Fluminense, o atacante saiu das Laranjeiras em 2009 e, depois, passou por clubes como o Internacional, Caxias, Paraná, Goiás, Ceará e Cruzeiro antes de chegar ao Vitória.

Fonte: O Globo

Podolski no Flamengo? Jornal turco diz que patrocinadora pode ser trunfo em negociação



Na busca de reforços para a disputa da Conmebol Libertadores Bridgestone de 2017, o Flamengo sonha com a contratação de um velho conhecido seu: o polonês naturalizado alemão Lukas Podolski. O diário turco Hurriyet reportou nesta sexta-feira (30 de dezembro) que o meia-atacante estaria sendo disputado entre o Rubro-Negro e o Beijing Guoan, da China.


A grande ‘carta na manga’ do time da Gávea é sua principal patrocinadora, a Adidas. Isso porque, a fornecedora de materiais esportivos tem contrato de exclusividade com o atleta, e estaria disposta a fazer o jogador assinar com a equipe carioca, tendo, desta maneira, mais lucros em suas vendas de produtos em território nacional, além de aumentar a imagem do jogador junto ao Urubu.

O diário revela que o Flamengo propôs ao Galatasaray (TUR) 7 milhões de euros (aproximadamente R$ 24 milhões), enquanto a oferta dos chineses seria de R$ 21 milhões. Os turcos já contrataram Burak Yilmaz para o lugar do alemão, além de ainda sonharem com Aleix Vidal, que está próximo de uma saída do Barcelona.

Fonte: Fox Sports

Jornalista exalta o novo Flamengo: "É bom os adversários temerem."



Entre os grandes clubes, sempre houve consenso de que, bem organizado, o Flamengo seria a NBA do futebol brasileiro. Pois é bom eles se prepararem. Esse dia pode chegar ainda em 2017. Depois de quatro anos de reestruturação financeira sob o comando do presidente Eduardo Bandeira de Mello, um administrador com longa carreira no BNDES, o Flamengo projeta pela primeira vez em décadas fechar um ano com arrecadação maior do que sua dívida. Para ser mais exato, R$ 50 milhões (entrarão R$ 400 milhões, e o débito é de R$ 350 milhões).


A dívida está equacionada. E em dia. Mais do que uma gestão empresarial, o clube adotou postura austera que contrasta com o gigantismo que inflava o ego de todo o contexto flamenguista. Um ego que sufocava e aplicava rasteiras.

O Flamengo atual, me conta o diretor-executivo Rodrigo Caetano, vive com os pés na realidade. Os números são compatíveis com o dinheiro na conta. Nada da megalomania que fez o dono da maior torcida do Brasil, até pouco tempo, ser também dono de nome sujo no mercado.

A folha, por exemplo, é de R$ 6,5 milhões — como a de Inter e Grêmio. O orçamento de 2016 destinou 33% ao futebol. Para 2017, o executivo festeja como gol o aumento para 40%.

Rodrigo se entusiasma ao falar do Flamengo. Tanto que interrompeu as férias com a família na Flórida para me atender e tratar dos projetos e das ideias para 2017. O desafio de ajudar a reerguer um gigante apareceu na vida do principal executivo do futebol brasileiro no final de 2014. Ele topou. Sabia que seus antecessores no cargo, Felipe Ximenes e o conterrâneo Paulo Pelaipe, haviam atravessado um caminho de pedras. E restava ainda um bom tanto de sofrimento pela frente. Rodrigo encarou. Dois anos depois, dá-se ao luxo de comemorar na Flórida o ano que indica ao Flamengo estar no caminho do sucesso.

— Acredito que, no futebol, é preciso se preparar para ganhar e não ganhar para depois de se preparar. O Flamengo tem se preparado para ser protagonista — diz Rodrigo.

O processo de reestruturação do Flamengo começou pela recuperação das finanças e da credibilidade no mercado. A mesma que permitiu contratar jogadores do quilate de Guerrero na metade de 2015 e Diego um ano depois. Não há dinheiro para pagamento à vista. Tudo é diluído ao longo do contrato. O trunfo para atraí-los é o pagamento em dia, a grife Flamengo e o projeto do clube. A segunda etapa dessa reestruturação cristalizou-se no dia 13 de dezembro. Depois de 33 anos, o terreno do Ninho do Urubu, em Vargem Grande, na zona oeste do Rio, virou um CT de primeira linha, uma estação de excelência comum aos grandes da Europa.

Reunião detectou que faltava ao clube dar um salto na estrutura

Conheci o Ninho do Urubu no final de 2011, quando Ronaldinho ainda jogava no Flamengo. Era um arremedo de CT, com acesso em chão batido e contêineres que abrigavam vestiários, salas de imprensa, de musculação e de reuniões. Diferenciada, mesmo, só a paisagem dos morros cobertos de verde. Faltava tudo, até mesmo um muro para separar um dos campos de um condomínio vizinho.

No final de 2015, depois do 11º lugar no Brasileirão, Rodrigo chamou todos os integrantes da área técnica do clube para uma reunião. Queria entender a posição na tabela. Havia cumprido toda a cartilha, com salários em dia e contratações de qualidade, como Guerrero e Cirino. Havia algo errado e era preciso descobrir. Chegou-se à conclusão de que faltava o salto de qualidade na estrutura do clube.

— Decidimos que faríamos uma travessia em 2016 e colocaríamos dinheiro no CT como um todo. As instalações já tinham melhorado, e isso deu toda a condição para brigar pelo título. O projeto foi seguindo paralelamente porque teve dinheiro. Não tinha mais sentido ficar com aquela estrutura. Quantos jogadores de renome o Flamengo contratou e sempre ficou na parte de baixo desde 2009? — aponta Rodrigo.

O clube já havia melhorado as instalações na Gávea, no coração da zona sul do Rio. Faltava avançar no Ninho do Urubu. E foi feito. O local ganhou dois prédios para os profissionais. O primeiro tem dois pavimentos, com sala de jogos, auditório, sala de reunião, biblioteca, refeitório, cozinha industrial e hotelaria, com 24 suítes.

No segundo, estão sala de imprensa, vestiários com sauna e jacuzzi, sala de musculação e piscinas. O centro de excelência e performance, que abriga departamento médico, fisiologia e preparação física, havia sido inaugurado em fevereiro e já foi usado por atletas de fora, como Anderson Silva, Minotauro e José Aldo. Agora, Conca faz recuperação lá — e deve ficar para jogar.

O projeto do clube é finalizar até dezembro de 2017 a estrutura de prédios para a base. O padrão será o mesmo, avisa Rodrigo. O plano é de integração total entre o sub-20 e o profissional. O que na prática já existe. Os treinos são sempre no mesmo horário e em campos vizinhos.

O executivo prevê para 2017 aproveitamento maior dos garotos. Aposta em nomes como o do zagueiro Léo Duarte, do volante Ronaldo, do meia Lucas Paquetá e dos atacantes Vizeu e Thiago Santos. Todos passaram 2016 no grupo, como um processo de transição. Neste ano, ganharão mais espaço. Voltar a revelar talentos em grande número é outra das metas traçadas por esse Flamengo de pés no chão e passos firmes.

E, quando um gigante como o Flamengo caminha com passos firmes, é bom os adversários temerem.

Por: Leonardo Oliveira

sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Flamengo aproxima de fechar com Elias



O mercado da bola continua bastante movimentado no futebol brasileiro e as equipes continuam em busca de reforços para próxima temporada. O volante Elias do Sporting de Portugal pode estar voltando ao Brasil para jogar em um grande clube da série A.


Segundo informações do Portal Fox Futebol, o Flamengo tenta o empréstimo do volante junto ao clube português por uma temporada e não descarta envolver o atacante Marcelo Cirino em uma possível negociação. O empresário de Elias não descarta uma possível negociação do jogador com o Flamengo para disputa da próxima Copa Libertadores da América.


Fonte: Sportv4

Conheça a Carabao, que vai injetar R$ 200 milhões no Flamengo



O último dia do ano trouxe uma excelente notícia para o Flamengo: o clube fechou um patrocínio de 6 anos que vai render ao menos R$ 190 milhões com a empresa tailandesa de energéticos Carabao, que está entrando no mercado brasileiro em 2017. Após estampar a marca na manga da camisa em 2017 por R$ 15 milhões, a empresa pagará R$ 35 milhões anuais para ser patrocinadora master entre 2018 e 2022. Além disso, o clube ganhará uma porcentagem sobre a venda de cada latinha do energético, o que deve fazer que o valor do acordo supere R$ 200 milhões.


A Carabao Energy Drink foi fundada em 2002 na Tailândia pelo cantor popular Aed Carabao e o empresário do ramo alimentício Sathien Setthashit. Aed Carabao, líder da banda Carabao, já compôs cerca de 900 músicas e é um dos artistas mais populares da Tailândia, atuando também como ator e apresentador.


“Carabao” significa búfalo em tailandês, e é como uma raça do animal é conhecida no Brasil. Por isso, o símbolo do produto é um búfalo, também símbolo de energia. A empresa entrou no mercado americano em 2004 e vem se expandindo para fora da Tailândia desde então.

A investida da empresa no futebol começou ano passado. A Carabao fechou um acordo de patrocínio com o Reading, atualmente na Segunda Divisão inglesa, e acertou contrato para estampar sua marca por três anos nos uniformes de treino do Chelsea, a um valor estimado de 30 milhões de libras. Além disso, a partir da próxima temporada, a empresa será dona dos naming rights da Copa da Liga Inglesa, terceira principal competição de clubes no país.




Réver aposta em permanência no Fla e vê definição nos próximos dias



O zagueiro Réver nem sequer pensa em deixar o Flamengo ao término do contrato - 30 de junho de 2017. Eleito para a seleção do Campeonato Brasileiro pelo prêmio Bola de Prata, ele deu a volta por cima na carreira e se consolidou como uma das lideranças do Rubro-negro. Tanto que a diretoria negocia há algum tempo junto ao Internacional, com quem o jogador tem vínculo até a metade de 2018, a extensão do compromisso.


A situação, inclusive, já era para estar definida no cenário ideal. Apesar disso, Réver aposta que a permanência na Gávea é o caminho mais provável e deve ser sacramentada nos próximos dias, bem antes do fim do contrato com o Rubro-negro.

"Eu disse que gostaria de sair de férias com a situação definida, mas isso ainda não aconteceu. Espero que tudo aconteça da melhor forma possível. Tenho mais seis meses de contrato e desejo permanecer no clube. Acredito que o Flamengo também tenha pressa por isso. Creio que a situação será definida nos próximos dias", afirmou o zagueiro ao UOL Esporte.

A questão envolvendo Réver pode passar pelo interesse do Colorado no atacante Marcelo Cirino. No entanto, os planos do Flamengo para manter o zagueiro vão além dessa possibilidade. Réver, atualmente, é um investimento desejado pela diretoria, pois se trata de um líder que virou ponto de equilíbrio do sistema defensivo rubro-negro.

O zagueiro tem a certeza de que as coisas se resolverão e não imagina algo diferente disso. Para quem deseja escrever o nome na história do clube não resta outro caminho.

"Não sei como está a situação envolvendo o Cirino. Independentemente de qualquer coisa, Flamengo e eu desejamos a permanência. Fui muito bem acolhido e pretendo continuar a história com títulos. Ainda não conquistei nada aqui, apenas algumas boas atuações. Não quero encerrar o ciclo dessa maneira", encerrou.

Fonte: Uol

Flamengo acerta patrocínio de R$ 35 milhões



A Carabao, marca de bebida energética da Tailândia, é a nova patrocinadora do Flamengo. Falta apenas o Conselho Deliberativo aprovar o contrato. Em 2017, os gringos vão dar R$ 15 milhões para estampar sua marca nas mangas das camisetas. Em 2018, a Carabao vai injetar R$ 35 milhões para ser a patrocinadora master do time. Assim, sua marca estará na parte da frente do Manto Sagrado. E o Rubro-Negro ainda ganhará porcentagem na venda de cada latinha de energético.


A Caixa, atual patrocinadora master do Flamengo, dá ao clube R$ 25 milhões por ano. Aliás, o presidente do Fla, Eduardo Bandeira de Mello, afirma que a intenção é manter o patrocínio do banco estatal em 2018, mas em outro espaço da camiseta.


Fonte: O Globo – Ancelmo Gois

Fla fecha patrocínio que renderá cerca de R$ 200 milhões ao clube em 6 anos



No último dia útil de 2016, o Flamengo fechou um contrato bastante expressivo, o maior de sua história se for levado em conta duração e dinheiro envolvidos. A empresa tailandesa Carabao Tawandang é a nova patrocinadora rubro-negra e pagará R$ 190 milhões ao clube para exibir a marca de seu drink energético, Carabao, no “manto”. O vínculo é de seis anos.



A logo da Carabao será exibida em 2017 na manga do uniforme do Flamengo. A partir de 2018, passa para o espaço mais nobre da camisa e torna-se o patrocinador master do Rubro-Negro, substituindo a Caixa Econômica Federal, que pode ocupar outra propriedade do uniforme ou mesmo não patrocinar mais o clube.

O GloboEsporte.com apurou que, com a Carabao ainda na manga, serão pagos R$ 15 milhões em 2017. Nos cinco seguintes, o clube receberá R$ 35 milhões por temporada. Com valores reajustados e bônus, o Fla crê que pode superar os R$ 190 milhões inicialmente projetados.

Vice-presidente de marketing do Flamengo, Daniel Orlean não trata a parceria com a Carabao como um simples patrocinador. Qualifica o acordo como o início de uma parceira estratégica, principalmente pelo fato de o clube lucrar com venda de produtos e de acordo com o crescimento da marca da empresa tailandesa no Brasil.

Rogério Ceni Chelsea (Foto: Reprodução/Twitter)– Grande passo no sentido de estabelecer com as marcas uma parceria estratégica que vai além de um patrocínio de mídia. É uma parceria onde a gente ganha junto com o crescimento dos resultados do nosso parceiro. Trata-se de uma empresa que já está na Europa, em vários países. É um trabalho que vem sendo feito há alguns meses pelo nosso time de executivos, e acreditamos que é um marco não só na história do Flamengo, mas também na história do futebol brasileiro, porque é o maior patrocínio que a gente percebe .na história do futebol brasileiro – disse Daniel Orlean.

– É preciso destacar que, apesar de já termos firmado o acordo com o novo parceiro, ele só é valido mediante a aprovação do Conselho Deliberativo, que é soberano, e nós respeitamos a governança do clube.

Em 2017, o Flamengo receberá R$ 6 milhões do curso de línguas Yes!, cuja marca é exibida na barra da camisa (abaixo do número), R$ 15 milhões da Carabao (manga) e R$ 25 milhões da Caixa Econômica Federal. Em relação à última, é bom frisar que o valor é pautado nos termos atuais, mas estes podem ser reajustados. Clube e Caixa estão em processo de renovação, e os ganhos rubro-negros podem ser maiores.

A Tim, que posiciona sua logo dentro do número do uniforme, investe R$ 4 milhões no futebol.

Fonte: Globo Esporte

'É melhor que Marcelo', ex técnico de Trauco exalta reforço do Flamengo,confira os motivos:



Único reforço anunciado de forma oficial pelo Flamengo, o lateral-esquerdo Miguel Trauco chega após ser considerado o melhor jogador da temporada peruana. Seu ex-técnico no Universitario, do Peru, Roberto Chale, disse que o jogador é melhor que Marcelo, do Real Madrid e seleção brasileira.


– Trauco é melhor do que Marcelo, o consagrado lateral do Real Madrid. Vocês vão se surpreender com ele. Marcelo é um 10, mas no Real Madrid tem que jogar de lateral-esquerdo. No Universitario, fiz o inverso, usava Trauco como 10 para explorar todo seu potencial. Ele joga e marca. Se você puder, assista novamente ao jogo entre Peru e Brasil na Copa América, verá que Trauco anulou Daniel Alves. Isso não é pouco – exalta o experiente treinador em entrevista para Marcos Paulo Lima, do Correio Braziliense.


O treinador lembrou de quando viu Trauco pela primeira vez e deu dicas de como ele pode ajudar o Flamengo.

– Ficamos encantados. Nós vimos potencial nele, primeiro como lateral-esquerdo, depois como um meia avançado pela esquerda, ofensivo. São duas características que o Flamengo pode explorar. Ele se destacou tanto que chegou a ser convocado pelo ex-técnico do Peru (o uruguaio Pablo Bengoechea) para um amistoso contra a Inglaterra, em Wembley.

E completou.

– Eu o trouxe para o Universitario e ele respondeu às mil maravilhas tanto como lateral quanto como meia aberto pela esquerda. Eu asseguro: conheço Trauco tecnicamente, taticamente, ele vai se destacar no futebol brasileiro. A torcida vai gostar dele. Trauco cruza muito bem. Quando estiver em campo, vai dar muitas assistências para Paolo Guerrero. Espero apenas que ele não sinta o peso de jogar numa posição em que o Flamengo teve o Júnior. Sou admirador do Júnior.

Fonte: Torcedores.com


Flamengo recebe 'paquera' de Alexandre Pato, confira:




Quem movimentou o interesse dos torcedores flamenguistas nesta quinta-feira (29) foi Alexandre Pato. 


O atacante, atualmente no Villarreal, curtiu fotos do novo CT do clube da Gávea nas redes sociais e comentou o posto com um desenho batendo palmas.



Nos comentários, torcedores pediram à diretoria a contratação do jogador que fez seis gols em 19 jogos com a equipe espanhola. Antes de acertar sua ida para o Villarreal, o atleta de 27 anos conversou com dirigentes rubro-negros.



Fonte: Goal

Mudança da Globo faz Flamengo perder R$ 6 milhões com PPV.



O Flamengo perdeu R$ 6 milhões em receitas de televisão por conta de uma mudança na metodologia da pesquisa do pay-per-view do Brasileiro. Isso irá se refletiu no orçamento para 2017 que teve queda neste item, ainda como a possível ausência de cota do Estadual.


O documento com previsão de renda para o próximo ano já registrava que o percentual do clube no pay-per-viwe tinha caído de 15,1% para 13,9%. Essa variação ocorreu porque a cidade de Manaus foi retirada da pesquisa já que deixou de atingir um patamar mínimo de população exigido pelo critério Ibope.


A diretoria rubro-negra lamentou a mudança já que Manaus é um local onde o clube é dominante entre torcedores. A avaliação é de que o prejuízo será de R$ 6 milhões.

Isso demonstra a importância do contrato assinado pelo Flamengo com a Globo pela renovação do Brasileiro. Pelo novo acordo, as cotas foram divididas igualmente, mas o clube exigiu um percentual fixo de 18,5% do pay-per-view a partir de 2019. Se o time não atingir isso na pesquisa, levará por fora da emissora até atingir o valor.

Foi uma forma de a emissora atrair o clube quando havia forte concorrência com o Esporte Interativo. Na avaliação do dirigentes rubro-negros, isso compensa a perda com o TV Aberta já que ppv ganha cada vez mais peso no total.

Fonte: Rodrigo Mattos

Rizzo: “Grupo prorroga preferência da compra de terreno para estádio do Flamengo”



O grupo que possui projeto de construção de um estádio para 50 mil pessoas para o Flamengo em Pedra de Guaratiba, na zona oeste do Rio, conseguiu prorrogar por mais dois meses a preferência na compra do terreno onde seria erguida a arena.


Inicialmente, a prioridade iria até 31 de dezembro, no próximo sábado, mas foi estendida até 28 de fevereiro de 2017 ainda na expectativa de que a diretoria do Flamengo não consiga obter a concessão do Maracanã por meio de empresas parceiras (CSM/GL/Amsterdam Arena).


“Conseguimos essa prorrogação, mais um pouco de tempo. Mas depois do último dia de fevereiro esse projeto, pelo menos naquele terreno que consideramos ideal, ficaria inviável”, disse Maurício Rodrigues.

Rodrigues foi candidato derrotado à presidência do Flamengo em 2012, e é filho de um ex-presidente do clube, Hélio Mauricio (1974-1976). Ele faz parte de um grupo ligado ao Flamengo que levou a proposta à direção. Por enquanto, entretanto, a prioridade flamenguista para um estádio com grande capacidade de público é ter o Maracanã sob o controle.

No projeto de Rodrigues, o terreno seria comprado pelos investidores que construiriam. O modelo financeiro é o mesmo usado pelo Palmeiras em sua arena em São Paulo. O investidor, no caso palmeirense a construtora W Torre, tem todos os gastos na construção e manutenção do equipamento por determinado tempo, e recupera o dinheiro com eventos.

Já há até uma maquete de como ficaria o estádio do Flamengo, feita pelo arquiteto Eduardo Castro Mello. Ele desenhou o novo Mané Garrincha, que recebeu jogos da Copa-2014 em Brasília.

Dentro do Flamengo, porém, a concessão no Maracanã é vista como prioridade por dois motivos: primeiro pela identificação com o estádio, e segundo porque o clube teria a gestão ao lado dos parceiros. No caso do estádio construído, o controle ficaria com o investidor por período longo a ser determinado.

Para não mandar jogos fora do Rio em 2017 até ter uma definição sobre Maracanã ou um novo estádio, o Flamengo acertou com a Portuguesa-RJ a utilização da Arena da Ilha, na Ilha do Governador, por três anos. O problema é que o estádio tem capacidade para apenas 20 mil pessoas.

Fonte: Marcel Rizzo | UOL

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Empresário nega proposta da China e diz que Fla tem prioridade por Marinho



Um dos jogadores mais cobiçados no mercado de transferências, o atacante Marinho volta e meia tem o nome envolvido em supostos interesses de clubes grandes do Brasil e do exterior. Recentemente, foram apontadas supostas ofertas de equipes como Botafogo, Flamengo e até o Changchun Yatai, da China. Mas tudo não passou de especulação, como garante o procurador do jogador, Jorge Machado.


Nesta quinta-feira, Machado conversou com exclusividade com o GloboEsporte.com e negou a existência de qualquer proposta oficial por Marinho.


- Jamais acertaria o Marinho em hipótese alguma sem a conivência da diretoria do Vitória. Tudo que se fala é especulação. Estou direto em contato com a diretoria do Vitória, conversando com eles. Na próxima semana, eu e o Marinho devemos ir para Salvador para conversar com a diretoria e saber a intenção deles para, a partir daí, a g
ente tomar um passo - disse Jorge Machado ao GloboEsporte.com.

Na última quarta-feira, alguns veículos de informação publicaram que Marinho teria recebido uma proposta alta da China e que deixaria o Vitória. Jorge Machado, contudo, nega a existência de qualquer negócio com clubes chineses.

- O cara [repórter] me perguntou se o Marinho pode ir para a China. Disse que pode. Como pode ir para o Japão, a Ucrânia, a Inglaterra... Aí o cara bota as coisas na boca de alguém de algo que é mentira. O resto é mentira. Não há proposta nenhuma. Não temos conversado com ninguém. Até agora não tem absolutamente nada de oficial. Tem muita especulação.

Segundo Jorge Machado, o único clube que entrou em contato com ele foi o Flamengo. O empresário afirma que, caso o atacante deixe o Vitória, a equipe carioca terá prioridade na negociação. 

- O Flamengo conversou conosco, tentando saber qual vai ser o valor, e eu não passei para eles quanto o Vitória vai querer. Foi uma conversa que tive com Rodrigo Caetano. O Flamengo é o clube que tem prioridade. É um clube sério, como todos os outros são, e foi um dos primeiros clubes que nos procuraram. A gente vai analisar. Eu tenho que agilizar a carreira de um jogador meu que tem 28 anos e não ganhou dinheiro por causa de lesões - finalizou. 

Fonte: Globo Esporte

Zico pede Marinho no Flamengo e torcida vai à loucura, confira:



Destaque do Vitória no Brasileirão, Marinho é especulado como possível reforço do Flamengo para 2017. Ídolo na Gávea, Zico aprova a contratação.


“A gente colocou no mesmo time dois jogadores que a torcida provou hoje que quer ver no Flamengo. Os dois dos cantos (risos). Então, alô, presidente Bandeira, Neymar e Marinho estão aí”, brincou Zico durante o Jogo das Estrelas, amistoso beneficente organizado por ele nesta terça (28) no Maracanã.

Natural do interior de Alagoas, Marinho começou a carreira no Fluminense, em 2008, quando tinha 18 anos. Depois ele rodou por clubes como Internacional, Goiás, Náutico e Cruzeiro, até chegar ao Vitória, onde brilhou nesta temporada – 20 gols em 42 jogos. Além do Campeonato Brasileiro, Marinho também se destacou na Copa do Brasil e terminou como artilheiro (seis gols).

A habilidade de Marinho contagiou o público no Maracanã, que recebeu 58.382 torcedores. O atacante do Vitória balançou as redes para o time Estrelas Vermelhas, que além do trio já citado tinha nomes como Capdevilla, Loco Abreu, Juan, Réver, Renato Augusto e Renato Gaúcho.

Fonte: Torcedores.com

Após deixar o Fla, Emerson Sheik detona Zé Ricardo



Campeão brasileiro pelo Flamengo em 2009, Sheik voltou ao clube em 2015 para lutar por títulos — que não vieram. Barrado e há seis meses sem jogar, ele deixa a Gávea chateado com o técnico Zé Ricardo. Ontem, em entrevista ao programa FM O Dia de Cara, o atacante criticou o trabalho do treinador, que considera inexperiente.


“Zé Ricardo é bom treinador, mas está há seis meses no profissional, é natural que demore a engrenar. Além disso, tem o lance de tratar as pessoas com igualdade. O Zé Ricardo se perdeu um pouco em relação a isso”, afirmou.

Sem falar sobre perseguição, Sheik garantiu não saber o motivo — ou quem o teria fritado no clube. “Fiquei seis meses só treinando e fiz de tudo para jogar, mas não joguei. Mas eu e muita gente sabia que podia jogar. Só não sei o motivo porque não joguei”, revelou.

Sheik não se arrepende desta passagem pelo clube e desejou sorte ao Flamengo. “Não me arrependo por causa da historia do clube e da torcida. É um privilégio jogar no Flamengo. Vou torcer para o Fla fazer um ano diferente de 2016. Espero que a cabeça dos profissionais que comandam o clube mude. Senão, dificilmente vai conquistar algo”, disse Sheik, que fez mistério sobre o futuro (Atlético-PR, Santos e Atlético-MG estão no páreo): “Não preciso mais de dinheiro. Quero um clube no qual eu esteja feliz.”

RENOVAÇÃO

A diretoria rubro-negra renovou os contratos do goleiro Muralha, do zagueiro Juan e dos volantes Willian Arão e Márcio Araújo.

Fonte: O Dia

Bruno Voloch revela dirigente que vetou Felipe Melo no Flamengo, apesar de Zé Ricardo desejar o jogador



Consultado, o técnico Zé Ricardo sinalizou positivamente de início, mas depois foi convencido do contrário.


Rodrigo Caetano, diretor executivo, vetou a contratação de Felipe Melo. O jogador, conforme o blog divulgou em outubro, estava apalavrado com o clube.

Felipe Melo sempre priorizou o Flamengo caso a opção fosse voltar ao futebol brasileiro.

A questão financeira seria contornada e para ficar no Rio ao lado da família o jogador até admitiria ganhar menos.

Rodrigo Caetano ficou com pé atrás e receoso de que o jogador, conhecido pelo temperamento forte e discurso próprio, não se enquadrasse as normas hoje em vigor no clube e com o tempo virasse problema e não solução.

Bruno Voloch

Neymar volta a falar em Flamengo: 'É um time que tenho vontade de jogar'



Após declarar pouco antes dos Jogos Olímpicos Rio-2016 que seria uma honra jogar pelo Flamengo, o atacante Neymar voltou a se manifestar sobre o clube carioca durante o Jogo das Estrelas, evento já tradicional e organizado pelo ídolo Zico.


Ao ser perguntado sobre a dupla com o Galinho na partida festiva, o camisa 11 do Barcelona não fugiu das perguntas e alimentou o sonho dos rubro-negros.


"Quem sabe? Seria uma grande honra jogar no Flamengo e estar aqui todos os dias. É um time que eu tenho vontade de jogar", afirmou.

Em julho, Flamengo e Neymar "trocaram beijos" durante a preparação da seleção brasileira para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro e movimentaram o imaginário dos torcedores que sonham em contar futuramente com um dos principais jogadores do futebol mundial.

Rafinha também se manifestou sobre o Flamengo. O filho de Mazinho sempre se declarou torcedor do Rubro-negro.

"Se Deus quiser, algum dia, vou jogar no Flamengo", encerrou.

Fonte: Uol

Neymar revela que jogar no Fla seria uma 'Uma Grande Honra' , confira:



Nesta quarta-feira (28), o atacante Neymar participou do ‘Jogo das Estrelas’, organizado por Zico, no Maracanã. O craque do Barcelona foi um dos destaques da partida e foi ovacionado pelos torcedores, ao ser questionado sobre atuar no Rubro Negro, o atacante disse que seria uma honra.


O camisa 10 da Seleção Brasileira que está aproveitando o fim de ano no Brasil, participou pela segunda vez da festa organizada por Zico, em 2013 o jogador participou em partida disputada no estádio do Morumbi, em São Paulo.


Após se destacar no amistoso, Neymar deixou o campo ovaciado pela torcida e comentou sobre a possibilidade de atuar no Flamengo no futuro

“Quem sabe, pra mim seria uma grande honra jogar no Flamengo, no Maracanã, estar aqui todo dia, é um time que eu tenho vontade sim de jogar”, disse o craque do Barcelona.

O evento organizado por Zico também contou com homenagens as vítimas do acidente do voo que levava a delegação da Chapecoense, ao jornalista Raul Quadros e ao capitão Carlos Alberto Torres.

Fonte: Torcedores.com

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Por que não o Flamengo? Site afirma que Felipe Melo aceitou ganhar bem menos no Palmeiras, confira:



O mercado da bola continua bastante movimentado no futebol Brasileiro e as grandes equipes já trabalham em busca de reforços para próxima temporada. O volante brasileiro Felipe Melo vai reforçar o Palmeiras pelas próximas duas temporadas.


Segundo informações do Portal Fox Futebol, o Verdão chegou a um acordo salarial de aproximadamente 350 mil reais e mais bônus de produtividade, o acordo será de duas temporadas. O empresário de Felipe Melo viajou para Itália para selar a rescisão de contrato do jogador com a Inter de Milão seu atual clube. Outro nome que está próximo é o meia Michel Bastos ex-São Paulo.


Fonte: Sportv4

"Sou Flamenguista de coração", Vitinho se declara ao Flamengo



Se depender do coração, o destino de Vitinho em 2017 será a Gávea. O atacante, que foi rebaixado com o Internacional e pertence ao CSKA, da Rússia, admitiu o contato do Flamengo, se disse rubro-negro e classificou como "honra" a possibilidade de atuar pelo clube carioca na próxima temporada.


"Seria uma honra enorme jogar no Flamengo, ainda mais sendo o clube do meu coração, mas não tem nada certo ainda. Então não adianta ficar falando, mas seria uma honra", declarou o jovem, que participa do Jogo da Estrelas, realizado por Zico, e que acontece no Maracanã.

Fonte: Uol

Valorizado Flamengo negocia reajuste no valor de patrocínio da Caixa.



Além da continuidade do Yes, que fica abaixo do número, o Flamengo tem contrato com a MRV Engenharia - acima do número dos jogadores - de três anos. A Caixa Econômica Federal, patrocinadora máster, deve continuar na camisa.


O Flamengo negocia reajuste. Hoje, o clube recebe a segunda cota de patrocínio do banco público, com R$ 25 milhões para a parte da frente da camisa. O Corinthians, com R$ 30 milhões, é o principal patrocinado pela Caixa.

Pela classificação para a Libertadores - e consequente maior exposição da camisa -, a diretoria do Flamengo espera chegar aos R$ 30 milhões.

Fonte: Globo Esporte

Fla renova patrocinador e vai receber R 6 milhões por espaço na camisa



O Flamengo vai anunciar a renovação de um dos patrocinadores para 2017. O clube acertou novo contrato com o curso de línguas Yes e vai receber R$ 6 milhões até o fim do contrato. A marca ocupa a manga da camisa do Rubro-Negro. A renovação vai passar pelo Conselho Deliberativo do Rubro-Negro, que vai ser convocado nos próximos dias.


O orçamento do Flamengo para 2017 prevê R$ 11 milhões de patrocínio a mais, em receitas totais de R$ 70 milhões - no ano passado, de acordo com balanço do Rubro-Negro, a arrecadação com patrocínio esportivo, contando a verba da fornecedora esportiva Adidas, somava R$ 59 milhões.

Além da continuidade do Yes, que fica abaixo do número, o Flamengo tem contrato com a MRV Engenharia - acima do número dos jogadores - de três anos. A Caixa Econômica Federal, patrocinadora máster, deve continuar na camisa. O Flamengo negocia reajuste. Hoje, o clube recebe a segunda cota de patrocínio do banco público, com R$ 25 milhões para a parte da frente da camisa. O Corinthians, com R$ 30 milhões, é o principal patrocinado pela Caixa. Pela classificação para a Libertadores - e consequente maior exposição da camisa -, a diretoria do Flamengo espera chegar aos R$ 30 milhões.

Fonte: Globo Esporte

Caso de polícia! Portuguesa abre queixa contra Botafogo por desmanche na Arena da Ilha



A Arena Botafogo termina em caso de polícia. Nesta quarta-feira, na última semana de desmanche das instalações provisórias, Botafogo e Portuguesa não falaram a mesma língua.


A retirada da estrutura por parte do Alvinegro – como por exemplo ar condicionado dos vestiários e cabines, iluminação do campo e câmeras de segurança -, apesar de prevista em contrato, já não caiu bem entre os dirigentes da Lusa.

Mas a gota d’água aconteceu na madrugada desta quarta-feira, quando houve uma escavação para retirada as bases que ficavam sob o solo e sustentavam os refletores ao redor do gramado.

Fonte: GE

Felipe Melo chama torcedor de burro após pergunta sobre Palmeiras e Fla



A conversa entre Felipe Melo e o internauta

Felipe Melo se envolveu em uma polêmica com torcedores nesta quarta (28) ao se propor a responder algumas perguntas de internautas em seu Twitter.


O jogador discutiu com um deles que perguntou sobre uma transferência para o Palmeiras por um valor menor do que o Flamengo teria oferecido e chamou o internauta de burro.

"O flamenguista @_felipemelo_ pediu R$ 1 milhão ao @Flamengo e fechou com o @SEPalmeiras por R$ 300k? Alguém poderia confirmar?", questionou o torcedor. Felipe Melo respondeu na sequência de forma que o internauta não entendeu.

"P**** kkkkk que diferença heim kkkkkkkkkkk", disse o jogador da Inter de Milão. O internauta então diz que foi o que leu na imprensa esportiva brasileira.

"E questão de inteligência , basta ser inteligente e pensar !!", escreveu Felipe Melo, que continuou. "Tô justificando nada pra você, já que não entendeu então eu vou ser mais claro, você é burro!".

O torcedor não perde a educação e escreve: "Obrigado pelos elogios. Não é minha opinião, são notícias da imprensa. Não se ofenda, seja feliz onde for!. Não entendi porque me ofendeu. A imprensa divulgou, só quis confirmar, e achei que vc entenderia. Seja feliz onde for!!", completa.

Felipe Melo finaliza a questão desejando boas festas ao torcedor. "A recíproca é verdadeira , e minha opinião, desde já te desejo um ano novo cheio de Deus pra vc é sua família!!".

Felipe Melo passa as férias em sua casa no Rio de Janeiro e o futuro do jogador da Inter de Milão ainda não foi definido. O Palmeiras é o principal clube que poderia contratar o atleta para 2017.

Fonte: Uol Esporte

Oficial! Flamengo anuncia renovação de 4 jogadores



O Flamengo teve uma semana agitada por conta do planejamento da próxima temporada, incluindo renovações de contrato, dispensas, contratações e retorno de jogadores emprestados. Através do site oficial, o clube anunciou de forma oficial a renovação de quatro atletas.


Flamengo renova vínculos de Alex Muralha, Juan, Márcio Araújo e Willian Arão. Os quatro jogadores farão parte do elenco rubro-negro na temporada de 2017

O Flamengo renovou os contratos de quatro atletas do elenco profissional. Com vínculos vigentes até 31 de dezembro de 2016, o zagueiro Juan e o volante Márcio Araújo acertaram novos compromissos até o fim da temporada 2017.

Já Alex Muralha e Willian Arão estenderam seus contratos com o clube. O goleiro firmou novo vínculo até o fim da temporada 2020. Já o meio-campista assinou novo compromisso até o fim de 2019.”

Fonte: Torcedores.com